«

»

mar 13 2008

Qual a certificação Cisco Professional mais valorizada, hoje?

Esta talvez seja uma pergunta que povoa a cabeça de muitos dos recém aprovados no exame CCNA…! Afinal, qual a certificação de nível Professional da Cisco que o mercado tem valorizado mais? Pelo que EU tenho notado, o ranking ficaria da seguinte forma:

  1. CCVP
  2. CCNP e CCSP empatados
  3. CCIP
  4. CCDP

É realmente impressionante a procura por profissionais especializados em soluções convergentes (leia-se aqui IP Telephony, VoIP, Video Conferência sobre IP, IPTV, dentre outros). A própria empresa onde eu trabalho esta com vagas abertas faz algum tempo, sem sucesso no preenchimento das mesmas.

O ponto é: Existe hoje uma demanda maior do que a oferta, e quem sai lucrando desta situação é o profissional que possui as qualificações necessárias! Isso significa salários mais competitivos e o conforto de que, sendo necessário, você não ficará desempregado tão cedo 😉

O CCNP (segundo lugar atualmente, ao meu ver), segue sendo a certificação de nível Professional “balizadora de mercado”. Grande maioria dos que tiram o CCNA avançam para o CCNP. Parece ser um caminho natural… e ERA! O próprio CCNA, hoje, cobra tópicos que não mais se limitam às tecnologias de Routing & Switching (foco do CCNP). Ou seja, o CCNA está caminhando para formar a base para todas as certificações de nível Professional. O CCNA ainda não cobra tópicos relativos ao CCVP, mas já atira para os lados do CCIP, CCDP e CCSP.

O CCNP segue sendo a certificação de nível “P” mais conhecida pela indústria, mas – ao meu ver – já não é a mais valorizada. Entretanto, o CCNP segue sendo um “porto seguro”. É aquela certificação que não depende de tendências do mercado. Como eu menciono abaixo, há alguns anos, o CCSP estava em alta. Hoje é o CCVP. Mas o CCNP sempre manteve sua procura e seu respeito. É uma certificação “intocável” 😉 .

A próxima da lista já foi a mais valorizada há alguns anos. O CCSP, ainda em alta, tem uma procura bastante grande. Atualmente não tão grande quanto o CCVP, mas maior, talvez, que o próprio CCNP. Por este motivo, coloquei ambas “empatadas” no 2o lugar.

Temos então o CCIP. Esta é a mais nova das certificações “P”, e por este motivo, talvez, ainda não tão valorizada. Outro problema do CCIP é que seu foco é bastante específico: Operadoras. Apesar de 1 de suas provas ser a mesma do CCNP (BCSI) e uma outra ser a mesma do CCVP (QoS), as 2 provas restantes (BGP e MPLS) são bastante focadas no mundo Service Provider (SP).

E finalmente, temos o CCDP. Esta é uma certificação que parece não “decolar”. Apesar de ser bastante interessante, poucas empresas dão à ela seu devido valor. E ela vai ficando ali, no “limbo” das certificações “P” da Cisco. Muitas pessoas optam por tira-la pois, para quem já tem o CCDA e o CCNP, basta fazer um único exame (ARCH). Mas aqui no Brasil, ela ainda não possui o “glamour” que mareceria.

Lembro que este “ranking” saiu da minha cabeça 😀 . Não é baseado em nenhuma pesquisa ou site. É a minha modesta opinião, baseada em observações dos movimentos do mercado. De qualquer forma, este post pode servir de “norte” para aqueles que acabam de conseguir o CCNA e estão pensando em qual caminho seguir, daqui para frente.

Abs!

Marco.



Comente usando o Facebook!
0
0

15 comentários

Pular para o formulário de comentário

  1. fellipecoser

    Olá, Marco.
    Em janeiro, prestei o exame 640-822, referente à certificação CCENT.
    Agora, estou pronto para o exame 640-816, para completar meu CCNA, e estou em dúvida em qual caminho seguir. Me dei três opções:

    *CCNP
    *CCSP
    *CCDA

    Tenho 18 anos, já trabalho como analista de redes de uma grande financeira, creio que terei tempo para fazer todas. O motivo do CCDA, é que fazendo ela e o CCNP, seria apenas uma prova para o CCDP.

    Gostaria de saber se o conhecimento de BCMSN mencionado no site da cisco é realmente necessário para tentá-la, além do conhecimento de CCNA.
    “CCDA Prerequisites
    CCNA level knowledge and BCMSN level knowledge is needed to prepare for the CCDA certification exam.” (http://www.cisco.com/web/learning/le3/le2/le0/le4/learning_certification_type_home.html)

    Tenho também muita vontade em correr direto para o CCSP, das três, a que mais me agrada. Porém tenho receio de “quebrar” muito a cabeça estudando para o CCSP. É algo muito nível alto? Não parei para ler os assuntos da certificação ainda, apenas li os tópicos necessários para o exame. Digo isso porque trabalhamos com PIX Firewall e vejo que é algo bem distante do meu conhecimento atual.

    Gostaria de um parecer seu recomendando um caminho, e uma explicação sobre qual delas tentar primeiro 😀
    Obrigado.

    0

    0
  2. cpturbo.org

    Concordo com vc!

    0

    0
  3. Marco Filippetti

    Olá Felipe,

    O CCDA é sempre uma boa opção, exatamente pelo que você mencionou (e eu tb, no post 😉 ). Não acho que seja necessário conhecimento de nível BCMSN para o CCDA, mas certamente ajuda. Talvez fosse mais prudente você fazer o BCMSN antes do CCDA. O CCSP tem o mesmo nível de dificuldade do CCNP, na minha opinião. O que faz a diferença é se você tem mais facilidade para segurança do que para routing e switching. Considero ser mais trabalhoso tirar o CCSP (e o CCVP) pois falamos de 5, ao invés de 4 provas (como no CCNP e CCIP). Ambos os caminhos são interessantes (CCSP e CCNP), mas o CCSP ainda é uma certificação de nicho, enquanto que o CCNP é mais genérica. Neste ponto, o CCNP pode abrir mais portas do que o CCSP. É o que eu menciono no post com relação às tendências. O CCNP não “sofre” quando existe uma mudança na visão do mercado. Já o CCVP e o CCSP podem penar mais, neste sentido.

    Abs e bons estudos!!

    Marco.

    0

    0
  4. L.C.F.N

    Marco,
    Você que tem a certificação CCIP, em sua opinião, qual seria a melhor ordem a seguir para se tirar esta certificação, QOS e BSCI respectivamente por exemplo e depois MPLS e BGP e vice versa?
    E seguindo a ordem em sua opinião, como você classificaria o nível de dificuldade das mesmas?

    0

    0
  5. Fala MArco,

    Pelo que tenho visto, tudo depende de quanto voce quer ganhar por mes.
    Se voce quiser ganhar ate 4000 e viver a sua vida toda fazendo troubleshooting, faça o CCNP.
    O que o mercado ta pagando bem e contratando para projetos inclusive fora do brasil sao os designer (ccdp) e os d voz sobre IP.
    Trabalhar em service provider no brasil é morrer de fome. Tem SP pagando 3500.00 para CCNP e CCIP. Vagas fora do Brasil tem ao montes, o problema eh que eles nao estao interessados em pagar visto. Ou seja, se voce tiver dupla cidadania ajuda e muito.
    Vamos combinar tambem, que nesse patamar de certificacao, dificilmente voce consegue um emprego clt pagando bem, principalmente em empresa de tecnologia.

    0

    0
  6. Rodrigo C. Soave

    Na minha opinião qual “track” seguir depende muito de seu perfil e de que tecnologia você tem mais contato no seu dia-a-dia. Pra mim o CCNP seria a base para as outras certificacoes de nivel profissional que a própria Cisco chama de advanced technologies e/ou tecnologias emergentes.

    Lembre-se que em routing and switching a Cisco é lider de mercado coisa que em IP communication e Security nao é, mas esta bem proxima das lideres. (Avaya, Check Point, ISS, etc).

    Portanto, falando em Cisco eu apostaria em certificacoes de nivel profissional CCNP e CCIP, uma vez que em Service Provider a Cisco tambem desponta muito bem.

    Abs.

    Rodrigo

    0

    0
  7. Marco Filippetti

    Excelente colocação Rodrigo! 🙂

    0

    0
  8. Somente fazendo um adendo: Minha proxima certificacao vai ser F5 BIGIP. Preciso de grana e com cisco ta brabo 😉

    0

    0
  9. Rodrigo Farias

    Bastante interessante e esclarecedor este tópico.

    Obrigado gente!

    0

    0
  10. Rodrigo C. Soave

    Alvaro, vc ta desinformado. Cisco como fabricante e determinador de muitas tecnologias, cada vez mais as empresas tem equipamentos e solucoes Cisco , portanto sendo bem valorizados.

    Eu mesmo na empresa que trabalho temos vagas para profissionais certificados e que tenham algo a mais como ingles, curso superior, pós, etc. Nao va achar que so por que vc tem um canudo Cisco, F5, Check Point, etc vai ganhar X ou Y.

    Como o Marco ja falou nesse blog em outras discussoes, é um conjunto de atribuicoes, competencias e experiencias que vao fazer um profissional valorizado e que ganhe bem.

    Abs

    Rodrigo

    0

    0
  11. Alvaro, eu concordo com o Rodrigo. Só ter uma certificação não determina seu salário, seja ela qual for… mas se acha que Cisco paga pouco, vai logo pro CCIE ué!

    0

    0
  12. Eu concordo em parte com os 2 mas discordando na outra parte ;).
    Rodrigo,
    Em determinadas áreas, principalmente na area de network, quando voce quer vencer a barreira dos 2k, o requisito basico é que voce tenha o ingles fluente ou pelo menos num patamar bom nivelado por uma certificação. Experiencia conta muito e se voce precisa de ingles, provavelmente a experiencia ja vai ser necessaria.
    O que to tentando dizer é que o ingles e ter experiencia é o básico para trabalhar na area de network para trabalhar numa empresa legal e principalmente com uma função adequada.
    Para vencer a barreira, voce precisa ter certificações. Hoje, voce consegue bastante certificados cisco, ou seja, a oferta é grande de maneira que voce pode nivelar para baixo o salario. Ja do F5 (que eu estava falando) são poucos, ou seja, concerteza a faixa salarial vai ser melhor. F5 so um exemplo. Poderia ser Juniper ou sei la.
    Uma pergunta simples que voce pode fazer é a seguinte: Ganho PL, ganho na media salarial ou dentro do reconhecimento das certificações que tenho ? (valho tanto para a empresa, mas ela reconhece so tanto).
    Tente sair um pouquinho do mundinho cisco e voce vai entender o que eu to falando.
    Eu nao sei se me fiz entender direito entao pra nao ficar mal entendidos, o café é por minha conta. :-).
    Em Resumo: partindo do principio que voce eh formado, tem mais de 5 anos de experiencia, para voce ganhar adequadamente voce tem que ter uma certificacao sim. Mas fica dificil quando a oferta profissional eh grande.

    0

    0
  13. Marco Filippetti

    Opa! Este post está pegando fogo 🙂

    Bom, aí vai minha opinião: Certificar-se em algo só porque existem menos pessoas certificadas e achar que isso puxará seu salário para cima é dar um tiro no pé, na maior parte das vezes. Por que existem mais pessoas que procuram certificações Cisco, Microsoft, LPI, e outras mais conhecidas? Simples! Porque são referências de mercado, e porque existe procura por parte das empresas por profissionais com estes canudos. Do outro lado, por que existem menos profissionais certificados em Juniper, por exemplo? Apesar de ser uma certificação em ascendência, ainda existe muito pouco reconhecimento por parte do mercado para esta certificação. F5 vai na mesma linha, porém, em desvantagem, já que é MUITO mais específica. Quanto mais específica for sua formação, seu perfil irá se encaixar em uma gama mais restrita de ofertas de empregos. Pense nisso. E como já mencionou o Rodrigo, a Cisco é hoje líder de mercado em alguns nichos, como R&S. Isso pesa, e muito.

    Quanto ao salário, tirar um CCNP e esperar um excelente salário apenas por causa disso é ilusão (como já foi mencionado no post http://blog.ccna.com.br/2007/09/07/qual-o-salario-medio-de-um-ccna/). Quer ganhar um bom salário? F5 não vai garantir isso a você. Tem sim que ralar. Tem sim que investir em Inglês. E tem SIM que investir em uma formação superior. As ofertas de emprego estão aí, aos montes. O mercado nunca foi tão solícito por profissionais bem qualificados. Porém, sem profissionais que falem Inglês e tenham alguns outros requisitos, estas vagas seguem sem serem preenchidas. Não existe almoço grátis 🙂

    Na minha opinião, estamos passando por uma das melhores fases em termos de ofertas de empregos. Portanto, aproveite!

    Abs!

    Marco.

    0

    0
  14. Marco,

    Ehehehe ! tomara que nao de briga.
    Mas vamos combinar que não falar ingles é ir na contramão da carreira tecnologica escolhida. O minimo é saber ler e escrever na outra lingua para voce trabalhar numa empresa nacional. Nas multinacionais tem que falar. Ja se contrata partindo desse principio (e nao adianta mentir, tem certificacao pra isso (ex.: Toeic).

    Sobre a Cisco, ela é lider num segmento, por isso que so vou bater mais um pouquinho nessa tecla (ate prq aqui em um blog sobre a certificacao cisco) então sair desse mundinho é concerteza ja visualizar um outro ou outros mercados. Na minha opiniao é trilhar no caminho certo. F5, Juniper servem como exemplo para isso.

    Um abraço em todos,

    0

    0
  15. Marco Filippetti

    Alvaro, imagine! Brigar! rsrsrs! O objetivo deste blog é este mesmo! Opinar! Cada um deve compartilhar de seu ponto de vista! E não existe o certo ou o errado. O certo é SEMPRE aquilo que funciona para você, ora essa! 😉

    Quanto ao Inglês, nem diria que existe certificação para comprovar isso (como existe o mencionado TOEIC e TOEFL, dentre outras). Raramente empresas pedem este tipo de comprovação. O teste acontece ao vivo e a cores mesmo. Em alguns casos, dependendo do nível de Inglês exigido, a entrevista é TODA em inglês. Este é o tipo de requisito que é fácil de ser mensurado (e comprovado).

    Abs!

    Marco.

    0

    0

Deixe uma resposta