[CCNA] Desafio 1 da semana 2 – Novembro 2008

Pessoal, segue uma questão para vocês pensarem um pouco. Como sempre, nos desafios postados aqui no blog, peço que não apenas respondam “A”, “B”, “C” ou “D”, mas procurem justificar a resposta. Desta forma, o conteúdo é fixado e vocês dificilmente se esquecerão do tópico novamente. Pesquisem antes de responder. Coloquem a “massa cinzenta” – como dizia o meu pai – para funcionar!! Mãos à obra!!!

PS: A resposta do desafio de Outubro deverá ser postado em breve pelo Fábio 😉

Abs!

Marco.

ccna-06-11-08.jpg



Comente usando o Facebook!

28 comentários

Pular para o formulário de comentário

  1. Analisando cada resposta:

    A – Não pode ser, pois existe outro caminho via Host B (VLAN 3) -> SW1 -> SW2 -> SW3 -> Srv (VLAN 9)
    B – Não pode ser também, pois existe conexões via Host B (VLAN 3) -> SW1 -> SW2 -> SW3 -> Srv (VLAN 9) e
    Host B (VLAN 3) -> SW1 -> SW2 -> VLAN 6
    C – Nao acredito que seja essa tambem, pois antes o caminho era Host B (VLAN 3) -> SW1 -> SW3 -> Srv (VLAN 9) e agora seria Host B (VLAN 3) -> SW1 -> SW2 -> SW3 -> Srv (VLAN 9). Em se tratando de switching, camada 2, 1 hop a mais não trás diferença significante

    Sobra a resposta para mim correta que é a D.
    Devido ao Spanning-tree Protocol (STP), uma das conexões entre SW1 , SW2 e SW3 estará no estado blocking. Sendo que entre SW1 e SW3 nao estava blocking. Portanto demorará 50 segundos para a porta no estado blocking vá para o estado forwarding (blocking -> listening -> learning -> forwarding ), ou seja, menos de 1 minuto.

    Aprofundando mais no assunto, o protocolo RSTP é um avanço do STP e é mais utilizado atualmente, demorando 5 segundos para convergir. Claro que todos os switches na topologia da rede devem suportar RSTP

  2. Acredito ser resposta D.

    A = O pacote deve para chegar à Vlan9 deve passar pelo roteador. Ainda existirá uma porta livre (Fa0/7 – Trunk) para se chegar ao roteador e daí para a Vlan9. O STP deve alterar o estado das portas e reestabelecer a árvore.

    B = Ainda existirá uma porta livre (Fa0/7 – Trunk) para se chegar ao roteador e daí para qualquer outra VLAN. O STP deve alterar o estado das portas e reestabelecer a árvore.

    C = Como pacote deve para chegar ao roteador para então chegar ao server na VLAN 9, o tráfego não deve ser alterado. Acredito que até melhoraria porque agora existe um switch a menos no caminho até o roteador.

    D = Com o STP rodando, a árvore criada deve ter fechado os caminhos em loop da rede. Se o sw3 deve ser a raíz, então FA0/9 deveria estar em estado forwarding. Caso sw2 fosse a raíz, então fa0/7 estaria em forwarding. Com a desconexão do cabo no sw1 – FA0/9, o STP verificará o estado da porta e redirecionará todo o tráfego para a porta fa0/7 em alguns segundos.

    Devo ter escrito um monte de besteiras.

  3. Complementando minha resposta, faltou nos caminhos que mencionei o pacote passar pelo router sendo o switch somente layer 2, pois é um trafego entre VLANs, redes distintas.

  4. na minha opnião é a d.

    em menos de 1 minuto a porta podera encaminhar pacotes. STP na area!!!

  5. Resposta D também , devido a redundância entre os switches não ocorre uma perda de conectividade , apenas por 50 segundos durante o processo STP .

  6. Resposta D fácil. A rede sofre uma interrupção de aproximadamente 50 segundos decido ao STP, o qual demora mais ou menos este tempo para mudar uma porta do modo blocking para forwarding .

  7. D com certeza

  8. Letra D, é o tempo que o spanning-tree vai demorar para observar que o link conectado na porta Fa0/9 caiu e colocar a porta Fa0/7 do modo Blocking para Fowarding.

  9. Resposta: questão D:

    Essa pergunta caiu na minha prova 640-802..

  10. Como existe mais de um caminho para a vlan9, o host vai ficar um tempo sem conectividade até o stp recalcular a rota, para a outra interface conectada, depois a conectividade voltara a operar normalmente.

    Resposta D.

  11. D. Realmente o STP vai entrar em ação.. e ele até fala: durante menos de um minuto a rede vai parar. Identico como nos materiais do netacad.

    O SW1 tem caminhos redundantes (em fa 0/7) assim, como provavelmente todas as portas que interligam os SWs são trunk (aceitam trafego de varias VLANs), o STP simplesmente vai pegar o caminho alternativo e a rede convergirá.

    Viva a teoria dos grafos!

    Abraços a todos!

    Fábio Pagoti

  12. Levando em consideração que o cenário utiliza o STP, tempo de convergência da rede fica em torno de 50s portanto a resposta correta é a alternativa D.

  13. A resposta é a D – O STP tem que estar habilitado, senão a Rede estaria em LOOP, o tempo de convergência como ja foi dito, aproximadamente 50 segundos.

  14. A resposta é D. Durante algum tempo após a quada da fa0/9, o host b não terá caminho até a vlan 9. No entando, o stp irá perceber a queda do link e passar a usar a porta fa0/7 para acessar a vlan 9.

  15. A resposta coreta é a D

    – O Host ficaria fora por aproximandamente 50 segundos que é o tempo que o Spanning-Tree levaria para habilitar a porta Fa 0/7 do SW1 com o SW2 e assim permitir o acesso a Vlan 9.

    Júnior Araújo.

  16. A – nao eh pq tem um caminho alternativo, switch 1 > switch 2 > switch 3

    B – a comunicação entre a vlan3 e as outras nao vai ser desabilitada pq o
    host A estah ligado no switch 3 e o host B no switch 1 que estao interligados no switch 2

    C – pode ter uma pequena alteracao na velocidade de transmissao, mas acredito que
    nao seja significante, pq o caminho da conexao era:

    hostb > switch 1 > switch 3 > server

    e passou a ser:

    hostb > switch1 > switch2 > switch 3 > server

    D – correta

  17. Moises_araujo, acredito que o caminho do hostb até o server tenha que passar pelo roteador porque eles estão em Vlans diferentes. Pelo tipo de problema, eu diria que a raiz da árvore STP seja o sw3, uma vez que a porta fa0/9 (sw1 – sw3) estava em uso e a fa0/7 (sw1 – sw2) em blocking.

    Caminho antes do problema: hostb>SW1>SW3>SW2>roteador>sw2>sw3>server.

    Caminho após a execução do STP: hostb>SW1>SW2>roteador>sw2>sw3>server.

  18. Resposta D,
    A rede ficará indisponível durante menos de um minuto, pois os switches irão recalcular o STP. Então o Host B, ao acessar o server da Vlan9, terá que passar pela Fa0/7, Fa0/1 > router, depois seguir para Fa0/5 e depois fa0/4 para então acessar o Servidor na Vlan9

  19. Opção D – Pq. Além de ser parte da 640-802, a resposta do gudines disse tudo..

  20. D, Gudines, perfeito raciocinio fera.

  21. Letra D……esse tempo que o host B ficará sem acessar a vlan9 é o tempo de convergência do spanning tree, que na topologia proposta deverá estar habilitado para evitar e existência de loops entre os switchs…..

  22. Opção D

    Host B ficará fora de 30 a 50 segundos para eleição do novo Root Bridge entre os Switches.

  23. Cheguei atrasado!A galera já disse tudo!
    Resposta D,devido a convergência do STP.

  24. Resposta correta: D

    .iIi..iIi.

  25. Galera, obrigado pela participação e parabéns pelas respostas completas!! Vi que a grande maioria tirou de letra! Aliás, letra correta: “D”! Para explicação, aconselho o comment “1”, do nosso amigo Gudines!

    Abraço pessoal!!! Mais adiante posto mais um desafio.

  26. letra D

  27. Com certeza, D. Não tem o que discutir.

  28. Pessoal,
    Estou com uma dúvida. O Host B está na VLAN 3 e o servidor na VLAN 9. Sendo assim, o pacote do Host B destinado ao servidor na VLAN 9 tem que passar pelo roteador, podendo fazer o caminho SW1-SW2-Router. O roteador, então, faz o roteamento e envia o pacote da Fa1/0 via SW2-SW3, não usando, portanto, a Fa0/9. Assim, se o cabo fosse desconectado nada mudaria. Seria possível acontecer isso que eu falei com essa configuração?

Deixe uma resposta