«

»

mar 08 2018

Sabia que é possível rodar Kali Linux (ou Ubuntu ou SUSE) direto do Windows 10?

Isso mesmo! Bom, sei que alguns de vocês já sabiam do Ubuntu há um tempo, mas Kali é a novidade aqui. A Microsoft, quando lançou o Windows 10, anunciou uma parceria com a Canonical (mantenedora do Ubuntu Linux) e disponibilizou uma interface chamada WSL (Windows Subsystem Linux). Por meio dela, é possível instalar nativamente alguns “sabores” do Linux dentro do Windows, diretamente do Windows App Store. E não se trata de dual-boot ou virtualização, mas de execução do código nativamente dentro do Windows 10. Seria como um “Linux PowerShell” se preferir.

O legal é que disponibiliza a flexibilidade do Linux dentro de um ambiente Windows. Você pode criar bash scripts, acessar seus diretórios Windows via Linux bash, ou mesmo criar um ambiente de testes rodando diversas aplicações servidoras como Web Servers, elementos de virtualização como containers, trabalhar com automação usando Ansible, etc.

Até 3 dias atrás, apenas Ubuntu e SuSe era suportados. Agora, Kali Linux também passou a ser, colocando dentro do seu Windows um toolkit completo para pentesting, hacking e análise de rede e protocolos. Um prato cheio para quem gosta e não quer virtualizar ou criar um dual-boot em seu PC.

Para saber como fazer, basta seguir os passos detalhados no site do Kali Linux. O vídeo abaixo também ajuda!

PS: Lógico que vão aparecer aqui alguns pichando o Windows e a Microsoft e alegando que todo mundo deveria rodar Linux nativamente, etc. O objetivo do post não é fomentar este tipo de discussão, mas apenas informar que existem possibilidades interessantes, mesmo dentro de um sistema fechado como o Windows.

 

Installing Kali Linux over WSL from the Windows App Store from Offensive Security on Vimeo.

Enjoy!

Marco



Comente usando o Facebook!
2
0

Deixe uma resposta