[CCNA] Desafio 1 da Semana 3 – Junho de 2008

Pessoal, segue nosso desafio semanal, desta vez, sobre EIGRP:

desafio136.jpg

Bom trabalho!!

Marco.



Comente usando o Facebook!

35 comentários

Pular para o formulário de comentário

  1. Fiquei na dúvida entre as alternativas A e C. Escolho a alternativa A.

  2. Minha alternativa correta é a B.
    O caminha vai ser escolhido baseado em banda e a banda do caminho pelo roteador B é de 56K. Para o caminho pelo roteador C a banda é de 128K. No entando a alternativa que vejo como correta é pelo roteador C, portanto a alternativa B.

    abçs,
    Joel Pedro.

  3. acho que é a A. Tem uma fórmula que calcula isso, mas eu não lembro.
    Esse 1544 e 56 me complicou, se for uma pegadinha eu caí!

    abraços!

    Fábio Pagoti

  4. Estive na duvida entre a alternativa A e C, porém também responderia letra A, pois os protocolos Link-State conhecem toda a árvore de roteamento, então acredito que escolheria o melhor caminho entre origem e destino, não levando em consideração apenas o primeiro link com o next hop.

  5. Mesmo sabendo que o EIGRP é um protocolo Hibrido acredito que ainda sim ele tomaria a decisão baseando-se na Largura de Banda dos links.

  6. Bruno, que a decisão é na largura de banda tenho quase certeza. A pegadinha que acontece é que as larguras são incersamente proporsionais! Note: 1544 ~2 * 768 e 2 * 56 ~128.

    Somando as larguras, a via router B é maior, logo o custo é menor (não sei qual seria o impacto acrescentando o delay – ele é padrão?)

    Fábio Pagoti

  7. Respostas Letra A = Router A takes the path through router B

    Com base nas informações que aparecem na questão o Router A deve escolher a rota através do Router B porque é o que vai notificar a rota com menor custo levando em consideração largura de banda e o delay do link

    rota pelo router B

    rota de A para B
    bandwidth= 56k
    delay= 20000 usec

    rota de B para D
    bandwidth= 1544k
    delay= 4000 usec
    =====================
    rota pelo router c

    rota A para C
    bandwidth= 128k
    delay= 10000 usec

    rota C para D
    bandwidth= 788k
    delay= 60000 usec

  8. Boa Tarde,

    Segundo meus cálculos , a métrica via ABD terá um custo de 52114285 e a métrica via ACD será 38176000…

    Logo, será escolhido o caminho pelo router C …

    Resposta : Letra B..

  9. opa!!! vou de alternativa B também, de maneira rápida para raciocinar no calculo do custo do caminho em EIGRP default isso é K1=bandwith e K3=delay habilitados a menor banda nas possibilidades de caminho tem maior peso para o calculo do custo do caminho, independente de se ter uma boa banda no próximo hop, essa questão é bem ´´puxada“ para o CCNA!!!

  10. Letra A

    pois é a rota com mais banda disponível e menor delay
    se tem alguma pegadinha eu caí…

  11. Acredito ser a letra A porque esta possui maior largura de banda e assim melhor métrica do que a outra rota possível.

  12. to entre a e c…. mais vou de A

  13. Letra A

    Tem a rota com maior largura de banda disponível e menor delay.

  14. Fabio Pagoti, realmente via Router B a largura de banda é maior por isso escokhi a alternativa A. Se a largura de banda é maior o custo é menor esses fatores fazem o EIGRP optar pela rota via router B. Essa resposta foi deduzida tendo em vista que não conheço muito o funcionamento do EIGRP.

  15. Letra A via router B. Menor custo e maior velocidade. Atualizando a tabela pelos vizinha e identificando a melhor rota.

  16. Letra A

  17. Resposta C o eigrp vai escolher A>B>D

  18. Alternativa A…

    Maior largura de banda e menor delay…

  19. Vamos la…o EIGRP vai a escolher a rota de menor metrica. Como o enunciado diz DEFAULT configurations, ele so esta usando os valores de banda e delay em consideracao (K1 e K3).

    Neste caso a formula seria:

    Metrica = (10000000/Banda minima) + Delay (soma de todos ate o destino)

    Usando o caminho A B D teriamos:

    BW (minimo) -> 10000000/56 = 178571
    DLY (soma) -> 20000 + 4000 + 1000 = 25000

    METRICA: 203571

    Usando o caminho A C D teriamos:

    BW (minimo) -> 10000000/128 = 78125
    DLY (soma) -> 10000 + 60000 + 1000 = 71000

    METRICA: 149125

    resposta letra B com metrica de 149125

  20. So uma correcao, esqueci de multiplicar os valores por 256!

    A formula correta na verdade e’ Metrica = 256 x (10000000/Banda minima) + 256 x Delay (soma de todos ate o destino)

    A metrica vai mudar um pouco…mais a resposta continua sendo B!

    OBS: A formula do post anterior e’ do IGRP =)

  21. A

  22. Letra B

    Pelo fato da banda ser maior e logo o custo é menor.

  23. Eduardo, agora você me deixou com uma dúvida:

    Por utilizar tabelas de informações de vizinhos, topologia e rotas, o router não deveria também calcular o link da ligação B>D e C>D ? Acredito que ele deve calcular todo os links até o caminho para a network A.

    Eu acredito que é desta forma que o router A deve calcular a métrica.

  24. Ignorem meu post anterior. Não percebi que ele já estava contando por caminho.

  25. Fiz o cálculo assim: como serão utilizados apenas os valores k1 e k3, toda a fórmula seria resumida à apenas (atraso+largura de banda). Como é EIGRP, devemos multiplicar por 256.

    Então:

    Caminho | Bandwidth | Delay

    A>B>D = ((56+1544) + (20000+4000)) *256 = (1600+24000)*256 = 25600*256 = 6553600

    A>C>D = ((128+768) + (10000+60000)) *256 = (896+70000)*256 = 70896*256 = 18149376

    6553600

  26. 6553600

  27. opa Eduardo R só uma observação para o calculo do custo do caminho, a soma dos delays dividido por 10.

    custo = 256 * (10000000/K1 + soma dos delays/10)

    se não me falha a memória é isso para o Eigrp padrão.

  28. ah!!! onde K1= bandwidth/1000

  29. Concordando com o Eduardo R. e dando os resultados, as métricas ficam: (Pra comprovarem façam um lab no dynamips e verão que os resultados são esses)

    Usando o caminho A B D:

    METRICA: 203571 X 256 = 52114176

    Usando o caminho A C D:

    METRICA: 149125 X 256 = 38176000

    Abraços.

    Rodrigo

  30. Herbert,

    A largura de banda nao e’ somada no calculo. O EIGRP so leva em consideracao a menor largura de banda disponivel ate o destino, ai ele divide o 10000000 por este valor e depois multiplica por 256.

    O delay sim e’ somado e depois multiplicado por 256.

    []’s

  31. Eu vou de letra A.

  32. Pessoal, resposta B!!! Obrigado pela massiva participação 🙂

    Melhor explicação: Comments 19 e 20 do Eduardo R. e 29, do nosso colaborador Rodrigo!

    Depois posto mais um para vocês matarem!

    Um abs!

    Marco.

  33. Se eu tiver que calcular uma dessa na certificação, vou demorar uns 15 minutos.

  34. Pelo router B = 10000000/56=178571*256=45714176
    20000/10=2000*256=512000
    4000/10=400*256=102400
    1000/10=100*256=25600

    45714176+512000+102400+25600=46354176

    Pelo router C = 10000000/128=78125*256=20000000
    10000/10=1000*256=256000
    60000/10=6000*256=1536000
    1000/10=100*256=25600

    20000000+256000+1536000+25600=21817600

    Alternativa “B”

    NOTA: Pessoal vamos dividir o delay por 10 antes de multiplicar por 256. O comments #4 e #5 estão completamente errados. O eigrp não é um protocolo link-state, muito menos hibrido…é vetor de distancia e ponto final, nem a própria CISCO que desenvolveu o protocolo, consideram-no como hibrido.

    Mesmo se o protocolo em questão fosse o OSPF, nessa topologia, ainda sim a alternativa correta continuaria sendo a letra “B”

  35. Hehe, muito legal, precisamos pegar o fio da meada e estar bem atento à menor largura de banda ao longo do caminho.
    devemos tentar compreender a operação nao ter de ficar fazendo as contas sempre, pois, iremos gastar um tempo precioso no exame 😉

Deixe uma resposta