«

»

dez 09 2013

CCIE R&S 5.0 – O que muda?

Na semana passada, a Cisco oficializou as mudanças já previstas em um post publicado aqui, em Outubro, para o exame CCIE R&S. Após MUITOS anos, o exame CCIE vai mudar de número, passando de 350-001 para 400-101. Apesar da alteração numérica, o formato do novo exame escrito é semelhante ao seu antecessor. Vamos às mudanças, portanto, começando pela prova escrita:

O novo exame escrito se apoia em 6 pilares, diferentemente do exame “antigo”, que era mais “espalhado”. Assim, os tópicos cobrados no exame antigo foram reorganizados em um destes 6 pilares. Veja abaixo um comparativo:

ccie5-1.JPG

Um novo pilar, chamado “Network Principles” foi adicionado. Este pilar abrange fundamentos que serão cobrados apenas no exame escrito (note o “0%” na coluna LAB). O pilar “L2 Technologies” foca em comutação LAN e tecnologias L2 WAN. O pilar “L3 Technologies”, por sua vez, é o mais importante do exame (40% nos exames escritos e Lab), e cobre protocolos de roteamento, endereçamento lógico, multicast L3, e outros temas. O pilar “VPN technologies” também é novo, e inclui questões sobre VPN MPLS, DMVPN, Tunelamento IPv6, IPSec, GETVPN (exame escrito, apenas), dentre outros temas. O pilar de “Infrastructure Security” lida com a segurança dos elementos e da rede. Por fim, o pilar “Infrastructure Services” abrange QoS, Otimização de rede, dentre outros tópicos.

A adição de novos tópicos ao exame foi direcionada pela demanda de mercado. A indústria falou, e a Cisco ouviu. Eis os tópicos adicionados ao exame escrito, apenas:

  • Describe basic software architecture differences between IOS and IOS XE 
  • Identify Cisco Express Forwarding Concepts 
  • Explain General Network Challenges 
  • Explain IP, TCP and UDP Operations 
  • Describe Chassis Virtualization and Aggregation Technologies 
  • Explain PIM Snooping 
  • Describe WAN Rate-based Ethernet Circuits 
  • Describe BGP Fast Convergence Features 
  • ISIS (for IPv4 and IPv6) 
  • Describe Basic Layer 2 VPN – Wireline 
  • Describe Basic L2VPN – LAN Services 
  • Describe GET VPN 
  • Describe IPv6 Network Address Translation 

E aqui, os tópicos adicionados a ambos os exames (escrito e LAB) : 

  • Use IOS Troubleshooting Tools 
  • Apply Troubleshooting Methodologies 
  • Interpret Packet Capture 
  • Implement and Troubleshoot Bidirectional Forwarding Detection 
  • Implement EIGRP (multi-address) Named Mode 
  • Implement, Troubleshoot and Optimize EIGRP and OSPF Convergence and Scalability 
  • Implement and Troubleshoot DMVPN (single hub) 
  • Implement and Troubleshoot IPsec with pre-shared key 
  • Implement and Troubleshoot IPv6 First Hop Security

Adicionalmente, eis os tópicos movidos do LAB “antigo” para o exame escrito “novo”:

  • Describe IPv6 Multicast 
  • Describe RIPv6 (RIPng) 
  • Describe IPv6 Tunneling Techniques 
  • Describe Device Security using IOS AAA with TACACS+ and RADIUS 
  • Describe 802.1x 
  • Describe Layer 2 QoS 
  • Identify Performance Routing (PfR)

E os tópicos que foram completamente removidos do exame CCIE (escrito ou LAB) :

  • Flexlink, ISL, Layer 2 Protocol Tunneling 
  • Frame-Relay (LFI, FR Traffic Shaping) 
  • WCCP 
  • IOS Firewall and IPS 
  • RITE, RMON 
  • RGMP 
  • RSVP QoS, WRR/SRR  

Com relação ao formato dos exames, como eu já mencionei acima, o exame escrito – apesar da mudança em seu número – segue dentro do mesmo esquema que já era usado na versão anterior. O que muda são os tópicos – removidos ou adicionados. Não houve mudanças significativas na interface do exame escrito, portanto.

Já o LAB… bom, aí é outra história. Houve mudanças significativas no LAB versão 5.0. A interface de acesso ao LAB é muito semelhante à do exame anterior (4.0) – ou seja, segue sendo via Web. Entretanto, a seção de configuração do LAB, agora, também é feita via elementos virtualizados (como já era a seção TSHOOT do exame 4.0). Ou seja, não há mais “racks”. Todos os elementos – routers e switches – passam a ser virtualizados. Com isso, a Cisco deixa de focar na “caixa”, e passa a focar na tecnologia. Além disso, o uso de elementos virtualizados permite a confecção de cenários muito mais completos (e complexos).

Seções

O LAB segue com as seções independentes de TSHOOT e CONFIG, como já era a versão anterior. Se houver sobra de tempo na seção TSHOOT, este tempo pode ser usado na seção CONFIG (e vice-versa). Temos, também, a seção DIAG, que foca na resolução de tickets (e não incidentes, como na seção TSHOOT). Vejam gráfico abaixo.

temppos.JPG

Resumindo…

Tudo indica que estas mudanças tornarão os exames CCIE R&S mais completos e voltados para o que o mercado, de fato, precisa. Isso tende a valorizar ainda mais a certificação, mas deve deixá-la ainda mais difícil, já que devemos ter cenários mais elaborados e sofisticados. Acredito que podemos aguardar, também, novidades para as outras versões do exame CCIE, como SP, Security, etc.

A versão 4.0 do CCIE R&S pode ser realizada até meados de 2014. Após, somente a nova versão – 5.0.

Abraço

Marco.



Comente usando o Facebook!
0
0

1 comentário

1 menção

  1. silvagudo

    Pessoal, eu estava montando um lab caseiro com 4 Switches: 2 Switches 3750 e 2 switches 3560, 1 servidor dell 2950 com 42GB de memoria com 3 placas de rede quadethernet.
    Significa que eu iria usuar o servidor para simular o GNS3 e os switches para fazer a parte que a prova cobra. A pergunta é: Todo esse investimento que eu fiz em hardware significa que já nao vai valer para a preparação da prova na versao 5 do CCIE?

    0

    0
  1. CCIE 5.0!! Agora é a vez do CCIE sofrer update de leve… | Estude Cisco! CCNA and CCNP Certifications!

    […] CCIE 5.0!! Agora é a vez do CCIE sofrer update de leve… […]

    0

    0

Deixe uma resposta