«

»

fev 02 2010

Google ativa IPv6 no Youtube e impacta a Internet como um todo

Dica passada pelo Roberto Mendonça. O que ocorreu mostra o quanto de tráfego é gerado pelo Youtube, no mundo. E isso também vai em linha com o comentário de Vint Cerf, em sua entrevista publicada aqui no blog, onde ele menciona que o Google é uma das poucas empresas de serviço que já se encontra em estágio adiantado de implementação da versão 6 do protocolo IP.

Diretor de provedor californiano notou tráfego 30 vezes maior; mudança é prevista e visa aumenar a capacidade de endereçamento da rede.

Sem alarde, o Google ativou o suporte ao IPv6 para o site de vídeo YouTube, e com isso provocou um pico de tráfego IPv6 que foi sentido desde quinta-feira (29/1) até segunda-feira (1/2). Observadores da indústria disseram que o YouTube aparentemente começou a funcionar com IPv6 em modo de produção, em vez de teste, como ocorre com boa parte dos casos de uso da próxima geração do protocolo da internet.

“Na quinta-feira, perto do meio-dia na Califórnia (18 h em Brasília), notamos uma grande quantidade de tráfego de entrada IPv6, que sabíamos proceder do Google”, disse Martin Levy, diretor de estratégias IPv6 do provedor Hurricane Electric. A empresa tem uma das maiores infraestruturas IPv6 do mundo.

“O tráfego IPv6 veio de provedores de todo o mundo quando o Google ligou seu tráfego IPv6 no YouTube”, disse Levy. “O IPv6 está sendo suportado por diferentes data centers do Google. Estamos falando de um pico de tráfego da ordem de 30 para 1. Em outras palavras, 30 vezes mais tráfego IPv6 veio dos data centers do Google do que antes.”

Estável

Levy acrescenta que o tráfego IPv6 do YouTube parece indicar o uso em produção, já que ele permaneceu estável desde quinta-feira e segue os padrões normais de uso.

Os observadores comemoraram a atualização do YouTube como um sinal da crescente aceitação do IPv6, uma substituição de protocolo que já era esperada. Muitos grandes sites, como YouTube e Netflix, estão ativando o suporte ao IPv6 porque os endereços disponíveis com o protocolo IPv4 estão perto do fim.

O Google já suporta IPv6 em diversos produtos e serviços, como Search, Alerts, Docs, Finance, Gmail, Health, iGoogle, News, Reader, Picasa, Maps, Wave, Chrome e Android.

Fonte: IDG Now.

0
0

13 comentários

Pular para o formulário de comentário

  1. Fabio Ribeiro

    Pode ser que eu esteja enganado, mas quando uma “gigante da Internet” dá o ponta-pé inicial, a tendência é que outras Empresas sigam o mesmo rumo.

    Acredito que à partir de agora o tráfego IPV6 irá aumentar muito mais. (não só pelo Google).

    Abs!

    0

    0
  2. Deco

    Pode crê Fabio, também acredito nisso!

    A google ainda vai dominar o mundo! hahahaha =]

    0

    0
  3. Alexandre Avelar

    Bem legal ver as coisas acontecendo. Em se tratando de IPv6, muito se lê, muito se fala, mas por enquanto a utilização tem sido tímida, pelo menos a divulgação.

    0

    0
  4. adilson florentino

    Vamo estudar IPv6 ai gente !!!

    0

    0
  5. Daniel Valente

    Esta acontecendo…… ipv6 esta finalmente chegando…….. 😀

    0

    0
  6. Cassio Gomes

    Essa noticia é muito importante, pois irá forçar ou acelerar vários provedores e Service Providers a também suportar IPV6, e com isso, novas demandas surgirão, ou seja, novas oportunidades, então vale muito a pena estudar e conhecer bem essa tecnologia…
    Abraços

    Cassio Gomes

    0

    0
  7. cierais

    Em conversas com diversos colegas que trabalham em algumas Universidades do País, já há projetos para o recebimento e implantação dos blocos IPv6 ainda esse ano!

    0

    0
  8. raphael.reis

    Que isso pessoal, em se tratando de IPV6 nem é preciso ir tão longe assim. No Brasil mesmo já existe Service Provider com backbone suportando e implementando IPV6. CTBC TELECOM por exemplo hoje seus clientes que possuem AS e recebem bloco ipv6 do NIC.BR já fecham seção BGP IPV6 normalmente… Poder ser que ainda não exista um trafego considerável mas o interessante é saber que já existem pessoas implementando isto.

    Abraços…

    0

    0
  9. Suzi

    Muito Bom …. Estudar e ficar preparado !!

    0

    0
  10. vstrabello

    Hehehe Eu nao botava muita fé nessa Hurricane Electric, pois no site deles tem uma certificacao sobre IPv6 lá. Nao lembro se já tinha comentado algo sobre isso aqui, mas eles fornecem um “cursinho” sobre IPv6 e no final tem testes ealgumas coisas par fazer que garantem vários niveis (Eu sou Explorer, mas tem outros niveis acima, mas dai exigem outros requisitos.

    Olha ei aqui:

    http://ipv6.he.net/certification/scoresheet.php?pass_name=vstrabello

    Para isso, voce dever fazer um cadastro no site:

    http://ipv6.he.net/certification/

    Abracos

    0

    0
  11. Tiago Pereira

    Legal. Marco aproveita para gerar um Desafio CCNA de IPv6 !

    Abraços

    0

    0
  12. Luiz Gustavo

    Boa Tiago,

    Marco como ja está começando a se falar muito em IPV6 pq não criar um lab sobre o mesmo ?

    0

    0
  13. davidelvisrosa

    agora ja tem, eu assisti ontem mesmo que o Marco fez.. 🙂

    0

    0

Deixe uma resposta