«

»

jun 18 2013

Quer dar um BOOST em seu roteador? Taca memória nele, gastando pouco!

Este post é mais uma dica. Alguns de vocês devem estar buscando roteadores para montar labs, etc. Existem muitos locais para procurar, mas os mais recomendados são os sites de leilão, como Mercado Livre ou eBay (este último, fora do Brasil). Algumas vezes, comprar no eBay compensa, mesmo pagando o frete e os impostos, na chegada. Vale garimpar!

Bom, você comprou seu roteador, mas ele veio com pouca memória – insuficiente, por exemplo, para rodar aquela super-ultra-mega versão do IOS que você conseguiu.

A dica aqui é: NÃO COMPRE MEMÓRIA “CISCO”. Primeiro, porque a Cisco não faz memória – apenas coloca a marca nela, em OEM. E, claro, se você comprar um pente de memória com o logo Cisco, irá pagar os olhos da cara. Faça o seguinte: Pesquise (usando o Google mesmo) qual o tipo exato de memória que seu roteador precisa. Em 99% das vezes, os pentes de memória são exatamente os mesmos usados em computadores convencionais. Depois, procure pelo pente de memória nos sites de leilão.

Temos aqui um 2801 que estamos configurando para  ser nosso PABX IP. Estamos instalando o CCME, Cisco Unity Express (AIM-CUE) e uma versão atualizada do IOS – além dos módulos PVDM para transcoding e FXS / FXO para entroncamento com o sistema de telefonia convencional. A questão é que nosso roteador tinha apenas 128M de RAM, e 64M de Flash. Insuficiente para rodar o CCME na versão que gostaríamos. Pesquisamos e encontramos, no ML, um pente de 256M compatível por apenas R$37!

Chegou, instalamos e “voilá”: 384M de RAM – o máximo (segundo a Cisco) – para a linha 2801:

Cisco 2801 (revision 7.0) with 292864K/100352K bytes of memory.

A questão da Flash ainda existia. Então, ao invés de investir em um cartão CF, optamos por usar a porta USB do roteador e espetar um pendrive nela. Formatamos usando o comando “format usbflash0:”, instalamos o sistema e os arquivos do CCME e configuramos o roteador para procurar por eles no momento do boot, usando o comando “boot system usbflash0:[nome da imagem.bin]”

Dica dada! Dá para aplicar em quase todas as linhas de roteadores Cisco, desde as mais novas, até as mais antigas.

DETALHE: Se for usar isso em produção, não se esqueça que colocar memórias ou componentes não homologados pela Cisco em seu equipamento pode invalidar sua garantia.

Abraço!

Marco.



Comente usando o Facebook!
0
0

3 comentários

1 menção

  1. paulofg

    boa dica.
    uma vez em uma situação de desespero, resolvi um problema colocando memória de laptop que estava encostada pronta para ser descartada….

    0

    0
  2. George Carvalho

    Como se faz para procura pelos arquivos do CME no pendrive?

    0

    0
  3. George Carvalho

    Será que consigo alterar o destino para usbflash0? vou testar!

    0

    0
  1. Blog CloudCampus Networking Academy » Projeto de telefonia IP usando CME + CUE (parte 1)

    […] Express, pelo simples fato de termos roteadores ISR sobrando em nosso escritório. Precisávamos expandir a memória RAM e a FLASH do mesmo, para receber a versão do IOS que planejamos para suportar nosso sistema de […]

    0

    0

Deixe uma resposta