«

»

maio 25 2008

Dicas para as entrevistas de emprego

entrevista-de-emprego.jpgPessoal, estou meio sem tempo de escrever posts próprios, mas sempre que possível, dou uma garimpada buscando informações de interesse geral! Espero que gostem deste artigo, escrito por Thad Peterson, escritor Colaborador do Monster. com.

Um abs e boa semana para todos!

Marco.

fonte: http://www.monsterbrasil.com.br/articles_4.aspx

Como muitos experts em conselhos para a carreira profissional, Steve Fogarty, gerente de contratação da empresa Waggener Edstrom, diz que os candidatos devem pesquisar a empresa minuciosamente antes de entrevistar-se com ela. E mesmo se a empresa for uma companhia particular, não é pretexto para deixar de pesquisar antes da entrevista.

Sempre que existe a vontade, tem jeito de conseguir o que procura-se, e achar uma maneira de compilar informação sobre a empresa “distingue os candidatos ótimos dos candidatos bons” comenta Fogarty.

Leve em consideração a empresa de Fogarty, uma grande agência de relações públicas independente. Fogarty diz que se algum candidato estiver tentando informar-se sobre a empresa Waggener Edstrom, ele poderia tomar vários passos para realizar a pesquisa. Além de simplesmente consultar o site da internet da empresa, associar-se a uma organização de profissão como a Sociedade de Relações Públicas da América (Public Relations Society of America) com certeza levaria o candidato interessado na empresa dele a conhecer profissionais que trabalham nela.

Fogarty também oferece uma maneira menos convencional: “É possível para os candidatos acharem um relatório de imprensa que algum membro de nossa equipe de relações públicas escreveu e logo comunicar-se com o autor para expressar-lhe ’Vi seu relatório de imprensa. Gostei muito dele. Você aceita receber algumas perguntas? Estou pesquisando a empresa.’ É uma maneira eficaz de pesquisá-la.”

O que mais pode fazer para melhorar as chances na entrevista? Experimente com algumas destas dicas que Fogarty oferece:

Seja conciso
Divagar na conversa é um dos erros mais comuns que cometem os entrevistados, segundo Fogarty. “Tem que escutar a pergunta de verdade, e logo responder, e responder concisamente,” acrescenta Fogarty. “Há muitos candidatos que não conseguem incorporar esta dica tão simples. O entrevistador faz-lhe uma pergunta, e logo o candidato sai pela tangente. Talvez acreditem que o entrevistador quer ouvir o que dizem, mas no final acabam sem responder à pergunta que o entrevistador fez.

Ofereça exemplos
O candidato pode simplesmente expressar que possui determinada habilidade, mas fica muito mais convincente se apóia a asserção com exemplos de projetos que já fez. “Traga uma caixa de ferramentas de exemplos dos trabalhos que já fez,” aconselha Fogarty. “O candidato deve chegar na entrevista preparado para as perguntas que o recrutador fará-lhe, baseando a preparação nos requisitos do emprego. Pense em alguns fortes e recentes exemplos estratégicos dos projetos que fez, depois que o entrevistador fizer-lhe uma pergunta, responda com exemplos específicos em vez de responder com idéias gerais. Deve responder, ‘tenho experiência com isso, sim. Serve como exemplo de minha experiência um caso em que…,’ e depois de descrever o exemplo perguntar ao recrutador, ‘isso respondeu à pergunta?”

Seja sincero
Acontece que os candidatos ficam com a idéia que é melhor responder às perguntas difíceis indiretamente. “Se você não contar com alguma habilidade em questão, simplesmente expresse ao entrevistador que não conta com a habilidade. Não tente ocultar o fato que não conta com a habilidade falando e oferecendo exemplos que irrelevantes. Ficará muito melhor expressar que não conta com a habilidade, mas pode ser que tenha algumas habilidades relacionadas, e que está disposto a contar ao entrevistador delas se ele quiser.”

Mantenha-se atento
Segundo Fogarty, pode dividir-se aos recrutadores em duas escolas. Há alguns que são muito sérios, e os candidatos também devem levar o processo a sério ao relacionarem-se com eles.

“Logo há os recrutadores que são como eu,” comenta, “sou o melhor amigo do candidato quando liga-me. Minha técnica é deixá-lo tranqüilo porque quero que conte-me tudo, e muitos candidatos atrapalham-se nisso. Começam a pensar, ‘ah, este cara é legal, posso contar-lhe tudo.’ Logo excedem-se.” Fazer isso pode tirar o candidato da concorrência. Lembre, sempre mantenha o profissionalismo.

Faça perguntas ótimas
Fogarty comenta que o que mais causa boa impressão nele é receber uma pergunta ótima do candidato que além de mostrar que pesquisou a empresa em geral, pesquisou o emprego específico que o candidato quer conseguir. “Isso faz-me pensar, ‘oba, este candidato realmente pesquisou bem. Além de conhecer a empresa, conhece as responsabilidades do emprego que quer conseguir.



Comente usando o Facebook!
0
0

9 comentários

Pular para o formulário de comentário

  1. lgchiaretto

    artigo um tanto quanto interessante, fala dos muitos erros que um candidato comete em uma entrevista de emprego!!!

    :o)

    0

    0
  2. Toguko

    Boa dica, pois muitos que estão tentando tirar uma certificação estão na verdade atrás, ou de um trabalho ou de uma nova oportunidade de trabalho.

    0

    0
  3. Rodrigo Falcão

    Uma entrevista de emprego é sempre um momento tenso e angustiante…vale a pena lembrar dessas dicas, pois talvez tragam um pouco mais de tranquilidade e confiança!!

    0

    0
  4. Leandro Nogueira

    A entrevista com um recrutador didático flui melhor concerteza.

    0

    0
  5. Fabio Luiz Pagoti

    Essas dicas não estão inclusas em matérias quaisquer sobre entrevistas de emprego.
    Muito bom o tópico!! Quando fazer uma entrevista, irei lê-lo novamente.

    Abraços

    Fábio Pagoti

    0

    0
  6. Ótimas dicas para uma entrevista…aponta os erros mais comuns cometidos em entrevistas de emprego.
    Muito bom o post Marco…obrigado!!!

    Abs
    Érik Voitic
    “Conhecimento é para todos…compartilhe!!!”

    0

    0
  7. ferrugem

    Legal a dica Marco.

    Não tenho muito experiência com entrevistas. O único processo grande que passei referente a busca por um emprego foi quando tentei um estágio na CSN (Companhia Siderúrgica Nacional) em Volta Redonda, quando eu ainda estava no curso Técnico de Telecomunicações que fazia por lá (2003).

    Nos outros serviços que passei, a entrevista (ou conversa .. rsrs) foram com pessoas bastante tranquilas, do tipo !gente boa!, e acho que me sai bem.. Nas que eu fiz, fui chamado para trabalhar! 😀

    Acredito que ser sincero, sem se exceder, é a alma do negócio!

    Abraços à todos!!!
    Ferrugem

    “Juntos somos ainda melhores!!!”

    0

    0
  8. Celso Jr.

    Sinceridade e Humildade acima de tudo..

    O resto com o tempo a gente mostra =D

    0

    0
  9. davidelvisrosa

    Boas dicas, sempre sendo vc mesmo e sendo sincero com todas as respostas.

    0

    0

Deixe uma resposta