Voltar para VLSM.

Re: VLSM.

Home Fórum CCNA VLSM. Re: VLSM.

#56156

Olá Rodrigo….

Olha, lendo o que vc disse e seus cálculos, eles parecem corretos. Ratificando o que Marco disse : o comando "ip subnet-zero" (IOS 12.x) que habilita as redes all-one e all-zero (sem a regra do -2) não se aplica quando se trata de VLSM e CIDR. E vc aplicou corretamente a regra.

Mas é preciso dizer 2 coisas :

A definição do VLSM de acordo com o RFC 1812, é permitir que vc aplique diferentes máscaras de sub-rede ao uma mesma classe de endereço, seja ela qual for.

E se o endereço de rede que vc escolheu é roteável, ou seja, É PÚBLICO, então quando seu router ver que existe essa sub-rede, ele irá propagá-la nas suas atualizações de roteamento. Mas, é isso mesmo que vc quer ?!?!  Vc tem $$$$$$$ suficiente para investir e manter essa faixa enorme de endereços ips públicos??

ok.Então, quando vc projeta o endereçamento ip da sua rede com VLSM, visando a economia de endereços ip’s, podemos ter uma visão um pouco diferente do que vc corretamente fez :

1. preciso de 3 sub-redes com pelo menos 1022 hosts utilizáveis(/22)

                             (aqui considerando somente 3 sub-redes, porque 64, como vc citou, ocuparia toda a REDE e não sobraria ips para a continuação do VLSM)

2. preciso de 2 sub-redes com pelo menos 510 hosts  utilizáveis (/23)

3. preciso de 237 sub-redes com pelo menos 254 hosts utilizáveis (/24)

4. preciso de 128 sub-redes com pelo menos 2 hosts utilizáveis (/30)

Precisamos sempre ter em mente de que, quando fazendo o design da distribuição de ip, as sub-redes com o maior número de hosts sempre seja feito antes do menor número de hosts, como vc fez corretamente, evitando assim a sobre-posição de endereços ip’s. A distribuição seria assim :

Rede Principal : 172.168.0.0 /16 (Classe B classfull pública)

172.168.0.0 /22 ===> 255.255.252.0  => sub-redes=64   hosts=1022    (Classe B classless pública)

sr


0.0    4.0    8.0    12.0    16.0    20.0    ………252.0

1a


.0.1    4.1   

ul


  3.254

br


3.255

Acima, nós vemos que utilizamos as 3 primeiras sub-redes, inclusive a rede 0 (sem a regra do -2), conforme a exigência do seu projeto VLSM. Para continuar a nossa sub-divisão VLSM usamos a próxima sub-rede : 172.168.12.0.

Continuando …. 

172.168.12.0 /23 ===>255.255.254.0  =>  sub-redes=128  hosts=510    (Classe B classless pública)

sr


12.0    14.0    16.0   18.0    20.0    ………254.0

1a


12.1

ul


  13.254

br


13.255

Acima, usamos as 2 primeiras sub-redes (sem a regra do -2), o que atende as suas exigências em relação ao seu projeto VLSM para sua rede. ok. Agora pegamos a 3a. sub-rede e continuamos nossos cálculos, e seria a : 172.168.16.0

Continuando …. 

172.168.16.0 /24 ===>255.255.255.0  =>  sub-redes=256  hosts=254   (Classe B classless pública)

sr


16.0    17.0    18.0   19.0    20.0  . . . . .        252.0           253.0  255.0

1a


16.1                                                                 252.1

ul


  16.254                                                            252.254

br


16.255                                                             252.255

Veja que as exigências do seu projeto VLSM para sua rede pede textualmente as 237 primeiras sub-redes. Então, seria de 16.0 a 252.0; e a próxima sub-rede continuaria a sub-divisão, que seria a sub-rede 172.168.253.0.

Continuando …. 

172.168.253.0 /30 ===>255.255.255.252  =>  sub-redes=16.384  hosts=2   (Classe B classless pública)

sr


0    4    8   12   16  20  24  28  . . . . .      252

1a


1    5 

ul


  2    6

br


3     7            

Aqui seu projeto VLSM pede 128 sub-redes com 2 hosts apenas.

Se estiver incorreto, por favor retifiquem.

É isso.

Sds.

Márcia Guimarães