«

»

maio 25 2013

Matemático peruano resolve problema de 3 séculos sobre números primos

Esta notícia saiu ontem, e poucos deram a devida importância. Talvez porque poucos saibam como os números primos (talvez, o mais correto seria “números primários”) afetam nosso dia-a-dia, nossa existência e a existência do próprio universo. Ou talvez porque a notícia não estivesse relacionada a novela ou futebol (coisas de Brasil). Especialmente para nós, que vivemos de tecnologia, estes números têm um papel ainda mais importante e intenso. E ainda assim, poucos de nós sabemos disso. Números primos podem ser definidos como “partículas que dão origem à tudo” – matematicamente falando. Na área de tecnologia têm um papel vital na indústria de segurança, já que sistema criptográficos dependem deles – na verdade, dependem de seus mistérios. Exatamente pelo fato de ainda serem tão incompreendidos, são tão difíceis de serem previstos e utilizados.

Mas quando alguém começa a chegar perto de resolver parte do mistério – como fez recentemente Harald Andrés Helfgott, um brilhante matemático peruano, ao resolver um problema com mais de 3 séculos – muitos que trabalham com os super seguros sistemas criptográficos devem ter visto tal fato com uma pontinha de preocupação.

O artigo completo do feito de Harald pode ser visto aqui, e seu trabalho publicado (para os amantes da matemática), aqui.

O vídeo abaixo ajuda a entender, de forma muito didática, parte do problema resolvido por Harald. Vale assistir!





Comente usando o Facebook!
0
0

2 comentários

  1. zekkerj

    “Ou talvez porque a notícia não estivesse relacionada a novela ou futebol (coisas de Brasil)”
    Ou a celebridade, bundas, ou bundas de celebridades…

    0

    0
  2. vitor.stefaneli

    Acho que antes dele o último grande mistério deve ter sido a Conjectura de Fermat, em 1994, que rendeu livros e até um filme. Vale a pesquisa, pois a mídia também deve ter dados pouca vazão a este tipo de notícia na época =\

    0

    0

Deixe uma resposta