↑ Retornar para OFF Topic

Uma História triste, minha expêriencia na Trabalhando na Cisco.

Home Fórum OFF Topic Uma História triste, minha expêriencia na Trabalhando na Cisco.

Este tópico contém respostas, possui 4 vozes e foi atualizado pela última vez por  luizagc 1 mês atrás.

Visualizando 4 posts - 1 até 4 (de 4 do total)
  • Autor
    Posts
  • #189360

    xxxx
    Participante

    Primeiro que a empresa CISCO é maravilhosa, o melhor lugar que eu já trabalhei na questão de recursos, flexibilização de horários,aprendizagem, salário e beneficios, graças a eles que comprei meu AP e meu carro, mas o que venho relatar aqui é uma passagem desastrosa e que me acarretou mais decepções do que alegrias.
    Sou formado em Tecnologia de Redes e tinha o CCNA na época, fazia várias entrevistas por semana e estava até podendo recusar empresas, até que um belo dia, inesperadamente, recebo um convite para um teste de trainee e não me falaram onde era.
    Aceitei e descobri que era pra trabalhar na CISCO, ganhando muito bem. Pulei de alegria na época e fiz de tudo pra passar, dentro de 400 competidores, eu fui um dos 15 contemplados.
    Primeiro dia lá e eu não acreditava que estava trabalhando nesse lugar, era tudo muito bom, estrutura fantástica, tudo bonito, só que ai começaram os problemas.
    Problemas que repito, não são da empresa, mas de algumas pessoas que trabalham lá, que não sabiam direito o que queriam com o pessoal do Trainee.
    Nos primeiros 6 meses, a única coisa que me pediram foi pra tirar o CCNP para só assim começar a trabalhar em projetos… caso não conseguisse, vc sairia do programa.
    Como eu já estava estudando pro CCNP fazia 1 ano, foi moleza tirar o Route, já o Switch e Trouble teve que ser na raça, no último segundo, mas consegui as exigencias deles no final de 6 meses.
    Depois disso, com CCNP na mão, finalmente iria ganhar experiencia em projetos e deslanchar minha carreira, ledo engano… as pessoas lá dentro meio que torciam o nariz pros trainees, tanto que muitos deles ao perceberem isso, aceitaram trabalhar em outras empresas, saindo de lá, ficando apenas 10, eu fui um dos que ficaram e não saiu.
    Então foi um deus nos acuda, ninguem me passava nada pra fazer, mandaram apenas eu estudar Coisas do CCNP Service Provider, pois eu iria trabalhar em uma grande operadora de telefonia, Ok, fui seguindo o que me mandavam fazer.
    Sentia um pouco de desprezo do pessoal do projeto, me mandavam fazer nada de verdade, e quando me pediam algo, era apenas algo que nem sequer vi na vida ou estudei no CCNA ou CCNP, nem na experiencias passadas. Era algo como se eu tivesse estudado apenas VOIP e lá me mandassem fazer um programa em JAVA, mas isto é um exemplo.
    Já desesperado, corri atrás de aprender o que me mandavam, tudo isso no desespero, parecia que eu era um incompetente, mas é como tentar avaliar um peixe na sua capacidade de escalar uma arvore.
    Mesmo assim, corri atrás e consegui concluir um parte do projeto, que não tinha nada a ver com que eu estudei, tudo sozinho, eu e mais um indiano maluco, e eu não entendia nada do ingles dele, mas mesmo assim eu fui lá e consegui.
    Esperando papeis melhores então, fiquei apreensivo esperando o próximo projeto, no qual eu realmente iria deslanchar e ganhar uma experiencia de verdade, ledo engano de novo…
    Começou o jogo do empurra, empurra, ninguem me queria em projeto nenhum, enquanto eu via alguns dos meus colegas trainee realmente aprendendo, eu estava sendo nessa situação junto com alguns outros. Percebi então que o problema eram as pessoas, alguns caras dos projetos tinham paciencia e vontade de ajudar os trainess, já em outros projetos… não. Infelizmente eu era um desses que estava sofrendo.
    MAs mesmo assim, relutei em continuar, queria tentar engrenar e fazer algo que justificasse, mas ai mais problemas.
    Me colocavam em projetos onde exigiam uma experiencia de CCIE, pra um cara recem CCNP. Mesmo assim eu batalhava com unha e dentes, cheguei a ser humilhado por colegas de trabalho e mesmo assim, engolia sapos pra poder continuar meu sonho.
    Então eu finalmente arrumei um projeto que o cara era uma pessoa boa que iria ajudar de verdade a fazer eu participar e ter experiencia, mas outro golpe duro do destino fez com que ele ficasse afastado. Conclui o projeto com outra pessoa, que queria fazer tudo sozinho e não me deixava participar de verdade.
    Reclamava com meu superior, que meio que não ligava muito, ele queria ajudar, mas daquele jeito. novamente sem projeto, me sentia descartavel, um estorvo, um problema para eles, meu stress e minha ansiedade chegaram a um nivel, que eu tinha crises de panico do nada, pois era o meu sonho ali sendo despedaçado e não conseguia fazer nada.
    Cheguei a ser colocado apenas como mero expectador de projetos, apenas ia observar e eu ainda pedia pra ajudar e tal, mas muitos caras, sem paciencia alguma, se irritavam porque eu não sabia plugar uma GBIC em uma porta, ou que eu não sabia fazer um processo que somente interinos conhecem, ou que se irritavam quando eu escrevia errado um HLD, mesmo eu nunca tendo treinamento para isso e fazendo na raça.
    Sem mais clima, o golpe fatal veio, me expulsaram de um projeto, alegando desinteresse meu, uma puta mentira, meu superior tentou me ajudar e eu tava nas ultimas.
    Até que veio uma oportunidade, eu iria encarar sozinho um projeto, mesmo com medo, agarrei a oportunidade e fui encarar isso. eu serei responsável sozinho por desenvolver, implementar e fazer funcionar uma tecnologia nova em empresa.
    Fiz de tudo caras, de tudo, suei sangue, chorei, trabalhava das 5 da manhã até as 2 da manhã, durmia 3 horas por dia. Consegui avançar uns estágios do projeto, estudando e fazendo ao mesmo tempo.
    Achei que tudo estaria bem, até chegar em uma etapa, onde o pessoal revisava meu trabalho, nessa etapa, eu tomei uma surra de um cara lá dentro, surra no sentido de esculhambação do meu documento e do que eu tava fazendo. Ele podia só apontar e dizer o que eu deveria fazer, mas o cara usou meu projeto para criar chacota de minha pessoa para os outros experientes funcionários colegas dele.
    Desanimado, estressado e ansioso, continuei até que 4 anos depois o fim chegou, me mandaram embora. Fiquei muito triste, cheguei a ter uma depressão e agora aos poucos estou me recuperando.
    Enfim, a empresa é ótima, as pessoas que cercaram é que não, tem pessoas boas, muitas até, eu que tive a sorte de encontrar justamente as pessoas erradas.
    Fica aqui um desabafo, eu to realmente me sentido triste Só queria conversar mesmo.
    Por causa do trabalho, eu não renovei meu CCNP, agora tô correndo atrás.
    Abraços.

    0

    0
    #189462

    mvsf
    Participante

    Triste lendo isso que você relatou, infelizmente isso acontece em várias empresas, chato em saber que até em grandes empresas com estrutura imensa, como você relatou são as pessoas, porém a empresa é formada pelas pessoas e não ao contrário. Quer um conselho? Não se lastime tanto pelos planos que não deram certo ou pelas oportunidades que você deixou de agarrar. Com o tempo, aprendemos que é necessário dizer não para algumas das propostas que nos aparecem, por mais interessantes que sejam à primeira vista. E, enquanto não aprendemos, as linhas tortas divinas se encaminham de nos mostrar a direção certa.

    0

    0
    #189465

    Toda empresa tem bons e maus funcionários, infelizmente. Vale para a Cisco ou para qualquer outra. O que aconteceu é chato, sem dúvida, mas tem algumas coisas boas que ficam disso – a experiência talvez sendo a mais importante delas. O negócio é levantar a cabeça e partir para luta. Tem muita empresa boa por aí buscando um profissional com a experiência que agora você possui. Pense nisso, foco e bola para frente 😉

    Boa sorte!

    Marco

    0

    0
    #189470

    luizagc
    Participante

    Me solidarizo com você, a anos atrás eu consegui trabalhar na engenharia de uma grande empresa de telecomunicações, entrei lá por mérito e infelizmente me deparei com uma pessoa que tornou a minha vida e rotina por lá um inferno. Acabei desenvolvendo depressão, o gerente quando reclamei com este foi totalmente imparcial e nada fez. Optei por sair da área, mas infelizmente a sequela ficou até hoje. Quase 8 anos depois eu ainda me sinto insegura, mas siga meu conselho, se recomponha de tudo e siga em frente, é difícil no início mas logo tudo isso passa, capacidade você tem e muita. Não desista !!!

    0

    0
Visualizando 4 posts - 1 até 4 (de 4 do total)

Você deve fazer login para responder a este tópico.