«

»

mar 26 2008

Tecnologias da Informação e da Comunicação do Brasil

Olá Pessoal,

Bom, quebrando um pouco o costume de artigos e questões técnicas, vou falar sobre uma Pesquisa divulgada neste mês de Março sobre as Tecnologias da Informação e da Comunicação do Brasil realizada em 17 mil domicílios deste país pelo CGI.br (Comitê Gestor de Internet no Brasil), que considero possuidora de informações EXTRAMAMENTE importantes e significativas, mostrando a realizade e as tendências no Brasil sobre:

  • Posse e uso de computador;
  • Frequência e atividades realizadas na internet;
  • Banda larga e o “fenômeno” das Lan Houses;
  • Barreiras de posse e uso de computador e internet;
  • Telefones celulares.

Isto tudo, claro, está ligado a inclusão digital, que sabemos ser ponto-chave hoje em dia no desenvolvimento de um país, pela importância educacional que tem e, consequentemente, na eliminação (ou, ao menos, diminuição) da miséria e da pobreza.

Além dos importantes números destacados pela matéria da Folha de São Paulo, destaco aqui mais alguns:

  • Cresceu o número de domicílios com televisão, antena parabólica, telefones móveis; TV a cabo (sem considerar os “gatos”, claro! 😉 )
  • Diminuiu o número de domicílios com Rádio (lamento por isso, sou fanático por rádio: notícias e esportes! 😉 ) e de domicílios com Telefone Fixo;
  • Cresceu o acesso da Classe C ao computador, a Internet e ao Telefone Móvel;
  • Tecnologia de Banda Larga utilizada pelos usuários no Brasil: DSL 25%, Modem via cabo 16%, Conexão via rádio 8%, Conexão via satélite 1%, Outros 1%, Não Sabem ou /Não Responderam: 7%. — Peraí: como assim 7% Não sabem o que utilizam ou não responderam???? 🙂 —;
  • 53% acessam a Internet diariamente; 34% pelo menos uma vez por semana;
  • 89% acessam a internet para comunicação, 88% Lazer, 87% busca de informações e serviços online, e o que me impressionou: só 18% para Internet Banking, sendo que o Internet Banking brasileiro está entre os mais seguros do mundo, além de podermos evitar filas e demais chatices que uma agência bancária oferece! 🙂
  • 64% realizam atividades escolares (BOA!!! 😉 );
  • 78% acessam para enviar e receber e-mail (Deve ter uma boa parte de SPAMs! 😉 );
  • 78% dos domícilios que não têm computador alegam que isto acontece devido ao custo dos equipamentos;
  • 58% dos domicílios que têm computador mas que não tem acesso a internet alegam que isto ocorre por causa do custo (isto, sempre ele!!!);
  • 55% dos que nunca utilizaram a Internet alegam ser devido a falta de habilidade com o computador ou a Internet;
  • Quanto ao celular, 5% usam para acessar a Internet (pouco ou muito hein?!), 51% para enviar mensagens SMS , 11% para acessar músicas ou vídeos, 15% para receber fotos e imagens;
  • 90% dos celulares são Pré-Pagos;
  • Preço em que cerca da metade da população concorda em adquirir um computador: R$1000,00!
  • Preço em que cerca de metade da população concorda em pagar por uma conexão satisfatória a internet: R$40,00!!!

Destaques/Resumo da Pesquisa:

  • As lanhouses se tornaram o local mais utilizado para o acesso à internet no país;
  • Aumento no ritmo das aquisições domiciliares de computadores em 2007;
  • Crescimento expressivo do uso da banda larga;
  • Expansão do uso de computadores e acesso à internet entre os brasileiros;
  • A principal barreira de posse dos equipamentos TIC nos domicílios continua sendo econômica, mas a principal razão declarada do não uso da internet é a falta de habilidade, reforçando que a posse do equipamento não é pré-requisito para o uso;
  • Os fatores socioeconômicos e as desigualdades regionais ainda são os principais determinantes do acesso à internet no Brasil: quanto maior a renda e a escolaridade, maior o acesso; regiões mais ricas têm mais acesso;
  • A exclusão digital continua acompanhando a exclusão social no país.

Abaixo, matéria da Folha de São Paulo que destaca alguns dos números. Há também um link para baixartoda a apresentação que, para quem se interessar pelo assunto, VALE MUITO a pena BAIXAR e dar uma olhada: http://www1.folha.uol.com.br/folha/informatica/ult124u383036.shtml

———————————-

Acesso à internet de LAN house ultrapassa web domiciliar no Brasil

da Folha Online

As LAN house se tornaram o local mais utilizado para o acesso à internet no país, informa relatório divulgado pelo CGI (Comitê Gestor da Internet) neste mês. O uso de centros públicos de acesso pago saltou de 30% em 2006 para 49% em 2007, passando à frente do domiciliar, que se manteve estável em 40%.

O resultado foi apresentado na 3ª Pesquisa Sobre Uso das Tecnologias da Informação e da Comunicação no Brasil (TIC Domicílios 2007).

O acesso à web em centros públicos de acesso gratuitos, como telecentros, ainda é modesto. Passou de 3% para 6%, de 2006 para 2007.

A pesquisa também abordou o aumento no ritmo das aquisições domiciliares de computadores em 2007: o equipamento está presente em 24% das residências brasileiras, o que representa aumento de 4% percentuais em relação a 2006.

Outra mudança apontada pela pesquisa refere-se às conexões em banda larga, presentes em 50% dos domicílios no país, enquanto 42% ainda acessam a rede principalmente por modem tradicional via acesso discado. Em 2006, a conexão dial-up respondia por 49% e a banda larga representava 40% dos tipos de acesso domiciliar.

Pela primeira vez, mais da metade da população brasileira com mais de 10 anos (53%) informou já ter usado um computador alguma vez na vida.

Produzido pelo Cetic.br (Centro de Estudos sobre as Tecnologias da Informação e da Comunicação), o estudo foi realizado entre os meses de setembro e novembro de 2007 e investigou 17 mil domicílios na zona urbana, entrevistando pessoas com 10 anos ou mais, nas cinco regiões do país. Mais detalhes podem ser lidos aqui.

———————————-

Ainda sobre este assunto, vale pena dar uma olhada na matéria também da Folha entitulada: Número de internautas residenciais sobe para 22 milhões no Brasil : http://www1.folha.uol.com.br/folha/informatica/ult124u385946.shtml

Postem seus comentários, críticas, crônicas, considerações, reflexões, etc. Vale a pena a discussão do tema! 😉

Abraços!

Fábio A. de Amorim



Comente usando o Facebook!
0
0

Deixe uma resposta