Warm Reload

A função deste artigo é demonstrar uma característica bem interessante incorporada no IOS 12.3(2)T e posteriores quanto ao reload de um roteador Cisco com o mínimo de interrupções possíveis nos serviços. Uma “feature” muito interessante.

A principal característica deste novo serviço é aumentar a disponibilidade do sistema, de tal forma que o roteador consiga carregar o IOS diretamente da memória sem a necessidade de efetuar uma cópia da imagem armazenada na memória flash para a RAM ou esperar pela descompressão da imagem do IOS. Neste caso o roteador é capaz de recarregar-se sem a intervenção do ROMMON (ROM monitor mode). Isso permite ao roteador levantar-se muito mais rápido que se estivesse sendo feito pelo método tradicional via cold reload (via comando reload ou ligando/desligando o router).


Embora esta característica  necessitar um pouco mais de memória RAM, o impacto é minimizado pela compressão das variáveis de inicialização armazenadas na memória RAM. Como proteção contra o não-corrompimento destas variavéis, o sistema as coloca como “read-only” (somente como leitura).

Para ativarmos a função execute os comandos abaixo:

RTR-RJ#configure  terminal
Enter configuration commands, one per line.  End with CNTL/Z.
RTR-RJ(config)#warm-reboot

Warm reboot  will be possible after the next cold reboot

E tem mais… (está aparecendo aquela propaganda de tv …) permite ao roteador recuperar-se de um “crash” de software. Uma vez que um crash não é uma coisa planejada (que digam as telas azuis do Windows 😉 ) a capacidade de recupera-se rapidamente é uma tarefa das mais essenciais em ambientes de missões críticas.

Por padrão o roteador permite 5 (cinco) warm reboots para quedas forçadas antes de você executar um cold reboot (ligar/desligar seu router).

Podemos ajustar estes parâmetros através dos comandos abaixo:

RTR-RJ#configure  terminal
Enter configuration commands, one per line.  End with CNTL/Z.
RTR-RJ(config)#warm-reboot count 4 uptime 6
Warm reboot will be possible after the next cold reboot 

Para visualizar a configuração execute o comando:

RTR-RJ#show warm-reboot
Warm Reboot is enabled
Maximum warm reboot count is 4
Uptime after which warm reboot is safe in case of a crash is 6 (min)
Statistics:
0 warm reboots due to crashes and 1 warm reboots due to requests have taken
place since the last cold reboot
2872 KB taken up by warm reboot storage

Para executar um Warm Reload façamos:

RTR-RJ#reload warm
Proceed with reload? [confirm]

Até o próximo artigo…



Comente usando o Facebook!

7 comentários

Pular para o formulário de comentário

  1. Marcos, excelente dica! Creio que poucos conhecem esta feature!

    Abs!

  2. Marcos, show de bola… Trabalhamos com roteadores 7500 e de fato demoram para iniciar… vai ser de grande utilidade!

    Valeu!

  3. Só me preocupei com este “um pouco mais de memória RAM”, eu trabalho numa operadora e nossos roteadores 7200 e 7600 sofrem muito com falta de RAM, Ah nossos switch’s também sofrem deste mal de Alzheimer 🙂

    Essa função tambem é válida para switch’s ?

    Abraços, Rafael Venancio

  4. bastante interessante..

    mais um comando aprendido!! valeu Marcos!! abraços

    Fábio Pagoti

  5. este post foi traduzido de algum lugar? outro dia navegando vi um muito parecido pra não dizer igual. Não seria correto linkar e dar creditos ao post do autor?

  6. Manuais meus da Cisco…, que são aos montes, pilhas e pilhas….

    fonte: http://www.cisco.com/en/US/docs/ios/12_3t/12_3t2/feature/guide/gtwrmrbt.html

  7. Muito legal essa opção hein!

    Testei no dynamips com um 2621 e não rolou, vou tentar com outro IOS e colocar mais RAM.
    Até aceitou os comandos e as configurações, mas não rolou 🙁
    Se não, só com um equipamento mesmo.

    Obrigado pela dica 🙂

Deixe uma resposta