adilson florentino

Respostas no Fórum

Visualizando 25 posts - 1 até 25 (de 183 do total)
  • Autor
    Posts
  • em resposta a: Neil Moore: #116167

    adilson florentino
    Participante

    Neil Moore é o Chuck Norris da área de Redes e merece piadas do tipo:

    Neil Moore nunca morre, apenas migra de AS !

    O mundo está transitando de IPv4 para IPv6 por que Neil Moore não gosta do número 5

    Se alguém pode converter um protocolo Distance Vector em Link State, esse alguém é Neil Moore.

    em resposta a: Como é o dia a dia de um engenheiro de redes? #114854

    adilson florentino
    Participante

    Ao contrário do acontece aqui no Brasil, onde se pede o CREA para se comprovar a qualificação, ser Engenheiro de Redes é uma função e não uma formação específica no Exterior.Inclusive há renomados multiple CCIEs que atuam em grandes empresas lá fora e que não tem uma formação acadêmica tradicional.

    Engenharia de Redes é diferente de Engenharia Elétrica ou mesmo Engenharia de Telecomunicações. Fazendo uma rápida pesquisa na Internet,encontrei apenas um curso chamado “Engenharia de Redes de Comunicação” oferecido pela Universidade de Brasília – UNB – que parece ter uma formação com aderência as atividades exercidas por um NetWork Engineer.

    É um profissional que geralmente lida com Projetos de Rede,que visa não somente criar novas Redes como também otimizar o funcionamento de Redes já existentes, o que eu considero o maior desafio. Afinal de contas, é muito mais fácil montar um carro do zero do que consertar outro em movimento.

    Com certeza é uma profissão que exige atualização constante. Antigamente,esperava-se que o profissional fosse um Especialista cujos conhecimentos fossem até a camada3eresolvesse apenas questões de Engenharia relacionadas a perda de pacotes, delay, jitter, etc.

    Acontece que a área de TI mudou muito e hoje o NetWork Engineer deve transitar entre as 7 camadas do Modelo OSI. Esta estória de simplesmente dizer que “não é um problema de rede” não cola mais. Mesmo por quê nosso herói terá de provar por A + B que a culpa não está na infra e terá que conhecer um pouco das aplicações.

    Escolher as ferramentas ideais para manter a gerência e a monitoração pró-ativa da Rede, homologar novos equipamentos e soluções propostas para ampliar ou alterar o fluxo de dados da empresa também são tarefas comumente atribuídas ao Engenheiro de Rede.

    Num mundo em constante mutação não faltam temas para este profissional dominar: virtualização,cloud computing, byod, redes wireless, datacenter 3.0 são alguns dos temas que estão na Crista da Onda hoje em dia.

    Tudo isto,é claro,tirando leite de pedra, propor a “solução custo/benefício”, ou seja, fazer mais com menos. Nem sempre é fácil comprar uma Ferrari pelo preço de um Fusca mas o cara do Financeiro não entende isso. Muito menos o usuário final, que acha tudo lento e que mereceria usar algo mais “possante”.

    Para quem se interessa em ingressar na área, acho interessante dar uma olhada na entrevista abaixo apresentada pelo Guia do Estudante:

    http://guiadoestudante.abril.com.br/videos/engenharia-redes-comunicacao-real-489082.shtml

    Read more: http://netfindersbrasil.blogspot.com/2014/07/o-que-e-ser-um-engenheiro-de-redes.html#ixzz37OGLENBE

    em resposta a: GNS3 Pago? Ou só Crowdfunding. #111989

    adilson florentino
    Participante

    Também colaborei e acho importante que todos façam o mesmo !!! 😉

    Abs,

    em resposta a: Switching – Early Release GNS3 #111861

    adilson florentino
    Participante
    em resposta a: Telepresença #111421

    adilson florentino
    Participante

    Existe uma certificação Cisco focada em Telepresença – Cisco Certified Technician TelePresence (CCT TelePresence)

    O Exame que cobra os tópicos de Telepresence: http://www.cisco.com/web/learning/exams/list/tptech.html#~Topics

    Difícil encontrar material sobre o assunto. Sei que a Embratel vende soluções de Telepresence mas tudo foi montado por uma grande Integradora (CPM ou Promon, eu creio). Mesmo o comercial deles tem dificuldade em vender o produto pois não possui muitas informações técnicas para passar.

    Boa Sorte !

    em resposta a: Cisco dCloud #108860

    adilson florentino
    Participante

    Muito Bom rgrsilva,

    Obrigado por compartilhar !

    Abs,

    em resposta a: Cisco Packet Tracer 6.0.1 #108710

    adilson florentino
    Participante

    Mas fora do Netspace já estão rolando “downloads não oficiais” de uma versão beta:

    http://netfindersbrasil.blogspot.com.br/2013/03/packet-tracer-60.html

    Have Fun !!!

    em resposta a: Vendo Home Lab #107667

    adilson florentino
    Participante

    Mosconi,

    Tenho interesse nos 2960. Me mande um e-mail para podermos acertar os detalhes.

    Abs,

    em resposta a: Procura-se Local para Treinamento no RJ #107293

    adilson florentino
    Participante

    Rodrigo,

    Obrigado pela dica.

    Valeu !!!

    em resposta a: Ajuda com Packet Tracer #107014

    adilson florentino
    Participante

    Olá Juliano,

    Como o Edson disse, o mais importante é aprender os conceitos mas, se vc quiser aprender o básico de como se virar no Packet, sugiro as video-aulas do Professor Ramos: http://netfindersbrasil.blogspot.com.br/2013/02/aprenda-packet-tracer-com-o-professor.html

    Abs,

    em resposta a: [LIVRO e Ebook] Guia – Projetos de Telefonia IP – Cisco #97036

    adilson florentino
    Participante

    Parabéns pela iniciativa Rafael,

    Estou divulgando: http://www.netfindersbrasil.blogspot.com.br/2013/03/guia-telefonia-ip-cisco-unified.html

    Abs,

    em resposta a: 30 anos de TCP/IP #105368

    adilson florentino
    Participante

    Interessante como a simples menção dos 30 anos da ativação do TCP/IP virou esta discussão a respeito do IPv6, talvez seria até interessante repensar o titulo do tópico.

    Mas vamos lá:

    @fernando Avelino
    Concordo em parte com vc. Realmente os blocos IPv4 foram muito mal distribuidos no tempo das vacas gordas, e criaram as distorções que vc citou. Existem empresas americanas que possuem um /8 inteiro para si, precisariamos mesmo de uma verdadeira “Reforma Agrária de IPs”, um “MSIP” para pleitear uma divisão mais igualitária do latifúndio IPv4 improdutivo. Por quê isto não ocorre ? Creio que seja mais um problema político do que técnico.

    Entretanto, vejo pequenos provedores batendo na porta do NIC todos os dias numa verdadeira briga de foice pedindo IPs. Estes caras muitas vezes não tem estoque algum e terão que ser atendidos de alguma forma.

    Matematicamente, a escassez é real. Quem tem grandes estoques como os órgãos do governo que o Igor citou realmente não estão nem ai e tem gordura pra queimar por muitos anos, mas e estes pequenos provedores que eu citei, conseguirão novos IPs ? Eu creio que não. (pelo menos qdo o estoque v4 acabar)

    Que o IPv4 vai continuar na liderança por muitos anos é óbvio ! Por quanto tempo ? 5 anos, 10 anos, eu não sei. Todo mundo que tentou profetizar datas acerca da transição caiu do cavalo, só que imaginar que vamos ficar mais 30 anos nessa também é ridiculo, é muito tempo em TI. Dá uma olhada como era o mundo 10 anos atrás.

    Mesmo sem estar na liderança e avançando a passos de tartaruga (pelo menos, por enquanto) ainda defendo a tese de que aprender IPv6 é importante como um investimento a médio e longo prazo e ignorar o problema da escassez não fará o mesmo deixar de existir.


    adilson florentino
    Participante

    E olha que o 1721 não é de se jogar fora não hein ! Já dá para brincar com 802.1q, por exemplo

    Uma excelente aquisição para quem está se preparando para o CCNA.

    Abs.

    em resposta a: Ei você? como você ainda lembra de todo o conteúdo do CCNA? #105943

    adilson florentino
    Participante

    @fernando Avelino

    Quando eu comecei foi na SOS Computadores e o Pacotão era DOS 6.22 + WordStar, DBASE e Clipper. Será que estou ficando velho ???

    Good Times !


    adilson florentino
    Participante

    Verdade Cledir,

    Pelo visto, acho que o maior desafio para formar Técnicos de Campo é conseguir montar labs práticos sobre tecnologias de camada 1, modens, SDH, cable modens, ADSL, etc etc. Geralmente isso só é visto mesmo em treinamentos para empresas de telecom quando essas compram equipamentos de um ou outro fabricante.

    Já o que falta para o CCNA seria mais fácil implementar, mas, se isto não interessa ao Técnico de Campo, qual o nome do profissional a quem isto interessaria ?

    “Configuração de Roteadores e Switches para … ….”

    Abs,

    em resposta a: O que é mais importante certificação ou experiência ? #90103

    adilson florentino
    Participante

    Tirar o CCNP sem ter experiência de campo ajuda ou atrapalha a carreira do CCNA recém-formado ???

    Vários jovens em início de carreira já me fizeram esta indagação. Eu diria que a ordem natural das coisas seria:

    1) Tirar o CCNA
    2) Adquirir um emprego na área e ganhar experiência (e dinheiro ! rs rs rs)
    3) Tirar o CCNP ( e ganhar mais dinheiro, é claro ! 😉

    Mas o que as vezes ocorre é que nosso jovem CCNA, ainda viciado em estudar para Certificação, quer “aproveitar o embalo” e ir pra cima das provas de Route, Switch e Tshoot, galgar mais um degrau na pirâmide Cisco e se destacar dos demais.

    Acho louvável este entusiasmo, mas tenho receio de que, via de regra, isto vai mais atrapalhar do que ajudar nosso herói. Sabemos que um aluno bem dedicado conseguirá o título de CCNP, ainda que nunca tenha trabalhado na área, mas o quanto ele irá se beneficiar disto ?

    O único título que vale por si só é o CCIE, e eu duvido que alguém sem experiência o conquiste (principalmente a Prova PRÁTICA !). O título é como um cartão de crédito e a experiência é o saldo que vc precisa ter na conta para honrar seus compromissos.

    O recrutador com certeza irá preferir um CCNA com experiência do que um CCNP teórico, por várias razões:

    1) Provavelmente o portador do CCNP irá querer ganhar mais ! (e poderá ficar insatisfeito com o salário de CCNA)
    2) Mesmo que não tenha sido o caso, desconfia-se que o título CCNP tenha sido adquirido com a ajuda de dumps (P4Sure, Testking e afins)
    3) Existem problemas na vida real que não conseguem ser emulados com Packet Tracer, GNS3 ou IOU. Pular a fase de Associate e ir direto para o status Professional pode ser prejudicial, ao meu ver.

    Se queimar neste pequeno mundinho de Redes e depois reparar sua imagem é como fazer xixi na piscina e depois querer separar a urina da água, não dá mais …

    Para quem quer seguir carreira acadêmica, sair da gradução e ir direto para o Mestrado e Doutorado é uma opção pessoal que dá resultado, mas para o profissional de campo, acho complicado pular etapas.

    E vcs, o que acham ???

    Abs,

    Read more: http://netfindersbrasil.blogspot.com/2013/01/adquirir-experiencia-primeiro-ou-ja.html#ixzz2Ihxkcsvs

    em resposta a: Renovação CCNP #105682

    adilson florentino
    Participante

    Muito interessante Leandro,

    Realmente o Emeritus é um “CCIE na Reserva”, por assim dizer, só não tinha me atentado ao fato de que o mesmo poderia sair de sua aposentadoria e ter um CCIE pleno, se necessário para voltar a “assinar” projetos, como vc mesmo disse.

    Abs,

    em resposta a: Renovação CCNP #105680

    adilson florentino
    Participante

    Poizé, um CCIE terá que ficar renovando seu título de 2 em 2 anos com uma Prova Teórica até completar 10 anos. Ai poderá se tornar um CCIE Emeritus: http://www.cisco.com/web/learning/certifications/expert/program/emeritus.html

    VAi manter o título, mas perderá algumas regalias, como o acesso irrestrito ao cisco.com. É algo interessante para quem saiu da área técnica e agora atua como gestor e quer manter o status.

    Tive um chefe que foi CCIE por 8 anos, dai se tornou novamente um mero mortal pois já não colocava a mão na massa há algum tempo ! E isso um pouco antes do programa Emeritus ser criado, uma pena ! 🙁

    em resposta a: Vocês comprariam um Kindle para estudar Cisco? #74434

    adilson florentino
    Participante

    Flávio,

    Quanto quer pelo kindle ? Me mande um e-mail em pvt: [email protected]

    Abs,

    em resposta a: Vocês comprariam um Kindle para estudar Cisco? #74430

    adilson florentino
    Participante

    Oi Edson,

    Vc chegou a fazer testes com os formatos ? Vale a pena converter o PDF para epub para melhor visualiza-lo no Kindle ?

    Abs,

    em resposta a: Vocês comprariam um Kindle para estudar Cisco? #74428

    adilson florentino
    Participante

    Pessoal,

    Pegando um gancho no que postou o Edson, também gostaria de fazer este teste. Procurando na Internet achei o site abaixo para fazer a conversão: http://ebook.online-convert.com/convert-to-epub

    Acontece que há 3 formatos diferentes de epub para o Kindle, além de um formato padrão e dezenas de outros proprietários. Alguém já utilizou estes formatos e sabe a diferença entre eles ?

    Abs,


    adilson florentino
    Participante

    @rgentil

    Já usei ministrando os cursos do NIC. A versão usada lá tem alguns bugs no BGP mas funciona bem com OSPF

    Abs,

    em resposta a: Duvidas em IPv6 #104858

    adilson florentino
    Participante

    O NIC.br recomenda utilizar:

    •/64 a /56 para usuários domésticos: Para usuários móveis pode-se utilizar /64, pois normalmente apenas uma rede é suficiente. Para usuários residênciais recomenda-se redes maiores. Se o provedor optar por, num primeiro momento, oferecer apenas /64 para usuários residenciais, ainda assim recomenda-se que no plano de numeração se reserve um /56.
    •/48 para usuários corporativos. Empresas muito grandes podem receber mais de um bloco /48.

    Para planejar a rede é preciso considerar que para cada rede física ou VLAN com IPv6 é preciso reservar um /64. Esse é o tamanho padrão e algumas funcionalidades, como a autoconfiguração dependem dele. É preciso considerar também a necessidade de expansão futura, assim como a necessidade de agregação nos protocolos de roteamento.

    Fonte: http://ipv6.br/entenda/enderecamento/#recomendacao

    PS: Entretanto, cada ISP é livre para atribuir o tamanho de rede que quiser, talvez isto seja mais um fator a ser levado em conta na hora de escolher seu provedor.

    em resposta a: Passei na 640-911 (primeira do CCNA DataCenter) #104492

    adilson florentino
    Participante

    250 dólares !

    em resposta a: Duvidas em IPv6 #104850

    adilson florentino
    Participante

    Para aqueles que querem saber maiores detalhes sobre mobilidade, cabeçalhos de extensão e outros detalhes relacionados a IPv6, sugiro que visitem o site abaixo:

    http://zappiens.br/

    No campo Buscar Videos digite IPv6, são dezenas de videos gravados em português pelo pessoal do NIC.br sobre o assunto.

    Have Fun !!!

Visualizando 25 posts - 1 até 25 (de 183 do total)