«

»

jun 13 2008

Novo colaborador!

Caros leitores,

É um grande prazer anunciar que temos mais um ilustre colaborador no blog. Dêem as boas vindas ao Marcos Pitanga Alves.  O Marcos é um profissional com mais de 23 anos de experiência em tecnologia da informação no Brasil e no exterior, com formação em Sistemas de Informações, pós-graduado em Redes de Computadores e Segurança de Redes.  Mestre em Computação Paralela NCE/UFRJ. Atualmente é engenheiro de sistemas da GPlus Integradora de soluções, sendo responsável pelos projetos relacionados a Computação de Alto Desempenho, Aceleração de Wan, Balanceamento de Links e Servidores, Segurança da Informação e Roteamento/Switching avançados. Atuou como docente em algumas universidades, onde ministrava as cadeiras de Redes de Computadores, Sistemas Operacionais, Sistemas Distribuídos e Segurança de Redes. Desenvolve pesquisas independentes em Sistemas Paralelos e Distribuídos com diversos sistemas operacionais, tais como: Windows 2003, GNU/Linux e Solaris. É instrutor da CISCO no programa Network Academy, possui as certificações Linux Professional Institute – LPIC I/II, RHCE, CISCO CCNA/CCAI/CCNP, Radware Application e Connectivity, Juniper JNCIA (WX,ER,IDP, VPN SSL, M-series,FWV) Juniper JNCIS (FWV, Routers série M, ER), BlueCoat Web Caching System Engineer, CosmoCom Universe CallCenter – USA/2007, Nortel Application Switching, EC-Council CEHv5 – Certified Ethical Hacking, dentre outras. É autor dos livros: Construindo Supercomputadores com Linux 3a edição, Computação em Cluster e Honeypots a arte de iludir hackers.

Marcos, seja muito bem-vindo!!!

Um abraço!

Marco.



Comente usando o Facebook!
0
0

28 comentários

Pular para o formulário de comentário

  1. CR

    Sem dúvida, MUITO BEM-VINDO MARCOS!!!

    O Blog a cada dia reúne mais colaboradores com grande experiência e formação profissional !!
    Isto para quem está começando, como EU, é muito bacana pois podemos vivenciar esta experiência e profissionalismo compartilhado por vocês nos posts e discussões aqui no Cisco Certified.

    Parabéns Marco por agregar este time de ‘feras’!!!

    Mais uma vez, bem-vindo Marcos, aguardamos por suas informações e dicas.

    Abs,
    CR.

    0

    0
  2. lgchiaretto

    ahahaha opa… bem vindo velhinho…

    então marcos… não teve a sorte de abrir um pacote da elma chips e achar uma certificação CCIE dentro não??? (piadinha interna :p)

    aukuakauakaua zuando :P:P

    abraços !!

    :o)

    0

    0
  3. Marcos Pitanga

    Sabe o porque não tirei o CCIE ainda?

    Simples, vários motivos:

    1) Atuo sobre uma demanda de tecnologias totalmente diferentes, que vão de supercomputação em Linux a perícia forense computacional.

    2) A demanda pelas empresas que passei não achavam prioritário, então foquei em outras como a Juniper, Radware, BlueCoat, Nortel, por exemplo.

    3) Quando estava no mestrado tive que me afastar da área corporativa por 2 anos, muito difícil conciliar as duas coisas.

    4) Linux Clusters HPC ainda me dão muito mais dindim… 😉 Assim como um CCIE sou um mosca branca no assunto 😉

    5) O CCIE está no projeto, depois que tirar as certificações ENA e ENS da Extreme Networks.

    6) Além disso o CISSP vai estar na frente, perdemos um projeto porque não tínhamos ninguém com CISSP na empresa.

    7) Estou montando meu lab particular como equipamentos reais da Cisco que compro em leilões e no Mercado Livre e que porventura consigo consertar ao nível eletrônico.

    8) A Sun está me obrigando a tirar as certificações no Solaris…

    Pergunta…

    Será que consigo focar só no CCIE?

    A resposta é simples tentarei em um projeto de 18 meses…

    Ahhh, faltou um detalhe… Sou casado e tenho um filho de 3 anos, estudar em casa? nada feito.

    Saio de casa as 5:00 da manhã e volto as 16:00.

    Usarei todos os sábados para me preparar ao CCIE.

    Ufaaaa, será que chego lá?

    []´s

    Pitanga

    0

    0
  4. SKVini

    Marcos,
    Seja bem vindo..
    Muito interessante essa sua experiência profissional e acadêmica.. Tem como você focar um pouco nos assuntos: supercomputação em Linux (alguma empresa Brasileira, tem algum projeto rolando)?
    e também Linux Clusters HPC?
    Perícia forense computacional (como esta o Brasil, neste campo)?
    Desculpa, de cara lançar varias perguntas, mas o ultimo assunto me deixa muito curioso..

    0

    0
  5. Marcos Pitanga

    Petrobras é a que mais investe na tecnologia, temos também CPTEC/INPE, várias universidades brasileiras patrocinadas pela BR, etc…

    Perícia Forense está muito mais no aspecto cível do que do criminal, tenho pego alguns casos ligados a pedofilia, pirataria e algumas invasões de usuários internos.

    0

    0
  6. Rafael Mendes

    Fala Marcos,

    Bem vindo cara, parabens pelas certificações!

    Uma pergunta, CEH é mto dificil ? tem academias para prestar a prova no brasil ?

    Abraços, e mais uma vez BEM VINDO!

    0

    0
  7. Marcos Pitanga

    A prova é feita na Prometric, custa US$ 250.00 e precisa que seu empregador informe que você atua a mais de 2 anos em segurança da informação.

    É interessante montar um lab para você brincar de invasão com as ferramentas cobradas pela EC-Council e além disso quais contramedidas necessárias para corrigir os problemas. A prova é longa, cansativa e com muitos cenários.

    []´s

    0

    0
  8. Rafael Mendes

    hmmm!
    blz, muito obrigado pela resposta.

    []’s

    0

    0
  9. nelsonjr

    Bem sabendo do nivel do blog sinceramente eu sabia que um dia ele iria aparecer por aqui. rs.
    Ja tive o prazer de ter aula e professor Pina no meu primeiro curso da NetAcademy infelizmente as turmas não firmaram até o final.
    Seja bem vindo a mais um colaborador de peso para o Blog.
    E parabens pelas suas conquistas Pitanga.

    Atenciosamente,
    NelsonJr.

    0

    0
  10. pedroj

    Marcos seja bem vindo ao melhor bolg do Brasil.

    Agora, já contando com você, com os melhores colaboradores.

    O mais impressionante nisso tudo é ver como as certificações Microsoft estão ficando desacreditadas, é test king demais.

    Pelo que vi Marcos, me parece que vc não tem, correto?

    Parabéns pelas certificações tiradas, ta uma verdadeira sopas de letrinhas isso aí.

    Abraçõs

    0

    0
  11. Marco Filippetti

    Realmente, Marcos, é certificação que não acaba mais 🙂 !

    0

    0
  12. sergiombrg

    Este blog está de parabéns!

    O time de colaboradores é de extremo alto nível!!!!!

    Bem vindo Pitanga!

    [ ]’s

    Sergio Meyenberg

    0

    0
  13. Toguko

    Parabens ao novo colaborador, espero que com sua experiencia variada possa nos ajudar muito e tirar muitas dúvidas.

    Marco, quero ver colocar todas essas certificações no quadro de colaboradores….será que vai caber !!!….rs

    Abraços

    0

    0
  14. Marcos Pitanga

    Rapaz, nem no meu escritório cabem todas… risos…

    E ainda vem outras …. Extreme, Nortel, CCSP, Radware Security, CISSP, MSCO, etc…

    Mas juro que daqui a 18 meses entra o CCIE – Cisco e JNCIE Juniper.

    Postarei artigos mostrando a integração entre Cisco e vários equipamentos de diversos fabricantes.

    Estou preparando um artigo que irei incluir a integração entre um ambiente de aceleração de Wan com Juniper WX com Router Cisco 26xx com WWCPv2 em que minimizamos o impacto da latência entre ambientes onde a camada de Wan é sobre links via satélite.

    Aguardem, em duas semanas eu vou postar o artigo…

    0

    0
  15. Marcos Pitanga

    Pedro, as coisas são bem simples… Pense comigo…

    Quantos profissionais certificados Microsoft MCP, MCSA e MCSE você conhece?

    Agora responda…

    Quantos CISSP, CCIE, JNCIS, Radware, CEH você conhece?

    Quanto mais qualificado em diferentes tecnologias você for, maior será sua importância na área corporativa.

    Os sistemas são totalmente heterogêneos, e por causa disso e pela minha experiência no meio nunca fiz ficar preso a somente uma tecnologia em si. Sou um Integrador de Soluções, não posso me dar ao luxo de montar um ambiente amarrado a um fabricante A, B ou C.

    Lembre-se que: teoria é 70% e prática é 30%…

    Conceitos de OSPF, BGP-4, MPLS, IPSec, SSL, etc… é sempre o mesmo. O restante é se adaptar ao equipamento.

    Lembro que a pouco tempo tive que redimensionar toda a parte de Lan corporativa de uma fábrica que o Lula inaugurou em Paulínia – SP. Todos os switches eram 3COM, 4500 (acesso), 4200G (Distribuição) e 5500 (core). Pergunta se eu já tinha configurado algum destes na minha vida? Resposta era não.

    Em um dia eu redesenhei a rede, discuti padrões de tráfego, seguindo a linha 20/80, como iríamos criar as Vlansde dados e vlan de Voz e como ele queria ligar os telefones IP (portas hibrídas). A noite baixei os manuais e ferramentas da 3COM. Peguei todos os comandos de CLI necessários para a implementação da solução, levei um switch de cada para o Hotel, testei guardei os arquivos de configuração (tudo na madrugada) e nos dias seguintes foi só replicar a configuração para todos os outros switches e partir para o abraço. Documentei tudo nos mínimos detalhes e ainda ajudei o responsável na configuração do processo de roteamento externo da fábrica.

    Aprendam o seguinte, não fiquem se prendendo muito a todos os comandos de CLI de equipamentos, para isso existem os manuais. Agora, para uma prova de certificação de fabricante decorá-las e saber aplica-las é super importante. Toda a hora a tecnologia muda, novas features são adicionadas e de uma hora para outra você terá que reaprender uma série de comandos. A própria Cisco faz isso.

    Vi em um post de um integrante reclamando do JUNOS da Juniper, mas ele mesmo confessa que está acostumado com o IOS. Agora você imagina eu, com Cisco, 3COM, Radware, Nortel, BlueCoat, ScreenOS, Linux, Solaris, etc…

    😉

    Abraços e que este comentário sirva como exemplo que não podemos ficar amarrado a uma tecnologia somente. Devemos saber de tudo um “MUITO”.

    Abraços.

    0

    0
  16. Marcos Pitanga

    Muito obrigado e todos pelo incentivo e prometo que muita coisa boa vai vir por ai…

    Cisco com Cisco e Cisco com diversos fabricantes…

    0

    0
  17. pedroj

    Valeu pelas dicas Marcos.

    É exatamente o que estou tentando fazer.

    Saber de tudo um “Muito”.

    Coitada da minha esposa!!!!!

    0

    0
  18. Anderson Mota Alves

    Olá Marcos, seja bem vindo… Parabéns pelas certificaçoes.. Abs

    0

    0
  19. Marcos Pitanga

    Obrigado Anderson…

    Apesar de estar com 39 anos, tem muito chão para caminhar…

    0

    0
  20. Johnny Vernin

    Opa seja bem vindo Marcos…

    PS.: Já foi meu professor hein hehehe

    0

    0
  21. Fabio Luiz Pagoti

    Conselhos muito valiosos sem dúvida alguma!

    Bem vindo ao blog Marcos!

    Uma curiosidade, quando você começou a se interessar pela área? na graduação?

    abraços!

    Fábio Pagoti

    0

    0
  22. ferrugem

    Bem VIndo Marcos Pitanga!

    Parabéns pelas certificações e pela carreira!!!

    Abraços,
    Ferrugem!!!

    “Juntos somos ainda melhores!!!”

    0

    0
  23. Marcos Pitanga

    Na verdade minha estrada é longa.

    Comecei ainda quando era técnico de hardware em 1989, na época em que os PC´s XT, AT começavam a despontar nas empresas. Com 13 para 14 anos já programava em Cobol e Fortran em cartão perfurado em um IBM/360 da IBM na PUC-RJ. E brincava com assembly Z-80 e Basic em meu antigo TK-82C com 16K de memória (Já com a expansão).

    Atuei na época da rede Amplus, mexi com 10base5, 10base2, Novell 2.2, 3.1, 3.11 e parei no 3.12. Depois cai no mundo Unix quando estava na graduação e me apaixonei por Clusters Linux de Alto desempenho em 1994 quando li o artigo dos Doutores Donald Becker e Thomas Sterling. E de lá para cá só alegria com Linux, Solaris, AIX…

    Obviamente que os roteadores e switches apareceram na minha vida quando atuei na antiga SID Informática S/A na área de automação bancária.

    Em 1995 comecei a dar aulas na área de eletrônica digital, microprocessadores 8085/Z-80 para o antigo 2o grau técnico.

    A partir de 2000 já dava aulas como professor universitário. Em 2003, peguei meu CCAI, 2005 meu 1o CCNP, agora vou renovar o CCNP, depois de muitas provas da Juniper, fora as outras certificações. E por ai vai…

    Mas uma coisa eu digo, saiba de tudo um MUITO… 😉

    []´s

    0

    0
  24. Rodrigo Falcão

    Seja muito bem vindo Marcos!!!
    Estamos muito bem parados nesse blog!!! Será que existe algum blog com um grupo de colaboradores tão qualificados?

    Abçs!!

    0

    0
  25. ferrugem

    Realmente muito bacana sua estória ( Faça sua história… ) Marcos… Parabéns mesmo por tudo que conquistou até hoje… Fruto de muito estudo e muita dedicação!!!

    Sucesso sempre pra ti e que em breve seja um CCIE, para agregar a essas tantas outras certificações que possui!!! 😉 Esse blog só tem feras!!!

    Abraços,
    Ferrugem!!!

    “Juntos somos ainda melhores!!!”

    0

    0
  26. Hábner Costa

    Meu sonho é fazer uma reunião com caras como você e fazer as seguintes perguntas:

    Que horas você estuda?
    Quantas horas por dia?
    Que horas acorda e dorme?
    etc….

    Cara, trabalho das 8 as 17:30 e pego o busão direto pra faculdade, leio dentro do ónibus (em pé!!), chego em casa 23:00 tomo banho e ja são 23:30 e no outro dia 06:30 tenho que estar de pé. Estou sonhando com as férias da faculdade para poder me dedidar ao estudo e obter meu CCNA até setembro (se Deus quiser sai =) ).

    Ja vi que você gosta de escrever, então se puder me responder essas perguntas e me dar uma luz eu agradeço huauhahuahua

    abraço e PARABÉNS!!!

    0

    0
  27. Marcos Pitanga

    Resposta 1 –> das 6:00 as 9:00 da manhã

    Resposta 2 –> 3 horas por dia (isso direto), Quando estou com insônia umas 3 horas a mais a noite…

    Resposta 3 –> Acordo as 5:00, vou para a empresa, http://www.gplus.com.br, no RJ e vou dormir as 23:00, pois tenho que dar atenção a minha esposa e meu filho de 3 anos e meio.

    Segredo: 70% é teoria, 30% é prática. Quando se domina a teoria qualquer tecnologia que vier será rapidamente compreendida.

    Lembro que em julho de 2007, fui fazer um treinamento na CosmoCom em New York de um sistema de callcenter digital. Bem nunca tinha atuado com callcenters, no 1o dia o que o instrutor cuspiu de siglas relacionadas a CallCenter foi uma loucura… quando ele falou em Tenant, juro que pensei que ele estava falando de “inquilino”. A noite nada que o wikipedia não ajuda-se, assimilei os conceitos de callcenter e telefonia tradicional e depois foi tranquilo.

    Esse é o segredo: Implementação para mim sempre foi e sempre será um mero detalhe. Se souber a teoria envolvida você se adapta rapidamente a qualquer tipo de produto de qualquer fabricante.

    []’s

    Marcos Pitanga

    0

    0
  28. Hábner Costa

    Entendi, assim como você disse em um de seus comentários: Os protocolos não mudam, apenas precisamos aprender a usar a ferramenta, então se tenho um CCNA e quero tirar um certificado Juniper, o meu maior desafio será aprender as sintaxes da Juniper uma vez que “por trás” é tudo igual.

    Obrigado por responder

    0

    0

Deixe uma resposta