«

»

nov 25 2007

Desafio da semana!

Pessoal, questão do exame CCNA para vocês resolverem! Clique na figura para amplia-la. 

Postem suas respostas, dúvidas ou sugestões nos comments.

Abs e BOA SEMANA para todos!

Marco.



Comente usando o Facebook!
0
0

16 comentários

Pular para o formulário de comentário

  1. Danyel Masullo

    Abaixo seguem as respostas de cada de cada questão. Em caso de erro, por favor esclarecer.

    Question 1 – D.
    Question 2 – A.
    Question 3 – C.
    Question 4 – C.
    Question 5 – A.

    0

    0
  2. Rodrigo Farias

    1 – D (se ele está originando o pacote para a rede 192.168.1.0 e este pacote é um broadcast, então o MAC fica FF-FF-FF…)
    2 – A (as outras alternativas estão erradas e ainda se trata de uma rede STUB)
    3 – D (1ª vez no próprio host p/ R1, segunda vez no R1 p/ R2, terceira vez no R2 p/ Server1)
    4 – C (depois que configurar o NAT, o WEB Server poderá ser localizado por hosts da Internet)
    5 – A (essa foi de graça.. hehe)

    Bom, isto é o que eu colocaria.

    Abraço

    0

    0
  3. Paulo

    D,A,D,C,A

    Concordo plenamente com o Rodrigo Farias.

    Em relação a Questão – 4, já tentei fazer uma similação no packet tracer usando o Nat, representando o proposto nesta questão, mas o router não encaminha o pacote para o host, apenas muda o cabeçalho da camada e três e manda de volta. Será que fiz algo errado ou o Packet Tracer não está fazendo a simulação corretamente.

    Abs,

    Paulo

    0

    0
  4. Bruno7

    Boa tarde pessoal,
    Vou responder e explicar a unica que eu consigo, por enquanto, hehe, a questão 5.
    Pelo endereço do R1 ter /24, significa que a 24 bits são usados na máscara, ou seja:

    11111111.11111111.11111111.00000000 (em números binários). Sendo seu equivalente em decimal:

    alternativa (a): 255.255.255.0

    Se estiver equivocado na explicação por favor me informem.

    Abs,

    Bruno Arruda

    0

    0
  5. CyberCrow

    Na Questão 3 a resposta não seria letra E (4 frames)?
    Estamos falando de FRAME -> Camada 2 -> MAC Address
    O Switch é um equipamento de camada 2.
    Então o correto seria:
    1ª vez no próprio host p/ SW-A, 2a vez no SW-A p/ R1, 3a vez no R1 p/ R2, 4a do R2 p/ Server1

    See Y´All !!

    CyberCrow

    0

    0
  6. Márcio Rodrigo

    Bom pra mim são estas…

    1 – D
    O IP colocado é o de broadcast, portanto o MAC destino usado deverá ser também.

    2 – A
    Bom a unica rota que faz algum sentido é a A.

    3 – D
    Para mim são três, um gerado no host o outro no R1 e o outro no R2

    4 – C
    Bom, esse um caso clássico de NAT muito usado pra quem administra redes de empresas, poucos endereços válidos e uma rede com ip reservado atrás, só o NAT pra salvar 🙂

    5 – A
    Máscara default, pra quem percebeu o endereço de broadcast da rede e os bits de rede foi fácil.

    Acho que é isso, até mais pessoal….

    0

    0
  7. Thais

    1 – D
    Como o IP termina com 255 em uma mascara padrão classe C, esse end é broad, então o MAC também será.
    2 – A
    3 – D
    4 – C – Nat o salvador da pátria rs
    5 – A
    Tanto o host, quando o Web Server são mascara /24 = Classe C.

    0

    0
  8. Lincoln

    1- D
    2- C
    3- D
    4- C
    5- A

    0

    0
  9. Henrique Amorim

    D,A,D,C,A

    0

    0
  10. CyberCrow

    Errei !!!!

    Na verdade o switch, não altera o frame, apenas consulta sua tabela e direciona o pacote para a porta específica.

    Foi mail ae !

    0

    0
  11. Ronaldo Echevenguá

    Ae pessoal to totalmente de acordo, mas na primeira questão tenho uma dúvida, por default os roteadores não bloqueiam todo o tráfego de broadcast ? sem sim fico com a alternativa B , mas se eu estiver errado fico com a D tambem. 😉

    questão 2 – A –
    questão 3 – D –
    questão 4 – C –
    questão 5 – A –

    0

    0
  12. Márcio Rodrigo

    Ronaldo, no meu entender realmente roteadores não propagam broadcast para frente, mas na pergunta não diz que de onde veio o pacote, o roteador pode não ter o destino na tabela arp e está tentando forma-la, sei lá, pode ser isso. Além do que não ficou especificado se ele originou o pacote ou recebeu de fora.

    Bom eu acho que é isso

    0

    0
  13. Marco Filippetti

    1) B – O router irá dropar o pacote com endereço de destino 192.168.1.255 /24, pois este é um endereço de broadcast e, como sabemos, routers não propagam broadcasts 😉

    2) A – A rota correta seria ip route 0.0.0.0 0.0.0.0 s0/0/0, uma rota default saindo pela Serial 0/0/0. Nenhuma outra alternativa é válida.

    3) D – O datagrama será encapsulado 3 vezes antes de alcançar o servidor A. Isso porque atravessamos 3 segmentos Layer 2 distintos durante o trajeto: Do host até o router1, do router1 até o router ISP e do router ISP até o servidor1.

    4) C – O servidor2 está localizado em uma rede reservada (192.168.x.x), que não é propagada nos roteadores da Internet. Por isso, é preciso mapear um endereço válido (209.165.100.x, no caso) para o endereço do servidor. Para acesso as páginas web do servidor2, um usuário teria que apontar seu browser para o endereço válido mapeado (NAT) para o servidor (ex: poderiamos mapear o IP da serial S0/0/0 do router1 – 209.165.100.250 – para o IP do servidor (192.168.1.10).

    5) A – esta foi dada 😉 ! Se você errou, precisa treinar MUITO endereçamento IP. Como o router tem o IP 192.168.1.250 e o Server2 192.168.1.10, TEM que ser a máscara /24, que abrange desde 192.168.1.1 até 192.168.1.254.

    É isso aí pessoal! Vi que muitos participaram. Este desafio foi um pouco cabeludo…! Eu sei! Mas parabéns aos bravos que tentaram! E mais parabéns ainda para os que acertaram!!!

    Mais adiante publico mais um desafio.

    Curiosidade: Peguei este exercício do P4S (questão 62). Vale ressaltar que as respostas sugeridas pelo P4S estão, em sua maioria, erradas para este exercício. Abaixo as “correçÕes” sugeridas pelo P4S:

    A, C, D, A, D

    Se você estivesse fazendo o exame e caísse esta questão, e você tivesse “estudado” apenas pelo P4S, você perderia de cara 4 pontos!!! Portanto, diga não aos DUMPS!!! Estudem! E PASSEM!!! 😉

    0

    0
  14. Márcio Rodrigo

    Pô, essa primeira eu dancei feio, desculpa Ronaldo, vc pensou certo é a B mesmo.

    Bom vamos ao próximo!!!!

    0

    0
  15. billyray

    Marcos,sei que este post está antigo no BLOG,porém sou novo e estou lendo os posts desde o início.Poderia detalhar a questão 3 que,pra mim ficou um pouco confuso?Tratando-se de Frame não era pra ser desconsiderado a tráfedo de R1 para o ISP visto eles não tratarem o Frame diretamente?Caso não,o frame não teria 4 “saltos”:Host 1 para SW-A,SW-A para R1,R1 para ISP e daí para o Server 1?

    No aguardo,

    Abs,

    0

    0
  16. Minu

    Olá billyray, permita-me tentar sanar suas dúvidas.
    O que acontece: O Host 1 envia uma requisição para o Server 1 que esta em uma rede remota.
    Levando-se em conta que o default gateway esta configurado corretamente, o frame encapsulado ira bater na interface f0/0 do Router, logo tera de ter na tabela ARP seu MAC.

    Porque não ira bater na interface do switch? Porque ele busca uma informação de camada 3 em uma rede diferente, se esta em uma rede diferente, ele vai direto para a porta do router por causa do default gateway.

    Beleza, aí temos a primeira rewquisição de mac. O router por sua vez verificara em sua tabelça se conhece o caminho para o server, e assumindo que esta rede esta saindo pela sua interface Serial como mostra a topologia, ele mapeia o frame para atingir a porta Serial de ISP.

    ISP verifica o IP de destino e acha ele na sua rede e mapeia pela tabela arp para o mac correspondente ao servidor. Assim ele faz a terceira alteração de mac.

    Assim, ele possuira 3 diferentes frames na travessia do pacote da origem ao seu destino!!!

    Espero nter ajudado, qualquer dúvida só postar,

    Abs,

    Paulo Sousa.

    0

    0

Deixe uma resposta