Voltar para CCNA

PACKET TRACER – Configuração VLAN|VTP|STP

Home Fórum CCNA PACKET TRACER – Configuração VLAN|VTP|STP

Visualizando 8 respostas da discussão
  • Autor
    Posts
    • #48166
      Bruno Rocha
      Participante

      Pessoal, boa noite!

      No LAB abaixo, tinha configurado da seguinte ordem!

      1. Fiz o entroncamento em todos os uplinks.
      2. Configurei o VTP.
      3. Criei as VLANs.

      Quando criei as VLANs, a porta de bloqueio do STP que estava no SW-SP-D-01 – Gi1/2 ficou no estado de encaminhamento.

      Não sei se configurei as etapas erradas, ou é BUG do PT.

      Da outra vez, fiz o mesmo processo, após a criação das VLANs, os leds de todos os switches ficaram verde escuro estático, parecendo um loop bridging.

      Se alguém poder me ajudar, eu agradeço!

      Abraços

    • #110308
      zekkerj
      Participante

      Olá bruno,

      No PT, a luz de uma porta passa a verde se houver pelo menos uma VLAN em estado FWD nela. Então, o que provavelmente aconteceu é que vc criou as VLANs (p.ex 10, 20 e 30), depois escolheu um switch como root bridge que não seria o root bridge normal da rede. O resultado é que nas VLANs 10, 20 e 30 você tem um switch como root (e com isso as portas assumem funções de root port, designated port e non-designated port de acordo), como esperado.

      Mas… se vc não configurar também o root port da VLAN 1, ela vai continuar onde estava. E isso pode fazer com que uma porta esteja em estado FWD pras suas VLANs, e BLK pra VLAN1. Ou vice-versa.

      No frigir dos ovos, seria bom você postar a saída do comando "show spanning-tree interface Gi1/2" pra gente ver se é isso mesmo que ocorre.

      -----------------------------------------------------------------------------
      Receba Johrei e purifique seu Espírito.
      http://www.messianica.org.br/o-johrei.jsp

    • #110309
      Bruno Rocha
      Participante

      @zekkerj, bom dia!

      O LAB original ficou em casa, mas fiz outro igual aqui no serviço, e aconteceu a mesma situação.

      A porta BLK ficou no Switch1 na interface Gi1/1, e o root bridge é o Switch2.


      @zekkerj
      , não entendir essa frase – ”Mas… se vc não configurar também o root port da VLAN 1, ela vai continuar onde estava. E isso pode fazer com que uma porta esteja em estado FWD pras suas VLANs, e BLK pra VLAN1. Ou vice-versa.”

      Porque no NETAcademy está meio confuso a explicação do PVSTP+, agora estou mais confuso ainda.

      Poderia descrever mais detalhamento para o meu entendimento.

      Agradeço pela atenção.

      Grato!

      Switch#show spanning-tree interface gigabitEthernet 1/1
      Vlan Role Sts Cost Prio.Nbr Type


      —- —




      VLAN0001 Altn BLK 4 128.25 P2p
      VLAN0010 Root FWD 4 128.25 P2p
      VLAN0020 Root FWD 4 128.25 P2p
      VLAN0030 Root FWD 4 128.25 P2p
      VLAN0099 Root FWD 4 128.25 P2p

    • #110310
      augusto.matos
      Participante

      você tem 4 portas root para o switch raiz, com custo 4 para e uma porta em bloqueio para o switch raiz.

    • #110311
      zekkerj
      Participante

      É exatamente o que eu pensava…

      O PVST+ permite que cada VLAN tenha sua própria topologia. Assim, em uma VLAN o Switch A é o root bridge; em outra VLAN, o root bridge é o switch B.

      Isso é interessante pq vc pode adaptar o tráfego de VLANs diferentes à sua necessidade, bem como distribuir o tráfego por switches e links diferentes, permitindo balanceamento de carga.

      SW1(config)#spanning-tree vlan 10,20 root primary

      SW1(config)#spanning-tree vlan 30,99 root secondary

      SW2(config)#spanning-tree vlan 10,20 root secondary

      SW2(config)#spanning-tree vlan 30,99 root primary

      A situação que você tem aí é que esse switch onde vc executou o comando está ligado a outros dois, sendo que o switch que é alcançado pela porta Gi1/1 é root bridge das VLANs 10, 20, 30 e 99, mas não é root bridge da VLAN1. Então, para o primeiro switch, a porta Gi1/1 é root port na VLAN10, é root port na VLAN20, é root port na VLAN30, é na VLAN 99, mas não é na VLAN1. E como o switch tem um caminho melhor para o root bridge da VLAN1, a porta é colocada no estado BLK para essa VLAN.

      Como me parece que vc usou as portas gigabit pra ligar aos outros switches, observe que na outra porta (Gi1/2), você vai ver o contrário: o switch vai estar no estado BLK p/ as VLANs 10, 20, 30 e 99, mas vai estar no estado FWD p/ a VLAN1, e provavelmente a porta vai estar marcada como root port.

      P/ que isso não aconteça mais, certifique-se de incluir a VLAN1 ao ajustar a prioridade do root bridge:

      spanning-tree vlan 1,10,20,30,99 root primary

      -----------------------------------------------------------------------------
      Receba Johrei e purifique seu Espírito.
      http://www.messianica.org.br/o-johrei.jsp

    • #110312
      Bruno Rocha
      Participante

      @zekkerj, obrigado pelas informações!

      Quando você disse balanceamento de carga, a ficha caiu na hora…

      A noite vou tentar novamente, mas deve dar certo!

      qualquer coisa, posto novamente!

      valeww @zekkerj o/

    • #110313
      augusto.matos
      Participante

      karaka zekkerj, você já está em um nível hard, minha prova é sexta do ccna, tem alguma possiblidade de cair pvst? ou só stp, e rstp mesmo?

    • #110314
      zekkerj
      Participante

      Acho bem pouco provável que peça especificamente pra fazer balanceamento de carga no lab de spanning-tree. Mas pode cair alguma pergunta teórica sobre o "Extended System ID", que é o campo que faz a diferença entre o STP padrão (tb conhecido como "CSTP") e o PVST+.

      Vc sabe que a prioridade do STP é configurada em "degraus" de 4096, ou seja, 0, 4096, 8192, … 24576,28672,32768,…61440.

      Quando vc usa o comando "spanning-tree vlan x,y,z root primary", o IOS pega a menor prioridade que ele conhece, e "desce" 2 degraus. Assim, se vc tinha prioridade padrão em todos os switches (32768), a prioridade do root bridge fica 24576.

      Só que quando vc consulta o valor da prioridade com o "show spanning-tree vlan x", o valor que vc recebe sempre é diferente — p.ex. na VLAN 100, vc vai ver a prioridade 24676. Isso pq o Extended System ID, que identifica o processo Spanning-Tree de cada VLAN, é codificado dentro do campo de prioridade, na transmissão. Assim, o número da VLAN vai ser sempre somado à prioridade.

      Eu não acredito que caia nada na prova perguntando explicitamente sobre isso; mas pode cair alguma questão, por exemplo, mostrando a saída do "show spanning-tree", onde vc vê uma prioridade "32778" (32768+VLAN 10), e perguntar se está usando a prioridade padrão (está).

      -----------------------------------------------------------------------------
      Receba Johrei e purifique seu Espírito.
      http://www.messianica.org.br/o-johrei.jsp

    • #110315
      augusto.matos
      Participante

      até ai eu sei que você pode definir um root bridge colocando ele só como root ou abaixando a prioridade do mesmo, e que RSTP é muito mais rápido na convergência….mas acredito que ele balanceamento de carga já seria algo mais avançado…

Visualizando 8 respostas da discussão
  • Você deve fazer login para responder a este tópico.