↑ Retornar para Cisco

Rotas Flutuantes

Home Fórum Cisco Rotas Flutuantes

Este tópico contém respostas, possui 9 vozes e foi atualizado pela última vez por  Edson 3 anos, 4 meses atrás.

Visualizando 19 posts - 1 até 19 (de 19 do total)
  • Autor
    Posts
  • #43622

    Rafael.Leao
    Participante

    Olá.

    Tenho pesquisado sobre rotas flutuantes, porém não tenho encontrado algum documento ou explicação que me esclarecesse por completo este conceito. Estou há pouco tempo também trabalhando com networking. Se alguem tiver a solução, peço que me dê essa força. Grato.

    0

    0
    #63918

    Rotas flutuantes são rotas configuradas com “pesos” (distância administrativa) diferentes para satisfazer algum requisito de redundância. Por exemplo: se você tem uma rota aprendida via RIP (dist adm padrão 120) e gostaria de, caso o RIP falhasse, então utilizar uma rota estática como backup do RIP, você pode incluir uma rota estática utilizando a dist adm de 150. Dessa forma a rota estática (com peso maior) vai ser um backup da rota aprendida via RIP.

    Caso você inclua uma rota estática com a dist adm padrão das rotas estáticas (dist adm 1), esta rota estática vai substituir a rota aprendida via RIP. E a rota via RIP nunca vai ser instalada na tabela de roteamento…

    Em inglês chama-se “floating static route”. Dê uma olhada no documento abaixo que têm um bom exemplo:

    http://www.cisco.com/en/US/tech/tk801/tk133/technologies_configuration_example09186a0080093d6e.shtml

    Abraços,
    Gustavo.

    0

    0
    #63919

    miovieira
    Participante

    É exatamente o que o Gustavo explicou.
    Exemplo de uma rota flutuante:

    ip route 192.168.10.0 255.255.255.0 172.16.10.1 254

    254 = Distancia administrativa dessa rota.

    0

    0
    #63920

    Rafael.Leao
    Participante

    Obrigado.

    😀

    0

    0
    #63921

    Edson
    Participante

    Olá galera!

    Gostaria de aproveitar o tópico para pedir um auxílio.
    Estou com um problema de roteamento que ainda não consegui compreender e sanar, qualquer sugestão é bem vinda.

    O cenário é:

    Matriz – 172.16.0.0/16
    Filial 1 – 172.17.0.0/24

    Matriz


    R1 —- MPLS – Operadora A — MPLS — R4 — Filial 1 – 172.17.0.0/24
    Matriz


    R2 —- MPLS – Operadora A — MPLS — R5 —- Filial 1 – 172.17.0.0/24

    Matriz


    R3 —- Router X – Satelite – Operadora B — Satelite — Router Y – R6 —- Filial 1 – 172.17.0.0/24

    A matriz e a filial contam com 2 roteadores cada, porém da mesma operadora. Essa nuvem MPLS roda BGP e tudo funciona perfeitamente.

    Como os links “oficiais” são da mesma operadora, já ocorreram situações onde a filial ficou isolada. Há um trabalho para alterar esse esquema, porém o buraco é mais embaixo e não estou envolvido nisso.

    Por hora, solicitaram a instalação de um link via satelite para uma operadora B.
    A operadora B instalou um roteador em cada unidade para finalizar o circuito, equipamentos quais não tenho acesso.

    Atualmente o tráfego da Matriz em direção a filial sai pela nuvem MPLS, essas rotas são aprendidas via BGP e a distância administrativa é 20.
    Criei uma rota estática para 172.17.0.0/24 com distância administrativa 30.

    Quando todos os links estão funcionando corretamente, as rotas preferidas são aprendidas via BGP e o tráfego flui pela nuvem MPLS.
    Se ambos os links da operadora A ficam indisponíveis na filial, os roteadores perdem as rotas via BGP e passam a utilizar a rota estática.

    A contingência funciona perfeitamente e não há problemas, até que… os links da operadora A são recuperados.

    Quandos os links da operadora A voltam, os roteadores da matriz reaprendem as rotas via BGP, porém continuam utilizando a rota estática com AD 30.

    Isso está me tirando o sono, não consigo compreender por que os roteadores não voltam a utilizar a rota com menor distância administrativa.

    Obrigado pela atenção.

    valew

    0

    0
    #63922

    rgentil
    Participante

    Edson

    voce teria que ter um track para tirar a rota static da tabela.

    o AD de rota estatica eh 1 e ganha de rota dinamica, logo a rota estatica vai ficar….

    Default Administrative Distances

    Connected 0
    Static 1
    eBGP 20
    EIGRP (internal) 90
    IGRP 100
    OSPF 110
    IS-IS 115
    RIP 120
    EIGRP (external) 170
    iBGP 200
    EIGRP summary route 5

    0

    0
    #63923

    Daniel.Matozinhos
    Participante

    Edson;

    Você pode colocar a AD dessa rota estática como maior do que a do BGP (o router deve estar interpretando esta rota como Internal BGP (AD 200)). Em caso de indisponibilidade, a estática irá assumir. Na convergência do circuito, as rotas via BGP irão retornar a tabela de roteamento com AD menor.

    Neste caso, coloque o AD da rota estática como 210 e testa.

    0

    0
    #63924

    Edson
    Participante

    @daniel, valeu pelas dicas

    A rota estática já foi configurada com AD maior que 20.

    O BGP está aprendendo as redes com AD 20, não é Internal.

    R1#show ip route 172.17.31.200
    Routing entry for 172.17.31.0/24
    Known via “bgp 65476”, distance 20, metric 0
    Tag 65001, type external
    Last update from #.#.13.157 06:15:07 ago
    Routing Descriptor Blocks:
    * #.#.13.157, from #.#.13.157, 06:15:07 ago
    Route metric is 0, traffic share count is 1
    AS Hops 5
    Route tag 65001
    MPLS label: none
    10.10.1.48, from 10.10.1.48, 06:15:07 ago
    Route metric is 0, traffic share count is 1
    AS Hops 5
    Route tag 65001
    MPLS label: none

    Eu pensei em fazer um track, porém nesse caso, não consegui seguir uma linha de racicíonio

    Normalmente temos um rota ativa, quando o track é acionado a rota é removida.

    Porém o track que preciso fazer é:

    Remover a rota estática quando há conectividade, ou seja, quando o track for falso

    Ainda não pesquisei e testei IP SLA cuidadosamente para verificar se e como é possível fazer esse teste.

    0

    0
    #63925

    zekkerj
    Participante

    @edson: "Quandos os links da operadora A voltam, os roteadores da matriz reaprendem as rotas via BGP, porém continuam utilizando a rota estática com AD 30."

    Hmmm. Não será algo a ver com CEF ou coisa parecida?

    Outra coisa, vc explicou como são as suas saídas pra internet, mas não explicou coo é a parte interna de sua rede, ou como vc se conecta a esses roteadores. Eu entendo que vc deve ter um roteador ou talvez um switch L3 conectado a R1, R2 e R3, correto?

    E do lado da filial, o problema existe? Nesse caso, comparou a versão de IOS dos equipamentos para ver se tem algo a ver?

    0

    0

    -----------------------------------------------------------------------------
    Receba Johrei e purifique seu Espírito.
    http://www.messianica.org.br/colunas-da-salvacao

    #63926

    Edson
    Participante

    @zekkerj

    O CEF está habilitado e quando verifico através do show ip cef, a saída mostra a interface que aponta para o link via satélite, ou seja, o CEF mostra o que realmente está acontecendo, mas não é o que eu esperava.

    Essa topologia ficou muito simplista, mas sim, há um switch L3 na rede, atrás dos roteadores.

    Na parte interna há uma instância de OSPF entre os 2 roteadores da Operadora A e os 2 switches L3 que fazem o “Core” da LAN.
    Essa interligação acontece com 4 blocos /30 que fazem um ponto-a-ponto entre os switches L3 e os roteadores.
    Os roteadores da operadora anunciam uma rota default para os switches L3.

    Na matriz, os roteadores R1 e R2 da operadora A possuem uma rota estática apontando para o roteador 3 da operadora B.
    Essa é a rota problemática, a rota que não deixa de ser utilizada quando os roteadores voltam a aprender as redes via BGP.
    O switch L3 não tem qualquer conectividade com os R3 que conecta na operadora B.

    Estamos avaliando uma possível solução de habilitar OSPF nele também e propagar a rota para a rede da filial com uma métrica maior no OSPF
    Desse modo a decisão ficará à cargo dos switches L3 se o tráfego sai pela operadora A ou B.

    É engraçado, pois na filial a configuração é similar e está funcionando corretamente.
    Cada caixa é de um modelo e roda uma versão de IOS diferente 🙁

    Obrigado pelas dicas

    0

    0
    #63927

    vcaixeta
    Participante

    Alguma chance de vc estar redistribuindo esta rota estatica no BGP?

    0

    0
    #63928

    Edson
    Participante

    vcaixeta, agora que você mencionou…
    Sim, o BGP está redistribuindo a rota estática.

    Mas nesse caso, o R1 é responsável pela tomada de decisão e deveria utilizar a rota estática quando deixa de aprender a rota que vem dos PEs, não é isso?

    R1#show ip protocols
    *** IP Routing is NSF aware ***

    Routing Protocol is “bgp 65476”
    Outgoing update filter list for all interfaces is not set
    Incoming update filter list for all interfaces is not set
    IGP synchronization is disabled
    Automatic route summarization is disabled
    Redistributing: static
    Neighbor(s):
    Address FiltIn FiltOut DistIn DistOut Weight RouteMap
    10.10.1.48
    X.X.13.157
    Maximum path: 2
    Routing Information Sources:
    Gateway Distance Last Update
    10.10.1.48 20 00:16:53
    X.X.13.157 20 00:16:53
    Distance: external 20 internal 200 local 200

    0

    0
    #63929

    vcaixeta
    Participante

    Ve se encaixa no seu ambiente:
    Static Route with High AD V.S eBGP route

    0

    0
    #63930

    zekkerj
    Participante

    @edson: O CEF está habilitado e quando verifico através do show ip cef, a saída mostra a interface que aponta para o link via satélite, ou seja, o CEF mostra o que realmente está acontecendo, mas não é o que eu esperava.

    Já tentou desabilitá-lo e ver se o problema continua?

    0

    0

    -----------------------------------------------------------------------------
    Receba Johrei e purifique seu Espírito.
    http://www.messianica.org.br/colunas-da-salvacao

    #63931

    Edson
    Participante

    Exatamente @vcaixeta
    Caraca, é exatamente esse o problema, que explicação legal! Obrigado.

    @zekkerj
    Por esses roteadores passam quase todo o tráfego da empresa, não sei em que momento vou conseguir abrir um janela para desabilitar o CEF, se é que tenho coragem, rsrs

    Agora preciso colocar a cachola para pensar, como resolver esse problema…

    0

    0
    #63932

    zekkerj
    Participante

    O cenário do link que o vcaixeta colocou é bem marcante, não? Talvez se vc fizer um route-map pra deixar de redistribuir essa rota específica no BGP?

    0

    0

    -----------------------------------------------------------------------------
    Receba Johrei e purifique seu Espírito.
    http://www.messianica.org.br/colunas-da-salvacao

    #63933

    vcaixeta
    Participante

    Ou se nao for possivel deixar de redistribuir, zerar o weight no route-map qndo redistribuir? Acho q esta ‘e a recomenda’cao no link. (teclado se acento :0)

    0

    0
    #63934

    roboxtz
    Participante

    Redistribua a rota via um IGP que não seja o IBGP assim não vai ocorrer redistribuição dentro da tabela do BGP,ou redistribua a rota estatica para outros IBGPs com weight de 0.

    Solução com a redistribuição com weight 0:

    access-list 10 permit any

    route-map estaticaparabgp permit 10
    set weight 0

    router bgp 100
    redistribute static route-map estaticaparabgp

    0

    0
    #63935

    Edson
    Participante

    @roboxtz, muito obrigado pela dica

    Já existe um route-map controlando outras coisas, vou ter de ajustar essa config adicional na config existente.

    Solicitei uma janela de manutenção, mas a última semana do mês é o pico de faturamento, então acho que só depois do dia 5

    Enquanto isso, vou montar no GNS3 e ver o que acontece

    Obrigado mais uma vez

    0

    0
Visualizando 19 posts - 1 até 19 (de 19 do total)

Você deve fazer login para responder a este tópico.