«

»

out 20 2016

Cisco CDP x LLDP (IEEE 802.1AB)

Muitos de vocês já sabem quais os novos tópicos cobrados no exame CCNA 200-125. Em linha com estas adições, vou escrever uma série de posts cobrindo cada um dos novos tópicos. Vou começar com LLDP (Link Layer Discovery Protocol). Curioso que a Cisco passou a cobrar conhecimentos sobre este protocolo apenas agora, já que este protocolo existe desde 2004, sendo adotado pela maioria dos fabricantes de elementos de rede (incluindo a própria Cisco, claro).

Tanto o LLDP quanto o CDP operam estritamente na camada 2 (enlace) e ambos têm como objetivo o transporte de informações diversas sobre os dispositivos vizinhos (diretamente conectados). O CDP é um protocolo proprietário Cisco, enquanto o LLDP é definido pelo padrão IEEE 802.1AB, podendo ser adotado por qualquer fabricante. E é exatamente o fato de ser aberto que torna o LLDP tão atraente. Em uma rede composta de elementos de múltiplos fabricantes, o CDP é praticamente inútil. Entra em cena, então, o LLDP.

LLDP usa frames Ethernet para transporte das informações entre vizinhos. Os dispositivos adotam um endereço MAC multicast especial (0180:c200:000x, onde “x” pode ser 0, 3 ou E). Diferentemente de frames multicast tradicionais, estes endereços MAC multicast não são propagados pelos switches, ficando restritos apenas aos elementos diretamente conectados.

Uma das vantagens do CDP sobre o LLDP é que o CDP opera também sobre outros tipos de enlaces (como serial), e não apenas Ethernet. Por outro lado, LLDP oferece uma flexibilidade maior em termos da quantidade de informações que podem ser transportadas. LLDP usa o formato TLV (Type, Lenght, Value) para codificar as informações transportadas e suporta a incorporação de TLVs customizadas (type 127). Adicionalmente, LLDP disponibiliza uma extensão chamada MED (Media Endpoint Discovery) que permite a coleta de informações adicionais como VLAN, L2 priority, configurações de QoS (Diffserv), device location discovery (muito útil em sistemas que usam informações de presença, como telefonia e messaging) e gerenciamento de inventário (transporte de informações como fabricante, versões de SW e HW, serial number e outras).

Bom, chega de teoria. Vamos à prática…! Como configurar LLDP em um elemento Cisco?

Antes de mais nada, saiba que LLDP não se encontra ativado por default (CDP, por sua vez, sim). Precisamos ativar o LLDP em todos os elementos que dependerão deste protocolo para a coleta e envio de informações:

R1(config)#lldp run
R1(config)#

A segunda etapa é definir quais informações serão encaminhadas para o vizinho. Se nada for especificado, LLDP passará aos vizinhos basicamente as mesmas informações que o CDP passaria. Eis as opções:

R1(config)#lldp tlv-select ?
mac-phy-cfg IEEE 802.3 MAC/Phy Configuration/status TLV
management-address Management Address TLV
port-description Port Description TLV
port-vlan Port VLAN ID TLV
power-management IEEE 802.3 DTE Power via MDI TLV
system-capabilities System Capabilities TLV
system-description System Description TLV
system-name System Name TLV

Por fim, se desejar restringir o tráfego LLDP em certas interfaces, isso pode ser feito da seguinte forma:

R1(config-if)#lldp ?
receive Enable LLDP reception on interface
tlv-select Selection of LLDP TLVs to send
transmit Enable LLDP transmission on interface

Basta adicionar o “no” para desabilitar o envio ou o recebimento (ou ambos) de LLDP na interface selecionada:

R1(config-if)#no lldp transmit
R1(config-if)#no lldp receive

Ou ainda restringir o envio à TLVs específicas:

R1(config-if)#lldp tlv-select ?
power-management IEEE 802.3 DTE Power via MDI TLV

Uma vez que tudo esteja configurado, vamos colocar o protocolo à prova. Eis a “cara” dele funcionando:

SW1#sh lldp nei
Capability codes:
(R) Router, (B) Bridge, (T) Telephone, (C) DOCSIS Cable Device
(W) WLAN Access Point, (P) Repeater, (S) Station, (O) Other

Device ID Local Intf Hold-time Capability Port ID
R1 Et0/0 120 R Et0/0

Total entries displayed: 1

Ou use o modo “detail” (sim, como no CDP)

SW1#sh lldp nei detail
------------------------------------------------
Chassis id: aabb.cc00.0100
Port id: Et0/0
Port Description: Ethernet0/0
System Name: R1

System Description:
Cisco IOS Software, Linux Software (I86BI_LINUX-ADVENTERPRISEK9-M), Version 15.4(1)T, DEVELOPMENT TEST SOFTWAR E
Technical Support: http://www.cisco.com/techsupport
Copyright (c) 1986-2013 by Cisco Systems, Inc.
Compiled Sat 23-Nov-13 03:28 by prod_rel_tea

Time remaining: 114 seconds
System Capabilities: B,R
Enabled Capabilities: R
Management Addresses - not advertised
Auto Negotiation - not supported
Physical media capabilities - not advertised
Media Attachment Unit type - not advertised
Vlan ID: - not advertised
Total entries displayed: 1

É isso, espero que tenham gostado. O próximo post é sobre Single-homed BGP 🙂

Marco



Comente usando o Facebook!
1
0

2 comentários

  1. FabinhoCCNA

    Mestre, no quadro ethernet é adicionado um campo a mais com esse protocolo no MTU ?
    Qual a vantagem de usar esse tipo de configuração em uma rede média ou grande ?

    0

    0
    1. Marco Filippetti

      Sim, é adicionado o campo o quadro Ethernet (ver figura).

      LLDP

      Não é questão de vantagem, mas de necessidade. LLDP pode ser usado como suporte à gerencia da rede, ou mesmo para prover elementos de configuração para Access-points ou mesmo telefones IP.

      0

      0

Deixe uma resposta