«

»

jul 24 2008

Cisco and Pearson VUE Launch Global Test Delivery Exam Security Enhancements

Repassando…! Ao que parece, os “test kingers” estão com os dias contados. A Cisco já havia tomado medidas para dificultar o uso de “braindumps”, mas agora, vai pegar ainda mais pesado. As medidas incluem análise pericial dos resultados e do comportamento do indivíduo testado, para verificar a possibilidade de fraude.

Boa notícia para os que estudam, péssima para os que decoram TKs e P4Ss.

Cisco and its global testing provider, Pearson VUE, a business of Pearson Inc. are pleased to announce a series of security enhancements that will reinforce the integrity and value of its Career certification program.

The advanced security enhancements include the use of digital photographs for candidate-identity verification and forensic analysis of testing data. The new measures, to be implemented beginning on Aug. 1, will include: 

  • Photo on Score Report and Web – On completion of a certification exam at the test center, candidates will receive preliminary score reports imprinted with their photos and unique authentication codes. The authentication code can be used to access a candidate’s official score online at Pearson VUE’s website usually within 72 hours of the examination. The online score report will also display the candidate’s photo. Candidates may share access to their online records with employers or other third parties.
  • Forensic Analysis – Exam results and other testing data will be continuously analyzed by forensic software to detect aberrant testing behavior and to flag suspect exams for further investigation.
  • Preliminary Score Report – All paper score reports will be preliminary, pending the results of forensic analysis, until official exam scores are posted to the Web usually within 72 hours of exam completion. Once the exam scores are official, candidates may use the authentication codes on their score reports to access the Pearson VUE website for score and photo verification.


Comente usando o Facebook!
0
0

18 comentários

Pular para o formulário de comentário

  1. Marcia Guimaraes

    Já não era sem tempo.

    Aplicando essas medidas, vamos separar o “joio” do “trigo”, aumentando assim o valor do profissional que se empenha, e não aquele que decora…decora…decora… , mas quando vai para a vida real, toma um baita susto !

    Susto merecido por sinal.

    Resumindo : Quem estuda terá seu $$$$$$$valor$$$$$$$ reconhecido. 🙂

    Sds.
    Márcia Guimarães

    0

    0
  2. Rodrigo Falcão

    Que boa notícia!!!
    Isso realmente valorizará quem estuda e se dedicada para tirar a certificação.

    E talvez as empresas passem a valorizar mais nossos esforços.

    Como disse a Márcia, ” quem estuda terá seu $$$$$valor$$$$$ reconhecido.” Assim esperamos

    Abrçs!

    0

    0
  3. Rodrigo Falcão

    Agora, o que seria um “aberrant testing behavior”, ou melhor, como esse dito software identificaria um “aberrant testing behavior “?

    0

    0
  4. Rodrigo Farias

    Eu posso até estar enganado, mas acho que isso vai no máximo conseguir detectar se o candidato respondeu uma questão “grande” em pouco tempo. Mas se os “braindumpers” quiserem, cientes desta mudança, é só esperarem um determinado tempo pra não serem detectados como suspeitos. Espero que essa medida seja algo mais do que apenas isso.

    Abraço

    0

    0
  5. Manuel de A. Barros Jr.

    Sempre acho legal você ter simuladores da prova para verificar seu estado de preparação. Após cada simulação te informam seu percentual de acerto por área como o impresso que você recebe após fazer as provas oficiais.

    Mas os TKs e P4Ss são usados pelas pessoas para decorar a questão. Infelizmente a prova da Cisco não permite quando você tem dúvida na questão marcá-la e depois retornar como por exemplo as provas da SUN.

    A Cisco está certa, quer certificar pessoas que sabem o que estão fazendo.

    0

    0
  6. Italo Amaral

    Já estava passando da hora da Cisco(r) tomar uma iniciativa como esta, muito bom!

    0

    0
  7. Alexander Willians

    Ótima notícia! Acredito que isso valoriza a certificação, cada vez mais.

    []’s

    0

    0
  8. Luiz Silva

    Com certeza…

    fiz minha prova do CCNA e havia estudado mto…inclusive alguns simulados e percebi que algumas questões eram praticamente idênticas…
    fiquei chocado de haver a possibilidade de um cara qualquer, decorar as questões e obter o título, mto fustrante!

    Mas todos nós sabemos que no hora do “vamos ver” o bicho pega, e aí eu quero ver o “espertinho” se sair dessa, mas até aí, o $$valor$$ de todos os profissionais certificados fica prejudicado por causa de meia dúzia de “preguiçosos”.

    muito justa as medidas da Cisco…basta agora ver se vai funcionar.

    abraços

    0

    0
  9. moscovski

    Sem dúvida que esta media protege quem estuda, além disso exclui de forma indireta quem não sabe…Entende-se quem não pode pagar o curso numa academia cisco(estuda sozinho e vem aqui no bloq tirar dúvidas), o que não se entende é o cara que decora os TKs e P4Ss, o cara chega lá fora e se dá mau, lá fora o mundo é uma selva!!!

    Abraços

    0

    0
  10. Rodrigo Falcão

    O que acho engraçado é que normalmente os tks e p4ss são enormes, com não sei quantas questões, e a pessoa certamente vao ter que ler aquilo mais de uma vez, ler não né, decorar….acaba sendo tão trabalhoso quanto estudar numa boa. Com a diferença que quando chega aqui fora a coisa fica feia, pois o empregador vai testar seus conhecimentos mesmo, e não fazer pergunta de tk.

    Abrçs!!

    0

    0
  11. Rodrigo Farias

    Sinceramente, vocês acham que isso vai dar jeito nos TKs e P4S???? Eu não acho.

    0

    0
  12. rafaelbn

    Uma das melhores notícias que eu ja li a respeito de certificações.

    Realmente. Acho importante termos a possibilidade de testar nossos conhecimentos, mas daí a decorar e passar na prova…
    Morte aos testkingers! uhauhauha

    Abraços

    0

    0
  13. Wederson (CeBoLaRk)

    Olha, eu concordo com o meu amigo Rodrigo Farias, não acredito que vá dar grandes resultados.

    Mas em todo caso, valeu a tentativa..

    0

    0
  14. Mizael Andrade Reis

    Medidas necessarias para se extrair o verdadeiro Profissional Cisco.

    0

    0
  15. Marcos Pitanga

    O que deveria ser feito é descobrir como os caras conseguem acesso a estas provas e puni-los.

    As empresas vem adotando provas práticas aos candidatos e, além disso, lembrem-se que existe no contrato de CLT os famosos 3 meses de experiência. 😉

    0

    0
  16. Makal

    Eu também concordo com o Rodrigo, não vejo como isso vá diminuir a ‘influência’ dos TK’s da vida. E também não seria possível que algumas pessoas que realmente estudaram fossem prejudicadas por essa ‘análise’?

    Mas é uma tentativa, agora resta esperar e ver no que vai dar… ^^

    0

    0
  17. Wilsonsant

    Apoio a ideia de todos, temos que realmente combater as fraudes. Agora não devemos nos esquecer que
    o Brasil é o pais dos espertos (ou dos que tentam ser) e se voce não é experto te chamam de trouxa (cada um tem a
    a sua opinião), temos que ter cuidado com o Moralismo, Etica, etc… Conheço pessoas que estudaram bastante,
    tiraram as certificações, mas,são incapazes de diagnosticar um problema simples de rede, roteamento. Portanto, se
    fosse pra fazer algo serio, a prova deveria ser teorica e pratica, pra dai sim provar que o individuo conhece realmente. E não devemos esquecer tambem que os centros de treinamentos cobram preços absurdos nos cursos, não poderiam ser mais baratos? A coisa é bem elitizada, precisamos mudar esse quadro tambem.

    0

    0
  18. Alexandre Schulze

    Apoio esta medida. Mas aqui no Brasil não começou a valer ainda..

    Fiz minha prova de certificação dia 06/08 no centro autorizado VUE aqui em Curitiba, e não teve nenhum desses procedimentos. Não precisei tirar foto, o resultado saiu na hora, e em menos de 24h já tinha meu resultado associado ao meu ID no site da Cisco.

    Em conversa com a menina do centro autorizado ela me informou que a Cisco apenas comunicou que haveria mudanças.

    0

    0

Deixe uma resposta