↑ Retornar para Geral

Brainstorm de temas para TCC/Monografia/Artigos/Etc.

Home Fórum Geral Brainstorm de temas para TCC/Monografia/Artigos/Etc.

Este tópico contém 49 respostas, possui 20 vozes e foi atualizado pela última vez por  vcaixeta 7 anos, 6 meses atrás.

Visualizando 25 posts - 26 até 50 (de 50 do total)
  • Autor
    Posts
  • #59959

    Edson
    Participante

    Fala aeh galera! Estou a cafa dia gostando mais dessa loucura de telecomunicações… =P

    Também acredito que IPv6 seja um excelente tema;

    Terminei o técnico em Redes e fiquei bem confuso sobre qual faculdade começar, tecnologo em Redes, Ciencias da Computação, etc, etc.

    Acabei conseguindo uma bolsa para Eng° Eletrica – enfase em Telecom e abracei, ainda estou no primeiro ano, mas mesmo antes de começar fiquei bastante curioso sobre o que fazer, que tema abordar, desde quando vi o comentário do Bentow (Mauricio), faz tempo, rsrs…

    Há alguns meses atrás vi uma reportagem sobre o Jedi Vint Cerf na Info, falando sobre a carreira dele no Google e sobre a aulas da faculdade em parceria com a Nasa e pensei: – (Kct!) que monstro é esse?

    Na reportagem falava sobre as dificuldades de um projeto de telecomunicações para operações de longa distância, como satélites e outros objetos em órbita, onde ele está trabalhando em uma pesquisa sobre meios de comunicação "inter-espaciais" (se é que essa palavra existe), enfim, ta aí um negócio de outro mundo que me deixou bastante curioso.

    Boa sorte na empreitada.

    0

    0
    #59960

    Anônimo

    Edson,

    se tu passar por calculo 1, 2, 3, 4, depois os numericos, depois geometricos dos infernos,
    ai sim, voce pode comecar a pensar em TCC. rs

    Um conselho: engenharia quando nao mata, deixa sequelas…

    Faça psicologia !!! la tem varias gatas… na engenharia, so tem machadão. 😉

    abs,

    A.

    0

    0
    #59961

    Fagner Jesus
    Participante

    Um outro tópico que poderia ser interessante, seria a questão de mobilidade, o conceito de NGN, enfim, serviços…

    Mas se esquentar muito a cabeça, faz um sistema de uma locadora e seja feliz!! 😀

    Melhor ainda alvaro, o Edson poderia fazer enfermagem… melhor do que psicologia… 😉

    0

    0
    #59962

    Fernando Avelino
    Participante

    IPV6 é um tema em evidência mas para trabalhos acadêmicos já é um tema bem explorado ha muitos anos em TCC

    0

    0
    #59963

    Edson
    Participante

    Fala galera! Eu quase comecei a fazer moda, rsrsrs

    Realmente na faculdade o que tá pegando é Cálculo e Algebra, e eu que achava OSPF chato, rsrsrs

    Como o fagnerjesus comentou, Redes de Proxima Geração realmente são um assunto bacana, a quantidade de conexões e o volume de informações acessadas através de dispositivos móveis tem aumentado absurdamente, ta aí um nicho bacana, no Brasil as operadoras tem muitas linhas, mas pouco consumo em serviços, é nisso que elas estão de olho agora…

    0

    0
    #59964

    rgrsilva
    Participante

    Green technologies.

    [ ]’s

    0

    0
    #59965

    Alisson Carvalho
    Participante

    Que tal um comparativo de IP SLA com track e HSRP ou VRRP? Algo sobre contingência dinâmica.

    0

    0
    #59966

    Fernando Avelino
    Participante

    IPSLA, HSRP são legais mas não é muito bem visto por algumas faculdades ter como foco do trabalho tecnologias proprietárias.

    Se for pra usar proprietária, recomento o VSS da Cisco abs.

    0

    0
    #59967

    Anônimo

    Alisson,

    Da uma olhada no texto abaixo:

    “This prestigious credential recognizes the architectural expertise of network designers who can support the increasingly complex networks of global organizations and effectively translate business strategies into evolutionary technical strategies.”

    O texto em ingles, veio, do site da cisco, sobre o CCA… ou seja, isso mostra a necessidade do negócio em ter um profissional que não so seja versado e mestre tecnicamente, mas que saiba entender as necessidades do negócio e traduzi-las no suporte/apoio ao crescimento de redes em organizações globais.

    Com isso em mente, voce reduz em 80% o foco em qual tecnologia vai utilizar e começa a pensar, como essa tecnologia pode fazer para suportar o crescimento do business ou alavancar novas oportunidades de negócio.

    O objetivo é menos robo e mais talento/criatividade humana.

    Boa sorte,

    abs,

    A.

    0

    0
    #59968

    gustavofranco
    Participante

    Eu fiz minha monografia na pós sobre voip uma abordagem geral, eu ia fazer sobre QOS e coisas mais especificas mas no final não da certo por que você fazer um tcc inteiro em cima de QOS PARA VOIP da para ser feito sim mas fica bem dificil pela falta de informação e também sua pesquisa vai ter que ser bem mais a fundo, então deixei VOIP QOS para o mestrado e fiz VOIP UMA ABORDAGEM GERAL, pois dai eu pude falar de protocolos, topologias , equipamentos entre outros.

    Se fosse HOJE meu mestrado eu escolheria um tema TIPOS DE VIRTUALIZAÇÕES E SEUS DIFERENCIAIS, acho que a moda agora é IPV6 E VIRTUALIZAÇÃO EM NUVEM.

    Temas interessantes:

    IPV6 POR QUE UTILIZAR
    MIGRAÇÃO DO IPV4 PARA IPV6
    VIRTUALIZAÇÃO
    BENEFICIOS E MALEFICIOS DA VIRTUALIZAÇÃO UTILIZANDO (VMWARE)

    0

    0
    #59969

    Alisson Carvalho
    Participante

    Fernando,

    A questão que mais impactou foi justamente falar de algo proprietário, mas ainda estou conversando com meu orientador para ver direitinho se falo ou não sobre protocolos proprietários.

    alvaro,

    A minha intenção é trazer cases com a importância de caminhos redundantes, e mostrar que é possível fazer isso com os 2 links em produção, ou com 1 link só em produção e o outro em stand-by. Meu interesse é mostrar o quão importante é ter um caminho redundante, pois uma parada pode ocasionar um valor x para aquela determinada empresa.

    0

    0
    #59970

    roboxtz
    Participante

    Elaborarei um trabalho daqui á uns tempos sobre WAN Acceleration,haja pesquisa,alguma recomendação além dos livros da Cisco (esses concerteza vou ler)?

    0

    0
    #59971

    Alisson Carvalho
    Participante

    gustavo,

    Já tem pessoas que vão falar de virtualização e IPv6. Pensei em fazer ipv4 com QoS e ipv6 com QoS, mas seria muito desafiador fazer um comparativo, digamos assim.

    0

    0
    #59972

    gustavofranco
    Participante

    Recentemente a cerca de 1ano comecei me interessar por security, é um território hostil porém com muita gente inteligente, derrepente você se anima e acha um tema nesse segmento que é meio “abandonado” todo mundo fala de segurança mas a prática não é muito implementada hoje temos pouquissimos ESPECIALISTAS em segurança de rede eu pessoalmente só conhecio 3 ou 4 que conheci em grupos de PEN TEST.

    1 grupo de profissionais bem interessados em exploit/security -> https://groups.google.com/group/exploits-brasil faça o cadastro e receba nossos e-mails.


    Segue sites de referência em segurança/ataques
    http://www.wowebook.com/security

    Linuxsecurity.org

    http://www.elearnsecurity.com/course/penetration_testing/preview/player.html

    http://www.hackthissite.org/
    http://securityoverride.com/
    http://www.hellboundhackers.org/
    http://www.intruded.net/
    http://hackquest.de/
    http://www.mod-x.co.uk/main.php
    http://www.hackerhighschool.org/
    http://maycon.hacknroll.com/?p=challenges
    http://www.smashthestack.org

    0

    0
    #59973

    Anônimo

    Alisson,

    Vou fazer meu comentário, mas longe de mim querer substituir ou bater de frente com a opinião do seu orientador, ele é o seu ponto focal de orientacao.
    Por favor, nao entenda meus comentários de forma rude.

    Vamos la:

    “A minha intenção é trazer cases com a importância de caminhos redundantes, e mostrar que é possível fazer isso com os 2 links em produção, ou com 1 link só em produção e o outro em stand-by.”

    Você em menos de 2 linhas esgotou o assunto. Para o cliente não importa como, ele quer sempre ter a disponibilidade em acordo com o Acordo de nivel de serviço (SLA) que foi vendido,
    para a empresa prestadora desse serviço PODE SER que em algum momento a tecnica para fazer isso possa importar, mas de maneira geral, nao importa, desde que a disponibilidade de serviço vendida
    esteja na meta. (ponto).

    O TCC não é um tutorial de implementação da tecnologia X,Y ou Z, ele é um “DESIGN” e um profundo plano do que voce pretende alcançar. Se voce me disser que vai escrever sobre “Alta disponibilidade através do uso de tecnologias converngentes” eu vou concordar contigo que voce está no caminho certo, pois você não irá se apronfundar no protocolo, você falará de quais tecnicas podem ser uteis para esse fim.

    Vou te dar um exemplo: Na empresa anterior que eu trabalhava eu tive que desenvolver um plano de negócio e tecnico para implementação de uma rede com alta disponibilidade e isso passava em termos gerais pelos topicos abaixo:

    1) Identificação dos pontos de falhas primarios, secundários, terciarios e quartenários (abaixo explico a grosso modo cada um).

    A- Primario: entendia-se por desastres naturais, disturbio civil, guerra, incendio, ataque terrorista, ordem judicial, blackout ou qualquer coisa que viesse a fisicamente lacrar/inabilitar a planta da empresa.
    B- Secundário: Aqueles que estão relacionados diretamente com os dispositivos que fazem rede funcionar. (switches, routers, IDS, load balancers, backup silos, central telefonica, etc).
    C- Terciário: Aqueles servidores que provem os serviços para que a empresa possa funcionar. (ex.: SAP, JDE, ACTIVE DIRECTORY, Telefones IPs, etc)
    D- Quartenário: Desktops, notebooks, maquina de xerox, impressoras, por exemplo.

    2) Desenvolvimento de uma rede em contigencia ou em parceiro para suprir a demanda em algum caso relacionado no ponto “A” e a partir disso montar um plano para atende-los de acordo com o que foi impactado e será necessário. (ex.: troncos de telefonia foram cortados por ação de roubo na rua, resultado: Sem acesso a telefonia convencional, Possiveis soluções a serem implementadas (contrato com uma empresa de telefonia celular com colocação de uma ERB proxima ao site, contato com a empresa de telefonia convencial para redirecionamento de todas as linhas para um numero de celular X, com divisão de blocos para atender as areas criticas).

    3) O que pode ser feito tecnicamente e o que será necessário para suprir a falta de um dos dispositivos de B) ? (ex: spares devices, contrato com um canal-cisco em caso de falha, para em X horas fazer a troca de equipamentos.)

    4) O que eu preciso ter nos servidores para que tecnologias de redundancia possam ser implementadas (quad nic, dual nic, dual power, etc).

    5) Similar ao 3).

    6) contratos com fornecedores e clientes com niveis de servico e etc

    Enfim, isso é so um overview de uma solução que passa desde a tecnologia (MPLS, hsrp, vrrp, ipmp, todos os acronimos), Juridico com os contratos com parceiros, fornecedores e afins, midia, treinamento de um time para atendimento em qualquer um dos casos (A-D), até a criação de um war/crisis room para gerenciamento do problema (comando central).

    Voce deve estar se perguntando, o que eu tenho com o juridico e com a midia. Voce enquanto solucionador e o mais capacitado tecnologicamente falando, é a pessoa que vai suportar esses 2 times na elaboração do contratos (advogado so sabe lei, nao sabe como funciona tecnologia e o contrato é um acordo entre partes, onde ambos tem direitos e deveres), mensagem nas midias existente para acalmbar clientes e acionistas (voce tera q explicar de forma compreensivel, para que alguem da comunicacao corporativa informe ao board de acionistas que acoes foram tomadas para restabelecimento da normalidade.
    (empresa hoje em dia, é dinheiro… e uma instabilidade qualquer, pode acarretar em fuga de capital).

    Bem é isso, ja me alonguei muito e não quero cansar o povo aqui.

    Edit: A itenção do meu post é mostrar que a tecnologia é o que menos importa… a definição de um plano é o que há.

    Boa sorte no TCC e espero que meus comentários sirvam para expandir sua visão e/ou trazer algo para sua tese.

    Abraços,

    A.

    0

    0
    #59974

    Alisson Carvalho
    Participante

    Alvaro,

    Bem interessante o teu post. A questão toda é que sempre que surge a necessidade de se fazer um TCC a primeira ideia que vem na cabeça é de um comparativo. E isso que quero tirar da minha cabeça. Eu não quero ir a fundo como que tal tecnologia funciona, mas quero mostrar que existem várias formas de se possibilitar uma contingência de forma eficiente. Como você próprio disse, o cliente não quer saber como que se faz, ele quer é que funcione, pouco importa se é com IP SLA, HSRP, VRRP, etc.

    De qualquer forma muito obrigado alvaro. Espero colher bons frutos das suas palavras.

    0

    0
    #59975

    Anônimo

    Alisson,

    Eu sei o quanto um TCC gera ansiedade e tambem imagino como a sua cabeça deve estar com 1001 ideias sobre isso.

    Toma uma cerva, relaxa e keep it simple (mantenha isso simples). quanto mais simples, mais profundamente voce irá
    atingir seu objetivo.

    Uma coisa que notei: “existem várias formas de se possibilitar uma contingência de forma eficiente”, mas não no ambito
    que voce quer implementar com VRRP, HSRP etc… e era isso que eu tentava mostra no meu ultimo post, as vezes por mais
    que voce tenha tudo isso implementado, alguma das situações que eu descrevi em A podem acontecer… na verdade, isso
    é o que mais ocorre.

    Em tres anos aqui, eu ja vi de tudo um pouco relacionado a isso… menos guerra e ataque terrorista… mas disturbio civil…
    nossa… ja se tornou padrão…

    No brasil é mais tranquilo no sudeste, mas ainda assim, voce pode esbarrar num corte de fibra otica por uma retroescavadeira
    ou roubo de cabos, blackout… onde nenhuma dessas tecnologias irão te salvar. (nesse ponto que o buraco fica mais fundo).

    abracos,

    A.

    0

    0
    #59976

    Alisson Carvalho
    Participante

    Alvaro,

    Verdade cara, essa contingência de forma eficiente quis falar no âmbito empresarial, onde eu tenho 2 links de operadoras distintas, algo nessa ideia. Entretanto concordo com você plenamente, sem dúvida o que mais deve ocorrer são os problemas que você acabou de citar.

    Mas outra vez, foi valioso o seu comentário. Com certeza me ajudou muito!

    Onde você reside?

    Grande abraço.

    0

    0
    #59977

    Anônimo

    Alisson,

    coisas pra pensar: quais sao essas operadoras ? essas operadoras tem saida direta internacional no ceará ou utilizam alguma empresa que o tenha ? se utilizar estrutura de saida internacional terceirazada, voce se tiver problema (por exemplo de roteamento) voce será afetado.

    Ter 2 links de operadoras diferentes, qual o custo adicional que isso significa ? vou precisar rodar bgp ? se sim, quanto em equipamento vou ter q investir ? e o retorno do meu investimento ?

    As vezes tem 2 links para a mesma operadora, através de diferentes lastmile (ex.: 1 pela fibra da pegasus, outro pela fibra da telmex) facilita. Na verdade, voce precisa checar o trajeto de ambas,
    porque se vierem pelo mesmo caminho, voce pode vir a ser impactado por um dos problemas que eu mencionei no outro post.

    Outra coisa: Custo… redundancia, sla, etc, tudo é relacionado a custo. voce paga x por Y… se quiser Z, paga M.

    Eu sou do Paraguay.

    abs,

    A.

    0

    0
    #59978

    Fernando Avelino
    Participante

    Alisson,

     

    Eu sei bem como é, meu TCC é sobre 2 protocolos proprietários ( Microsoft RDP e Citrix ICA), mas meu trabalho é sobre aplicações sob demanda, nesse mercado não existem protocolos "abertos" que funcionem de forma satisfatória, sendo esses dois os que dominam o mercado, os protocolos abertos, como o VNC tem performance infinitamente inferior.

    No caso do HSRP existem muitas alternativas "open". Mas cada faculdade tem sua própria regra, veja com seu orientador

     

    Abs!

    0

    0
    #59979

    carcara
    Participante

    Ja fiz uma vez sobre Segurança em cima do protocolo SIP… até que foi legal…
    fica ai a idéia,
    inté

    0

    0
    #59980

    Alisson Carvalho
    Participante

    Alvaro,

    Você frisou um ponto importante e é aí onde eu estava querendo chegar falando de links distintos: “Na verdade, voce precisa checar o trajeto de ambas, porque se vierem pelo mesmo caminho, voce pode vir a ser impactado por um dos problemas que eu mencionei no outro post.”

    Fernando,

    O maior impasse que estou encontrado é justamente da questão proprietária. Os professores queriam que eu fizesse algo no linux (IPMP, por exemplo) e algo com cisco (VRRP, HSRP). Preciso amadurecer minha ideia e falar para eles, vou fazer isso! E esperar um retorno positivo deles, porque quanto mais eu converso mais coisas surgem, então é melhor por em prática logo!

    Obrigado mais uma vez a todos.

    0

    0
    #59981

    zekkerj
    Participante

    VRRP não é proprietário… inclusive há implantação pra Linux.

    0

    0

    -----------------------------------------------------------------------------
    Receba Johrei e purifique seu Espírito.
    http://www.messianica.org.br/o-johrei.jsp

    #59982

    Cledir Justo
    Participante

    Boa tarde pessoal, me desculpe reviver esse tópico, mas precisava de alguns palpites sobre temas legais de TCC, falta exatamente 1 ano para eu terminar a faculdade e quero iniciar logo. Inicialmente tenho 2 temas:

    Técnicas de Transição de ipv6: Iria descrever todas e mostrar qual melhor cenário para utilizar cada uma.

    Nginx vs Apache: fazer um comparativo de velocidade entre os 2, ataques DDoS e por ai vai.

    Alguém tem algo a adicionar? ^^ flws

    0

    0
    #59983

    vcaixeta
    Participante

    nginx x apache é legal em! Principalmente pq o nginx vem crescendo cada vez mais e o desempenho é muito superior ao do Apache (Dizem..)

    0

    0
Visualizando 25 posts - 26 até 50 (de 50 do total)

Você deve fazer login para responder a este tópico.