O que você perguntaria para… Jeff Doyle?

Pessoal, com a ajuda do Adilson (que me conseguiu o contato), consegui marcar uma entrevista com ninguém menos que o lendário Jeff Doyle. Para quem não o conhece ou nunca ouviu falar dele, ele é o principal autor das “bíblias” para o CCIE da CiscoPress TCP/IP vols I e II, além de muitos outros livros. Doyle foi contratado como consultor para o projeto IPv6 de uma grande operadora aqui no Brasil, e estará desembarcando por aqui na semana que vem. Hoje, ele é uma das maiores autoridades no assunto.

Agora, com esta oportunidade aberta, quero aproveitar para abrir para vocês: O que vocês gostariam de saber dele?

Depois pegarei todas as sugestões e escolherei as melhores para incluir no script.

Em tempo: Também tive sinal verde para entrevistar o Dalton Gerth, o profissional com o maior número de certificações… do mundo! E, sim… ele é um Brazuka! Mas esta vamos tocar mais adiante!

Abraço!

Marco.



Comente usando o Facebook!

26 comentários

Pular para o formulário de comentário

  1. Boa Noite á todos,

    Poderia perguntar o que ele acha do profissional de TI no Brasil!!!

  2. Marco,

    Poderia perguntar pra ele o que ele considera mais importante para se destacar no mercado profissional.

    A carreira acadêmica ou das certificações.

    Abs,

  3. Qual a maior dificuldade que ele ja passou nesses últimos anos…

    e perguntar também

    Qual vai ser a maior dificuldade em implementar o ipV6

  4. Seguindo o que o Renan ta perguntando voce poderia pergunta como ta sendo a migracao pro IPV6 aqui no brasil pois sabemos que os blocos de IPV4 estao acabando e como as oporadoras estao tratando isso que tipos de investimentos estao fazendo!
    Abraço
    Charles

  5. Minha pergunta seria a que o Richard fez.

  6. Sr. Jeff Doyle!

    Pensando Alto . . .

    Sabendo que o IPV6 suprirá as necessidades do mundo naTerra! E Supondo que o ser humano chegasse a Marte de forma a populacionar todo o planeta, o IPV6 supriria as necessidades de Marte também?!

    rsrs

  7. Olá Marco.

    Poderia perguntar:

    O fato de uma grande empresa aqui no Brasil tê-lo contratado indica que os profissionais brasileiros não têm preparação o suficiente? Qual o ponto de vista dele sobre esta assunto?

    Abraços,
    Sérgio.

  8. Algumas perguntas postadas aqui não precisa de um especialista como Jeff Doyle para responder.
    Sobre a pergunta do Richard e da Suzi ….Lembro que li um artigo do Marco comparando um prato de comida com certificação, formação academica ..depois vejam com ele se tem disponivel, mas vou passar um link deste competentíssimo blog.

    http://blog.ccna.com.br/2007/09/09/o-que-eu-devo-fazer-uma-faculdade-ou-uma-certificacao/

  9. Eu também perguntaria a que velocidade está indo a migração do ipv6 no Brasil. E se ele poderia citar exemplos de empresas que já fizeram essa migração. Isso ajuda a compreender a realidade da demanda, se é pra “amanhã” ou se é pra “agora”.

    Mizael Reis

  10. Qual a opinião dele sobre braindumps
    abs

  11. Marco, meus parabéns pela bela iniciativa. Cada vez mais te admiro pelo belo trabalho que vem desenvolvendo.
    []´s
    Beline

  12. Marco… A minha pergunta, talvez vocês do blog possam até responder: O IP V6 veio pra suprir a falta de endereços IP V4 na internet, além de outros recursos. Qual é real necessidade de se utilizar IP V6 em REDES LOCAIS, uma vez que a versão 4 atende perfeitamente?
    Abraços!

  13. Marco, ainda não trabalho com IPV6, logo meus conhecimento são o básico do ICND1 e 2.Minha pergunta a ele seria basicamente quais os livros ele recomendaria para quem tem conhecimentos básicos/iniciante de IPV6.(Sugestão: Você poderia escrever um livro em português sobre o assunto)

    Sds

  14. A minha pergunta pode até ser respondida pelo pessoal do fórum…

    Qual é o melhor complemento à uma certificação CCIE? 3ª lingua (uma vez que neste ponto de estudos, inglês é obrigatório) ou conhecimento em gestão de TI?

    Como é visto o profissional de TI brasileiro no exterior?

  15. A pergunta do Richard eh legal mesmo

  16. Daniel.Matozinhos,

    Resolver o problema de escassez de endereços IPv4 não é o único objetivo do protocolo IPv6. Ele suporta outros serviços que o IPv4 não suporta, além de outras características. Sugiro uma boa leitura sobre o assunto.

    E depois, invertendo os pontos da sua pergunta. Qual é a real necessidade de se utilizar IPv4 em redes locais, quando chegar o dia onde só haverão endereços IPv6 disponíveis para a Internet?

    O IPv6 é mais fácil do que parece, não tenham medo de estudá-lo.

    Abraços.

  17. Daniel da uma olhada no site http://www.ipv6.br/ tem alguns artigos sobre a implementacao do ipv4 para ipv6 e de como ta sendo a migracao e o porque!
    Abraço

  18. Mais algumas sugestões de perguntas…

    1 – Ele acredita que a operatividade do Ipv6 aconteça antes do esgotamento total de ips versão 4?

    2 – Os routers atuais da Internet suportariam a quantidade de prefixos divulgada pelo ipv6 e ainda operando em dual stack?

    3 – Quais são seus hobbies? 🙂

  19. qual a maior dificuldade hj vivida pelo IPV6 ……….

  20. Opa, eu gostaria de sugerir algumas perguntas 🙂

    – O que ele acha da nova certificação criada pela cisco acima do CCIE?
    – Em quanto tempo ele acredita que o IPv6 esteja implementado globalmente?
    – O que ele acha da maioria dos profissionais de TI do Brasil, que não são focados e especializados em uma única tecnologia e sim em varias áreas como wireless, security, routing, voice, etc devido as exigencias do mercado?

    Abraços

  21. Eu perguntaria:

    Existe algum culpado pela não implementação do IPv6 em nivel mundial ou se já era esperado que todos fariam isso de ultima hora?
    A falta de profissionais especializados é a maior dificuldade em implementar o IPv6 ou existe alguma outra razão?
    Existe um plano emergencial para a implementeção do IPv6 ou se atualmente já estamos neste plano?
    Existe a possibilidade de alguma pane nivel nacional ou mundial?

    só estas 4

  22. Achei interessante a pergunta sobre utilização do IPv6 em redes locais.
    Gostaria de completar a pergunta no sentido de qual a previsão dele para que o IPv6 seja largamente utilizado em redes LANs.

  23. Boa marco!

    Seguem as perguntas:

    Quando ele vai atualizar o TCP/IP vol II ? (o volume 2 saiu em 2001, rumores diziam que a ciscopress estava para lançar o vol 2 em 2010)
    De 0 a 10, como ele classificaria a aceitação do IPv6 no mercado mundial?
    A implantação de IPv6 nas principais caixas do mercado já estão maduras? E em outros equipamentos, servidores & etc?
    Na opinião dele existe alguma certificação capaz de capacitar um profissional em IPv6? Caso negativo, em quanto tempo ele acha que vai existir uma certificação com nível de dificuldade (igual as que temos hoje) para ipv6?
    Ele já pensou em uma forma de acabar com o DDoS? (Sem acabar com as botnets, uma forma totalmente network only).

    E pessoal, não adianta vocês responderem as perguntas pelos outros (principalmente as com foco na opinião do entrevistado) se o entrevistado é o Jeff.

  24. Queria perguntar qual é a meta dele para os próximos 5 anos e fazer a mesma pergunta do moisés “O que ele acha da nova certificação criada pela cisco acima do CCIE?”

    Alguêm tem idéia quem é a grande operadora que o contratou, já olhei em sites do Brasil e internacionais para saber e nada, com certeza é uma informação estratégica da operadora e da doyleassociates.

  25. 1. O que deve mudar no papel dos profissionais de rede com o desenvolvimento da computação em nuvem?

    2. Qual área profissional de redes deve se desenvolver mais nos próximos anos (dados, voz, wireless, segurança, armazenamento etc.)?

  26. Entrevista enviada. Agora é esperar a resposta 🙂

Deixe uma resposta