Voltar para CCDA

Quem é engenheiro?

Home Fórum CCDA Quem é engenheiro?

Visualizando 59 respostas da discussão
  • Autor
    Posts
    • #46374
      KakarOtO
      Participante

      Senhores, vejo algumas pessoas falarem que um profissional com CCDA ou CCNA pode ser considerado um engenheiro mesmo sem formação acadêmica em engenharia.

      Com a experiência de vocês, gostaria de saber se isso é válido ou para o mercado só é considerado engenheiro quem tem diploma para tal.

    • #89308
      sergiombrg
      Participante

      Não entendi…. ser considerado engenheiro sem ser engenheiro?

      Você considera um enfermeiro um médico?

    • #89309
      Jonnathan Ferreira
      Participante

      Acredito ser muito equivocado dizer isso meu caro.

      Apenas compare o tempo de formação de um Engenheiro x Certificação CCNA/CCDA.

      Os níveis das formações também são diferentes: superior x especialização

      Um engenheiro exerce muitas atividades que o torna generalista mas devido ao seu interesse e oportunidades com algumas certificações torna-se um especialista.

      Portanto a conclusão que tenho é de que um engenheiro é engenheiro e um certificado CCNA/CCDA e outras é apenas um especialista caso não tenha nenhuma formação.

      Mas, há casos de empresas que registram cargos apenas pela experiência e certificações.

      Lembro-me sempre de uma frase do Marco que dizia não bastar certificação e experiência sem o superior em que ele fazia comparação ao prato e a refeição.

    • #89310
      KakarOtO
      Participante

      Em treinamentos ministrados pela CISCO, eles mesmos denominam os profissionais de projetos e implantação como engenheiros apenas pelo fato de terem CCDA ou CCNA respectivamente.

    • #89311
      Benjamim Gois
      Participante

      Engenheiro é o profissional registrado no conselho de engenharia e arquitetura (CREA). Até existem empresas que chamam alguns profissionais muito especialistas de engenheiros mas o termo não é correto.

    • #89312
      Jonnathan Ferreira
      Participante

      Leandro,

      Conforme comentei, algumas empresas registram cargos apenas pela experiência e certificações.

      Seu comentário referente a Cisco pode dizer um Engenheiro de redes Cisco níveis (associate, designer, professional, engineer, arquitect)

      Mas (minha opinião) não pode-se comparar a formação de um *Engenheiro Cisco com um Engenheiro formado com cinco anos de curso tendo aulas de cálculos complexos, projetos, empreendorismo, etc. Enfim, uma formação ampla, não apenas se restringindo a termos técnicos e de um fabricante específico.

      Pelo que conheço de algumas pessoas que só possuem certificação elas são registradas como técnicos e analistas. Engenheiro acredito até existir mas não conheço ninguém neste status apenas com certificação.

    • #89313
      Moonspell
      Participante

      Acho q isso é mais um problema da falta de regulação do nosso mercado. Alguém no mercado achou bonito chamar os professionais de rede de engenheiros de rede. Isso é errado.

      Pra mim isso é desmerecer a profissão de engenheiro. Certificação alguma se compara à esse cargo.

      N vejo ninguém chamando enfermeiro de médico.

      Nas operadoras, por exemplo, quem trabalha com rede IP na engenharia tem q ser engenheiro e com CREA ainda. Na TI a função é analista. E assim deve ser em qualquer lugar.

    • #89314
      Aldrin
      Participante

      Não é raro ver profissionais de TI serem chamados de engenheiros de alguma coisa. Já participei de várias reuniões de kick off de projetos de rede onde se referem aos profissionais envolvidos como engenheiros. Acho que isso é um estigma das certificações, pois algumas "davam" o título de engenheiro… Vide 642-582 WLANFE (Wireless LAN for Field Engineers)

    • #89315
      KakarOtO
      Participante

      Também acho que o título de engenheiro deve ser aplicado apenas a quem tem formação acadêmica em engenharia, acho que o erro é a Cisco “inventar novos engenheiros”, como se as certificações deles fossem tão importante como uma faculdade.

    • #89316
      vmosconi
      Participante

      Vc ta no brasil… hj vc vai na Praça da Sé e volta engenheiro.

      Na minha opinião, são termos q sao usados equivocadamente pela cisco. apenas para fins de hierarquia.

    • #89317
      Gerson
      Participante

      Me chamem de analista (pois sou mesmo), engenheiro, técnico, especialista, apertador de botão e etc, o que interessa mesmo é o “pagode” no final do mês 😉 hehehehe …

      Abraços.

    • #89318
      Gerson
      Participante

      Mas respondendo a pergunta, quem se forma em Engenharia.

    • #89319
      drfokker
      Participante

      Duvida ate compreensivel…. foda mesmo e quando tu estuda, se forma, faz pos e mestrado, e um fdp de outra area te chama de tecnico. Ai doi la no fundo.

    • #89320
      af.gustavo
      Participante

      como já disseram, isso é mais um problema da falta de regulamentação do nosso mercado… engenheiro é quem é formado em engenharia, mas com as faculdades que se tem hoje, qualquer um se torna engenheiro, basta ter alguns 800 reais por mês… existe algum exame que precisa ser aprovado para conseguir o CREA?? deveria existir, assim que como há para ser advogado e etc…

    • #89321
      zekkerj
      Participante

      @vmosconi: "Vc ta no brasil… hj vc vai na Praça da Sé e volta engenheiro."

      Até a hora em que dá merda. Aí vc vai e volta algemado…

      -----------------------------------------------------------------------------
      Receba Johrei e purifique seu Espírito.
      http://www.messianica.org.br/o-johrei.jsp

    • #89322
      Luis Teixeira
      Participante

      No próprio livro do CCNP ROUTE Exam o único termo usado para profissionais de rede é “Network Engineers”.

      É uma questão muito complicada, pois até onde eu sei, engenharia de redes não é regulamentada em nenhum lugar do mundo. Ainda assim é um termo bastante utilizado, inclusive pela Cisco.

    • #89323
      Fernando F. Silva
      Participante

      @zekkerj muito boa observação

      E outra, você pode pagar 800 reais por mês em uma faculdade fulera e se formar engenheiro, ae vc engenheiro fuleiro faz um projeto e assina com o seu número registrado no CREA, por algum motivo acontece um acidente devido a uma falha sua no projeto e alguém morre, a PF não estará nenhum pouco preocupada se você fez faculdade fuleira você simplesmente é culpado.

      Mas enfim aqui é Brasil né, se vc é eng fuleiro e tem dinheiro, não acontece nada.

    • #89324
      Fernando F. Silva
      Participante

      Respondendo a pergunta, pra min só é engenheiro quem passa nas matérias (aprendendo) Cálculo / Eletromag / Remast
      Estudar pra essas provas é pra deixar qualquer xarope

    • #89325
      af.gustavo
      Participante

      @Fernando F. Silva

      cara com certeza… e isso serve pra tudo na vida… há muitos caminhos alternativos e mais faceis para chegar a um objetivo, e um dia essa escolha de mais facil e/ou até mesmo trapaça vai te trazer problemas… mas na pratica isso pouco acontece, pelo menos no Brasil é assim…

    • #89326
      Fabio
      Participante

      Bom vou contribuir. Sabemos que “Engenheiro de Redes” não existe, pois ainda não vi nenhuma faculdade / universidade ter este curso em sua grade. Temos sim Engenheiro de Telecom, Eletrica, Eletronica, mas em Redes não. Talvez seja errado mas penso que um profissional qualificado em CCIE poderia sim ser chamado de “Engenheiro de Redes ou Network” devido ao seu aprendizado nesta area. Se ele estudou engenharia dai é outra coisa. Agora CCNA / CCDA é prepotencia d+

      Esta é a minha opinião.

    • #89327
      KakarOtO
      Participante

      Faculdade já existe de Pós-Graduação na Unicsul em Engenharia de Redes de Computadores, concordo que um CCIE possa ser chamado de Engenheiro de Redes, mas CCNA é exagero por parte da Cisco.

    • #89328
      vmosconi
      Participante

      Fato…

      o q poderia acontecer é Egenheiro com enfase em redes… como na PUC existe a faculdade de Eng eletrica com enfase em telecom.

      creio q nao seja errado usar o termo se vc tem uma especialidade. Mas para isso vc tem q ser engenheiro.

    • #89329
      Daniel Valente
      Participante

      O fato é: só tem achismo.

      Quem quiser assinar como Engenheiro de Redes pode ficar a vontade ao contrário de enfermeiro assinar como médico, como citado anteriormente. Engenheiro de redes é uma profissão e não formação, pelo menos por enquanto.

      Acredito que seja mais um dos problemas de traduzir tudo, coisa que brasileiro adora, do termo network engineer.

    • #89330
      vinicios
      Participante

      Porque então na UnB tem o curso de Engenharia de Redes de Comunicação 😉 ?

    • #89331
      Edson
      Participante

      Excelente ponto Vinicios, na UnB tem o curso de Engenharia de Redes (http://www.redes.unb.br), o único que eu já encontrei em instituições no país.

      Outro ponto, não é só a Cisco que generaliza os cargos e certificações, quem não conhece a certificação MCSE (Microsoft Certified Systems Engineer)

      Acho que é daí que surgem essas generalizações, na verdade, acho que no exterior a maioria dos profissionais só vai atrás de certificações depois de estar encaminhado ou concluído a faculdade, daí a prática de associar o termo "Engenheiro" com as certificações.

      Sem sombra de dúvidas, só pessoas formadas em Engenharia deveriam receber esse título, também acho que deveria ter um exame de classe como o da OAB.

      Outro ponto que ocorre muito é de pessoas formadas em Sistemas e Ciências serem chamados de Engenheiros de Software, sendo que apenas Engenheiros da Computação deveriam receber o título.

      Mas…

       

    • #89332
      m.mineiro
      Participante

      Creio que a cisco faca isso para valorizar suas certificacoes..Ja fui no forum pegar um cheque protestado meu e os caras me chamaram de doutor..kkkkkkkkkkkkk..O quer vale mesmo e o conhecimento!!

    • #89333
      Benjamim Gois
      Participante

      Pessoal, isso era um problema generalizado até o ano de 2009. Em 29 de junho de 2009, o Ministério da Educação brasileiro anunciou uma futura reforma no nome dos cursos de graduação – entre eles, os cursos de Engenharia, que, atualmente, possuem 258 nomenclaturas diferentes.[1] Os nomes dos cursos atuais serão reduzidos a 22:

      1. Engenharia Aeronáutica
      2. Engenharia Agrícola
      3. Engenharia de Agrimensura
      4. Engenharia de Alimentos
      5. Engenharia Ambiental
      6. Engenharia Civil
      7. Engenharia de Computação
      8. Engenharia de Controle e Automação
      9. Engenharia Elétrica
      10. Engenharia Eletrônica
      11. Engenharia Florestal
      12. Engenharia de Fortificação e Construção
      13. Engenharia Mecânica
      14. Engenharia Mecânica e de Armamento
      15. Engenharia de Materiais
      16. Engenharia de Minas
      17. Engenharia Metalúrgica
      18. Engenharia Naval
      19. Engenharia de Pesca
      20. Engenharia de Produção
      21. Engenharia Química
      22. Engenharia de Telecomunicações

      http://www.assenag.org.br/index.php?option=com_content&view=article&id=273:areas-da-engenharia&catid=29:curiosidades&Itemid=32

    • #89334
      zekkerj
      Participante

      @Edson: "Outro ponto, não é só a Cisco que generaliza os cargos e certificações, quem não conhece a certificação MCSE (Microsoft Certified Systems Engineer)".

      Esses nomes são originários da empresa, no exterior. O fato dela ter certificações de "Engineering" não faz com que os profissionais certificados se tornem automaticamente engenheiros aqui no Brasil.

      -----------------------------------------------------------------------------
      Receba Johrei e purifique seu Espírito.
      http://www.messianica.org.br/o-johrei.jsp

    • #89335
      KakarOtO
      Participante

      Ainda no exemplo da medicina, ngm faz um curso básico relacionado a saúde e se torna Médico.

      Um engenheiro é aquele que tem formação superior como tal. A grande questão é relacionada aos fabricantes que ficam criando títulos…

    • #89336

      Gente, isso é relativo, na minha opinião. Vejam… do lado de casa tem uma lanchonete chamada “Engenharia do Hamburguer” (muito boa por sinal)… rsrsrs nem por isso o dono é engenheiro ou tem CREA. Concordo que Engenheiro por profissão é quem se formou em engenharia, e ponto final. Não tem meio termo. Mas isso vale para a profissão, ao meu ver. Cargo, é outra história. Tem sim muita empresa que tem cargos de engenharia de redes, de software e de sistemas e os profissionais não são engenheiros. O mesmo vale para Arquitetos. Eu fui “Arquiteto de Solução” na BT, e não sou arquiteto por formação, oras! Qual o problema disso? Nenhum. É apenas um nome que a empresa usa para o cargo. Assim como existem administradores de rede, de sistemas, etc. Os profissionais não são administradores por formação. E por aí vai.

      Agora, não é porque você tem o CARGO de engenheiro em xyz que poderá gozar dos benefícios legais de ser um engenheiro de fato.

      PS: Isso não é só aqui. É no mundo inteiro.

      Abraço!

      Marco.

    • #89337
    • #89338
      JoseBalbuena
      Participante

      Humm se eu tivesse sabido disso tivesse me poupado os 5 anos de faculdade 2 anos de mestrado… somente com 3 meses de estudo, que foi o tempo que demore para tirar o CCNA, tivesse virado engenheiro :P….

    • #89339
      Deco
      Participante

      Engenheiro é um termo muito utilizado pela cisco, vale o exemplo que o Aldrin citou, até os FE (Field Engineer) e SE (System Engineer) das especializações de partner cisco…

      Agora para assinar um projeto como engenheiro, você precisa ser formado em engenharia, mas nada impede que você ter um cargo como engenheiro de produto ou qq coisa parecida como citado pelo Marco.

    • #89340
      zekkerj
      Participante

      @Deco: "… mas nada impede …"

      A menos que a empresa tenha que se explicar de alguma forma no CREA.

      -----------------------------------------------------------------------------
      Receba Johrei e purifique seu Espírito.
      http://www.messianica.org.br/o-johrei.jsp

    • #89341

      José, eu tenho mestrado em Engenharia da Computação e não sou Engenheiro por formação. E nem tendo este mestrado passo a ser Engenheiro. Mas isso não impediu que eu trabalhasse em empresas com cargos de engenheiro, como já me aconteceu na at&t (Engenheiro Especialista) e na Vivax (Engenheiro de Redes).

      Abraço!

      Marco.

    • #89342
      JoseBalbuena
      Participante

      Marco eu sei que vc é mestre.. foi somente um dizer para exagerar um pouco… o que eu quero dizer é que muitas vezes o pessoal termina se confundendo e acha que ter uma certificação é a mesma coisa que fazer faculdade… vc não fez faculdade mas pelo que me parece com seu estudo proprio vc aprendeu o que uma faculdade em teoria deveria te dar que é a capacidade de abstrair as coisas, se perguntar pesquisar etc etc…

      Agora referente ao negocio de cargo de engenheiro ou não..na boa se me empregam como faixineiro nivel 3 (nada contra os faixineiros hein é somente uma expressão) ou como Engenheiro Turbo Master Plus Tabajara con salario de 20K por mes, não ia reclamar não :D…. Nas empresas geralmente ficam inventando nomes de cargos, acho que essa é uma tarefa de RH hehe…

    • #89343
      zekkerj
      Participante

      @JoseBalbuena: "…vc não fez faculdade…"

      Vc quis dizer "vc não fez faculdade [de engenharia]", né? Pq nível superior, ele tem — até superior ao superior (Mestrado).

       

      PS: Marco, Mestrado Strictu Sensu?

      -----------------------------------------------------------------------------
      Receba Johrei e purifique seu Espírito.
      http://www.messianica.org.br/o-johrei.jsp

    • #89344
      JoseBalbuena
      Participante

      zekkerj o nível superior conhecimento do Marco não esta em discussão.. e eu sei que ele tem mestrado por isso eu diz no inicio “Marco eu sei que vc é mestre”…

    • #89345

      kkkk ai ai. José, eu apenas quis dar um exemplo… mas é isso mesmo que você disso… empresas adoram criar nomes bonitos para cargos. Mas isso não tem nada a ver com a profissão de cada um.

      Zekkerj, mestrado só tem strictu sensu. Não tem outra opção 😉

      Eu mencionei o mestrado porque é um grau mais alto que graduação normal, mas mesmo obtendo este grau na área de engenharia, sem ter me formado engenheiro, não posso ser considerado um engenheiro por profissão. Não posso tirar o CREA, por exemplo (não que eu queira, porque para mim não teria serventia alguma).

      É isso aí pessoal! Abração!

      Marco.

    • #89346
      zekkerj
      Participante

      @Marco: "Zekkerj, mestrado só tem strictu sensu. Não tem outra opção ;-)"

      Sim, eu sei. Foi um pequeno off de curiosidade.

      -----------------------------------------------------------------------------
      Receba Johrei e purifique seu Espírito.
      http://www.messianica.org.br/o-johrei.jsp

    • #89347
      rgentil
      Participante

      Marco,

      Mestrado é o grau mais alto de graduação normal ?
      Não existe o Doutorado ?
      Ou depende muito da area que a pessoa estuda ?

      Abs.

    • #89348
      KakarOtO
      Participante

      @rgentil Doutorado é o grau mais alto, mas acho que não tem em todos as áreas.

    • #89349
      Flyner Portugal
      Participante

      @leandrocarvalho
      Tem para todas as áreas sim. Só não tem em qualquer faculdade.

      Mas Mestrado e Doutorado, você escolhe sua linha de pesquisa.
      Geralmente o Aluno segue alguma linha de algum Professor da universidade.

    • #89350
      JoseBalbuena
      Participante

      O grau mais alto é post doutorado..

    • #89351
      vmosconi
      Participante

      existe Pós doutorado tb….

    • #89352

      Exato. Pós-doutorado seria o grau mais alto. Pelo menos até onde eu sei. Abraço!

    • #89353
      Fernando Avelino
      Participante

      Essa discussão remete muito a titulação de MBA que a tradução do inglês é "Master of business Administration" no exterior, e por aqui os cursos chamados "MBA" na verdade tem validade de no máximo "lato sensu" (pós) e olhe la, muitos nem esse título remete!!!!! agora me diz, se o título é "mestre em administração de negócios" pq tem gente que diz "Sou MBA em Banco de dados Oracle" soa meio estranho, não? MBA verdadeiro pra mim é o cara que faz na FGV, IBMEC, Harvard etc buscar essa titulação pra admistração de empresas, e isso um profissional Senior, é ridiculo um cara de 23 anos poder ser titulado MBA, sendo que MBA é uma consolidação da sua experiência como CEO, CFO etc.

      O mesmo ocorre com o título PHD, muita gente ai que tem doutorado diz que é "PhD" mas PhD sigfica "Doctor of Philosophy" mas essa é uma nomeclatura utilizada pelas universidades americanas, ja  em muitos outros países PhD é quem concluíu o mestrado.

    • #89354

      Fernando, vamos lá!

      MBA nos EUA = mestrado strictu sensu aqui. Por isso o nome. Aqui, MBA é latu sensu (quando muito). Ou seja, é uma especialização, e não um mestrado.
      Ph.D SEMPRE será Doutor (não existe PHD mestre. Se um mestre se auto-denomina PHD, ele está errado). Apesar da sigla significar Philosophy Doctor, existem vários tipos de PHD. Pode ser PHD em Engenharia da Computação, em Biomedicina, etc etc etc (como aqui no Brasil).

      Concordo com vc que a idéia por trás de um MBA é a consolidação do conhecimento prático em cima de teorias. Não faz muito sentido para recém-formados. Mas isso acontece aqui e lá fora. Aqui no Brasil, MBA virou uma fábrica de dinheiro para as faculdades, e os cursos parecem ter perdido completamente o foco (e o propósito). Concordo que não faz sentido haver MBA em algumas áreas do saber, ou pelo menos deveria usar outra sigla. MBA = Master of Business Administration. E ponto final. MBA em Oracle não faz sentido. É uma especialização em Oracle e não um MBA.

      Abração!

      MArco.

    • #89355
      Bill
      Participante

      Para um jogo de palavras, até que este post rendeu… 😀

      A Cisco pode dar o nome que quiser às suas certificações, e qualquer empresa pode contratar um "engenheiro de redes" sem formação em Engenharia, ou um "arquiteto de redes" sem formação em Arquitetura, pelo simples motivo de que são denominações de cargos.

      Na empresa onde eu trabalho, os técnicos de campo americanos são chamados "field engineers", embora não precisem saber cálculo diferencial pra trocar um WIC ou colar a configuração do roteador… Até porque, "engineer" em inglês é um termo bem mais abrangente do que "engenheiro" em português… Um operador de máquinas também é um engineer ("one who operates an engine").

      É uma simples questão de tradução.

      Mas dá pra entender que alguém que passou cinco anos se matando na faculdade fique %@$# quando um analista é chamado de engenheiro… 😛

       

    • #89356
      vmosconi
      Participante

      resumindo…

      sou um engenheiro de help desk 🙂

    • #89357
      af.gustavo
      Participante

      @Bill

      “Mas dá pra entender que alguém que passou cinco anos se matando na faculdade fique %@$# quando um analista é chamado de engenheiro”

      se ele realmente se matou durante cinco anos ele tem razão, mas convenhamos, boa parte dos “engenheiros”, principalmente da computação, tiveram apenas que ter paciência e dinheiro…

    • #89358
      sergiombrg
      Participante

      galera gosta de generalizar…. de profissional ruim ta cheio seja ele eng. analista tecnico e por ae vai….

      comentário equivocado seu afs.gustavo

      [ ]’s

    • #89359
      af.gustavo
      Participante

      sergiombrg eu disse “boa parte” e não todos, nem a maioria, nem 80% e etc… e realmente ta cheio de profissional ruim, citei engenheiros “formados” pq este era o assunto do tópico, eu particularmente conheço mais profissionais ruins do que profissionais bons, tudo bem, não conheço muita gente e nem passei por inúmeras multinacionais, mas pelo que leio, até mesmo aqui no blog, os ruins são a maioria, veja a quantidade de posts e comentários sobre este assunto, salários, prostituição do mercado de T.I e etc…

    • #89360
      band2headboy
      Participante

      Essa conversa de ego é chata. Honestamente, os engenheiros formados no Brasil querem ser os únicos chamados de engenheiros. Outra coisa é esse papo de analista, “ele é analista”, não chamem um ” analista” de engenheiro. Que isso, raça diferente? Mal comparando, o número da camisa tem que ser ganho em campo.

      Outro ponto, não adianta falar que gastou 5 anos, primeiro que é um investimento, segundo é que cada um tem seu tempo, “fulano gastou 5 anos pra reconhecerem ele como gênio”, o maluco do facebook gastou menos que isso para virar CEO de uma empresa de engenheiros que gastaram 5 anos. E aí? Não chamem o cara de CEO porque ele não ficou 30 anos na faculdade fazendo doutorado, PHD e afins?

    • #89361
      Fernando Avelino
      Participante

      Valeu por esclarecer melhor o assunto Marco!

      Relamente, o IBTA por exemplo oferece os cursos abaixo:

      MBA em Administração de Banco de Dados Oracle

      MBA em Engenharia de Software Orientada para Serviços (SOA)

       

      Ou  a FIAP que inventou uma pós chamada MIT – Master in Information Technology, rs mais bizarro ainda!

      Abs!!

       

    •  

       

       

  • #89362
    rodrigoplanche
    Participante

    Sou Engenheiro Eletricista de formação, mas me coloco no mercado como Eng. de Redes, não por ser eng. de formação, mas por conveniência.

  • #89363
    diegolc10
    Participante

    Já que ressucitaram o tópico, vou citar o que um colega me disse uma vez: ” pagando o que eu quero, podem me chamar até de miss-Brasil”

  • #89364
    rodrigoplanche
    Participante

    HAHHA, boa Diego.

  • #89365
    Igor Mendonça
    Participante

    Uma das coisas que eu penso seriamente em fazer no futuro é a graduação em Engenharia Elétrica. Não que isso influencia em algo “money wise” mas sinto que é algo que falta no meu CV e algo que eu sempre tive muita afinidade.

  • #89366
    rodrigoplanche
    Participante

    Se prepare então, pq o negócio é tenso.

    Eu não faria de novo, muito sofrido.

    Abraço.

  • Visualizando 59 respostas da discussão
    • Você deve fazer login para responder a este tópico.