«

»

maio 21 2018

Renovação das Certificações CCIE e CCDE tem novas regras.

Renovação das Certificações CCIE e CCDE tem novas regras.

Seguindo a tendência das grandes organizações de credenciamento profissional como ISACA, (ISC)2, dentre outras, que alteraram de forma substancial seus programas de certificações, adicionando novas formas de aquisições de conhecimentos para as provas, adotando o Programa de Educação Continuada, assim como na maneira de avaliação – como o CAT da (ISC)2, a Cisco – desde de julho/2017 – estabeleceu novas regras para a trilha de Certificação CCIE.

Nestas novas regras a Cisco oferece uma alternativa para recertificação dos CCIE’s e adota, como as grandes organizações credenciadoras – mencionadas acima – O Cisco Continuing Education Program (Programa de Educação Continuada Cisco) e consequentemente o Programa de Avaliação Continuada.

Motivação para a nova alternativa de recertificação

Durante o período entre a certificação e recertificação que variavam de 2 a 5 anos (vide Tabela 1), muitas tecnologias de redes e Telecom surgem, são abandonadas ou consolidadas e adotadas pela grande indústria. Como saber se um profissional certificado pela Cisco tem as habilidades e competências que as organizações clamam? Por exemplo, na última versão escrita para o CCIE, a Cisco adicionou uma seção de tecnologias em evolução onde contemplava tópicos como: Cloud Computing, Network Programmability, IoT Internet of Things, contudo a forma como foram abordados na prova não refletiam uma realidade da necessidade do mercado.

Tabela 1: Cronogramas de renovação de recertificação

Certificação Duração
Nível de entrada, nível de associado e nível profissional 3 anos
Certificações de nível de especialista 2 anos
Certificações especialista 2 anos
Arquiteto certificado da Cisco 5 anos

Assim, essas nova regras têm como principais objetivos examinar e recertificar os CCIE’s na certeza que este profissional, não só faz jus à credencial, como também tem as habilidades e competências para operar em um nível mais alto da tecnologia e trabalhar em projetos complexos de redes convergentes.

Mas o que mudou neste novo formato?

No formato original todo CCIE ou CCDE que queria e/ou precisasse se recertificar tinha que se debruçar sobre os Cert Guides, não importando se os assuntos, conceitos e tecnologias cobertos naqueles Guides estavam ou não obsoletos. Enfim era repetir todo o ciclo de aprendizagem por recorrência. Além disso, no antigo formato existia, ainda, a possibilidade da chamada de fraude e abuso do sistema, isto é, os braindumps.

Já o novo sistema – Programa de Educação Continuada – PEC – garante que os detentores de certificações estejam atualizados com as tendências da tecnologia; Força os indivíduos certificados a acompanhar os novos avanços e estar no topo da cadeia tecnológica; Recompensa aqueles que gastam tempo pesquisando e aprendendo; Fornece um método para garantir que uma grande porcentagem dos membros CCIE/CCDE seja capaz de entender as tendências futuras da tecnologia de redes e Telecom e adotar e implantar rapidamente novos produtos e tecnologias em evolução. O sistema é baseado em créditos, onde o candidato à recertificação tem três opções para conquista destes créditos.

O PEC baseia-se em três princípios fundamentais: Flexibilidade, Diversidade e Integridade.

A flexibilidade: é alcançada oferecendo aos CCIE’s/CCDE’s uma opção alternativa de recertificação, além da opção já existente de recertificação: o exame escrito.

A diversidade: é alcançada ao permitir aos CCIE´s/CCDE’s uma ampla variedade de itens pré-aprovados, como: cursos on-line, treinamento orientado por instrutor, autoria de conteúdo e ofertas de treinamento da Cisco Live (coletivamente chamados de “Itens de Educação Continuada”), que podem ser utilizados para obter créditos para a recertificação.

Integridade: é conseguida com os provedores de conteúdo autorizados da Cisco / parceiros de treinamento, que entregam o conteúdo para o CCIE/CCDE que está buscando a recertificação, validando os créditos enviados por esse indivíduo.

Como funciona sistema de créditos?

O CCIE/CCDE que busca a certificação deverá acumular 100 créditos que poderão ser obtidos com as seguintes estratégias de aprendizagem:

  • Treinamentos fornecidos pela Cisco Live. O CCIE/CCDE poderá se inscrever em quantos treinamentos quiser, contudo o número de créditos que poderá utilizar na recertificação está limitado a no máximo 70 créditos. No portal do Programa de Educação Continuada Cisco o CCIE/CCDE encontrará uma matriz com orientação para obtenção dos créditos;
  • Treinamentos on-line ou presencial (conduzido por instrutores) em centros autorizados Cisco. Nesta estratégia o CCIE/CCDE, também poderá fazer quantos cursos quiser, sem limite de créditos, contudo deverá ter em mente que são necessários apenas 100 créditos para a recertificação.
  • Autoria de conteúdo, máximo de 20 créditos

Validade dos créditos

Créditos, uma vez conquistados, serão válidos por três anos a partir da data em que foram obtidos, desde que não atendam a nenhum dos critérios descritos abaixo:

Créditos expiram se um novo ciclo de recertificação começar, seja passando em um exame ou recertificando alguma outra credencial.

Os créditos expirarão se a certificação CCIE/CCDE se tornar inativa antes de completar os requisitos da Educação Continuada.

Créditos conquistados por um determinado curso só podem ser contados uma vez dentro do ciclo de recertificação. A repetição de um mesmo curso não contará para créditos de recertificação.

Créditos, uma vez usados, não podem ser reutilizados para nenhuma outra faixa ou nível de certificação.

Créditos devem ser usados (1) antes de expirarem, ou (2) durante o ciclo de certificação em que foram conquistados, o que ocorrer primeiro;

Créditos excedentes no processo de uma recertificação não serão considerados como saldo em uma próxima validação da recertificação.

Elegibilidade

O Programa de Educação Continuada estará disponível apenas para candidatos com certificações de nível Especialista com status Ativo ou Suspenso;

Desde o início de junho de 2017, qualquer detentor de certificação nível especialista poderá escolher na lista de ofertas pré-aprovadas do programa de educação continuada para obter créditos para a recertificação. Cursos concluídos antes de 6 de junho de 2017 não são elegíveis.

Atualmente, o programa não está disponível para candidatos com certificações de nível profissional e de associados.

Compreender o período de recertificação para a educação continuada

Além dos critérios de elegibilidade indicados acima, os candidatos devem estar dentro do prazo de recertificação apropriado para conquistar créditos. O período de recertificação depende de quando a certificação de um candidato está programada para expirar. Abaixo estão alguns casos de uso para explicar este prazo:

Nota: os créditos são elegíveis apenas para itens concluídos após 6 de junho de 2017.

Tabela 2: Períodos de Recertificação.

Caso de uso Status de certificação Prazo de recertificação
Sua certificação está programada para expirar em 1º de janeiro de 2020 Ativo Sua certificação tem atualmente o status “Ativo” e seu período de recertificação é de 1º de janeiro de 2018 a 1º de janeiro de 2020.

A partir de 1º de janeiro de 2018, você poderá ir em busca de seus créditos para recertificação.

Observação: os créditos de Educação Continuada acumulados antes de 1º de janeiro de 2018 serão considerados inválidos e serão classificados como vencidos porque os créditos conquistados não estão dentro do período de recertificação.

Sua certificação expirou em 1º de dezembro de 2016 Suspensa Em 1º de dezembro de 2016, sua certificação foi convertida para o status “Suspensa” por um ano devido a requisitos de recertificação não concluídos até a data de expiração.

Mesmo enquanto estiver no status “Suspensa”, você poderá conquistar os créditos necessários para recertificação por meio do Programa de Educação Continuada.

Nesse caso, você tem até 30 de novembro de 2017 para concluir os requisitos de recertificação antes que seu status entre em “Inativo”.

Sua certificação está programada para expirar em 1º de janeiro de 2018 Ativo Você está atualmente em status Ativo e seu período de recertificação é de 1º de janeiro de 2016 a 1º de janeiro de 2018.

Desde 6 de junho de 2017, você poderá conquistar créditos por meio do Programa de Educação Continuada e precisará concluir os requisitos de recertificação até 1º de janeiro de 2019, antes que seu status se torne “Inativo”.

Sua certificação está programada para expirar em 1º de janeiro de 2018 e você recertificou ao passar por um exame escrito em 1º de janeiro de 2017 Ativo Você está atualmente em status Ativo e seu período de recertificação é de 1º de janeiro de 2016 a 1º de janeiro de 2018.

Você concluiu os requisitos de recertificação passando em um exame escrito em 1º de janeiro de 2017, que estenderá automaticamente sua nova data de expiração para 1º de janeiro de 2020.

A partir de 2 de janeiro de 2018, você poderá iniciar a conquista de créditos por meio do Programa Educação Continuada para estender sua data de certificação por dois anos.

Nota: Quaisquer créditos do Programa de Educação Continuada acumulados antes de 1º de janeiro de 2018 serão considerados inválidos e serão marcados como vencidos porque os créditos obtidos não estão na janela de recertificação.

Requisitos para recertificação

Para recertificação por meio do Programa de Educação Continuada, as três etapas a seguir devem ser concluídas antes da expiração da certificação atual:

  • Concordar com os Termos e Condições associados ao Programa de Educação Continuada como parte do processo de inscrição
  • Conquistar os 100 créditos exigidos ao preencher qualquer uma das ofertas de Educação Continuada pré-aprovadas
  • Pagar a taxa administrativa de Educação Continuada no valor de USD 300

Qualificação de ofertas de educação continuada

Para ver o catálogo completo das ofertas de Educação Continuada que foram aprovadas pelo Conselho Consultivo de Educação Contínua da Cisco acesse o portal do Programa de Educação Continuada. Para obter uma amostra de cursos pré-aprovados, consulte o Catálogo de programas de educação continuada da Cisco. Os candidatos podem escolher quaisquer das ofertas listadas no catálogo e obter créditos para a conclusão da recertificação.

O Conselho Consultivo de Educação Contínua da Cisco analisa o catálogo de ofertas trimestralmente e atualiza-o conforme necessário. A Cisco recomenda aos candidatos periodicamente revisar o catálogo para quaisquer atualizações.

Conclusão.

Embora, implementado há pouco mais de 10 meses o novo programa tem causado muita polemica.

Alguns elogiaram a Cisco por entenderem que o novo programa agrega mais qualidade e credibilidade a certificação CCEI/CCDE, atendendo as necessidades da indústria. Outros, por sua vez, favoráveis ao formato antigo argumentam que a nova maneira de recertificação onera financeiramente o CCIE/CCDE. Segundo eles, no antigo programa, pagavam USD 450 para inscrição no exame e cerca de USD 500 para material de estudo. Hoje paga-se USD 300 para inscrição no programa, outros USD 3000 da participação no evento Cisco LIVE para obtenção dos 70 créditos, com acréscimo de USD 4,600 a USD 5,000 para a participação nos cursos on-line e/ou conduzidos por instrutores.

Não tomando partido deste ou daquele grupo de CCIE’s/CCDE’s, o fato é que estratégias de educação continuada, seja ela proposta por uma entidade credenciadora ou pela consciência de determinadas classes profissionais, são sempre bem-vindas.

Programas de certificações profissionais devem sempre síncronos com as inovações tecnológicas e atender de forma assertiva as necessidades da indústria.

Até o próximo post.

2
0

3 comentários

  1. William

    Olá.

    Dois pontos não ficaram muito claros para mim:

    1- “A flexibilidade: é alcançada oferecendo aos CCIE’s/CCDE’s uma opção alternativa de recertificação, além da opção já existente de recertificação: o exame escrito.” Esta frase significa que o método antigo de recertificação (exame escrito) continua valendo? Ou seja, pode-se escolher como recertificar?

    2- “Sua certificação está programada para expirar em 1º de janeiro de 2018 e você recertificou ao passar por um exame escrito em 1º de janeiro de 2017” Porque apenas a partir de 1º de janeiro de 2017 é que se pode obter créditos válidos? Não seria a partir de junho de 2017?

    Obrigado.
    William Pereira

    0

    0
    1. William

      Corrigindo a data da segunda questão do comentário anterior…

      Olá.

      Dois pontos não ficaram muito claros para mim:

      1- “A flexibilidade: é alcançada oferecendo aos CCIE’s/CCDE’s uma opção alternativa de recertificação, além da opção já existente de recertificação: o exame escrito.” Esta frase significa que o método antigo de recertificação (exame escrito) continua valendo? Ou seja, pode-se escolher como recertificar?

      2- “Sua certificação está programada para expirar em 1º de janeiro de 2018 e você recertificou ao passar por um exame escrito em 1º de janeiro de 2017” Porque apenas a partir de 2 de janeiro de 2018 é que se pode obter créditos válidos? Não seria a partir de junho de 2017?

      Obrigado.
      William Pereira

      0

      0
      1. cloudcampus

        Oi William, vamos às respostas:
        1) Se você optar por fazer o exame no idioma português, nada muda. O novo formato, por enquanto, só está disponível para a língua inglesa.
        2) Se você olhar a coluna ao lado, você compreenderá o sentido completo da frase.

        0

        0

Deixe uma resposta