Cisco estuda trazer centro de globalização para o País

Pessoal,

Ainda não dá para saber exatamente o quanto de empregos, benefícios ou “holofotes” isso pode gerar.

Só sei que após o “Cisco Gate” (Veja coleção de posts e matérias aqui), isto não deixa de ser uma notícia importante de estratégia da Cisco. Por isso, a replico aqui. Comentem.

Abraços!

Fábio A. de Amorim

Fonte

Cisco estuda trazer centro de globalização para o País

por Gustavo Brigatto
20/08/2008

Empresa também avalia a possibilidade de instalar um fundo de capital de risco no Brasil

Com um crescimento de 48,4% no último ano fiscal e com a perspectiva de continuar em um ritmo forte nos próximos dois ou três anos, a Cisco do Brasil ganhou destaque dentro da corporação e negocia trazer para cá um centro de globalização, segundo seu presidente, Pedro Ripper. “Estamos em estágio avançado de planejamento”, afirmou ele. A idéia é que o Brasil passe a ser prestador de serviços em pesquisa e desenvolvimento, ou outras atividades solicitadas por escritórios da Cisco em todo o mundo.

Além disso, o País deve receber um fundo de capital de risco para investir em empresas das áreas de tecnologia e conteúdo, “inovadores o suficiente para se globalizar”. Segundo Ripper, o fundo deve ser criado ainda no ano fiscal 2009 da Cisco, que se encerra em junho do ano que vem. No início de julho, a empresa anunciou uma iniciativa semelhante na Rússia.



Comente usando o Facebook!

Deixe uma resposta